Hoje finalmente foi lançado um dos jogos mais aguardados do ano. Trata-se de mais um título da série CoD, Call of Duty: Modern Warfare 3. Desenvolvido pela Infinity Ward (é, Mike Hickey, da Janco Partners, estava errado) em parceria com a Sledgehammer Games, o novo game da série deverá, assim espero, nos permitir conhecer o destino ou até mesmo dar um fim com nossas próprias mãos no vilão Vladimir Makarov.

Além disso, Modern Warfare 3 contará com acontecimentos que acabarão culminando na Terceira Guerra Mundial. A Activision promete uma campanha bem intensa e também menciona que o número de “pre-orders” do título superaram as de Call of Duty: Black Ops, de 2010. Junto com o lançamento de MW3, também foi lançada a rede Call of Duty Elite, vale lembrar. Ainda segundo a Activision, o lançamento do novo CoD contou com festas comemorativas ao lançamento em mais de 13 mil varejistas espalhados pelo mundo, em lugares como, por exemplo, Sydney, Londres, Nova Iorque, etc.

Este lançamento representa uma linha divisória na franquia, e estende seu legado como nenhum outro lançamento anterior. A combinação da narrativa impactante e das inovações na jogabilidade do próximo capítulo da série Call of Duty: Modern Warfare, juntamente com os serviços exclusivos do Call of Duty Elite, fará com que os jogadores de Call of Duty sejam trazidos juntos para um ambiente coeso e  focado no fã, como nenhum outro“, disse Eric Hirshberg, CEO da Activision Publishing, Inc.

Claro, esta coesão toda somente poderá ser experimentada em sua plenitude após o pagamento da taxa anual de US$ 49,99. É claro que, para muitos jogadores, este tal de “Elite” acabará sendo vantajoso, principalmente devido aos DLC’s gratuitos. Call of Duty: Modern Warfare 3 também contará com o adorado modo “Special Ops”, o qual sofreu diversas melhorias, incluindo o “Survival Mode”, no qual o jogador terá de enfrentar diversas ondas de inimigos. Também existe um novo modo de jogo, chamado “Kill Confirmed”, no qual os jogadores deverão recolher as “dog tags” dos inimigos mortos. A equipe inimiga também deverá fazer o mesmo, portanto, será uma verdadeira loucura em meio aos cadáveres. Bacana, isso.

Ninguém pode negar a força deste lançamento de hoje. Aliás, agora começarão as comparações entre os desempenhos de Battlefield 3, da EA/DICE, e o título da Infinity Ward/Activision, em diversos “campos”. Acredito que ambos terão seu espaço, é claro, e em minha opinião, BF3 ganha, pelo menos no tocante ao multiplayer, devido aos seus mapas enormes e à maior necessidade de pensamento tático.

Além disso, ainda falando na série Call of Duty, em minha opinião, Black Ops, da Treyarch, foi muito mais imersivo que Modern Warfare 2. Aquele clima todo de “guerra fria”, aquela tensão enorme e a presença da CIA de forma bem marcante me impressionaram de forma muito positiva.

De qualquer forma, Modern Warfare 3 está aí, e uma coisa eu posso dizer com certeza: temos dois FPS’s gigantes neste final de ano, os quais brigarão entre si de forma bem interessante. Cada um terá seu público cativo, diversos jogadores gostarão (e jogarão) dos dois, etc. Mas há espaço para tudo e para todos.

A Activision divulgou um novo trailer de lançamento do jogo, o qual também mostra o pessoal aguardando nas filas, em Londres, e exibe algumas entrevistas. Novas screenshots também foram divulgadas especialmente devido ao lançamento do game, e abaixo você pode conferir mais algumas, também:

Link para o vídeo em 720p:

http://www.youtube.com/watch?v=cjghBRJXh-s&hd=1

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest