A receita da Xbox Live no ano fiscal que se encerrou em 30 de Junho passado foi de 1 bilhão de dólares. Valor assustador, não? Segundo a Bloomberg L.P., a Xbox Live alcançou uma nova marca, o que foi confirmado por uma fonte do site Edge-Online. Cerca de 25 milhões de usuários pagam mais ou menos US$ 50,00 anuais pela assinatura da Live Gold, segundo a Microsoft, e isto representaria 600 milhões em  receita.

Dennis Durkin, da Microsoft, disse que a venda de conteúdo digital através da Live pela primeira vez superou o valor arrecadado com as assinaturas, o que não é de se duvidar, com cada vez mais conteúdo de qualidade sendo lançado: XBLA’s, DLC’s, etc. A Microsoft tem nas mãos uma verdadeira mina de ouro. A Xbox Live é a mais forte, bem sucedida e lucrativa rede ligada a um console, pelo menos  até agora.

A Microsoft constantemente adiciona novos recursos à rede, e hoje mesmo publiquei um artigo a respeito disto. O Xbox 360 juntamente com a Live representa um centro completo de entretenimento, e mesmo que ainda não exista uma Live Brasil, e tenhamos de conviver com alguns bloqueios, a rede fornece muita interatividade, funcionalidades e diversão aos donos do console da Microsoft.

O valor que se paga anualmente pela assinatura Gold, se pensarmos bem, é muito barato. Na MaximusCards, por exemplo, onde sempre compro, o cartão de 12 meses sai por US$ 42,95. Dividindo-se este valor por 12, chegamos à quantia de US$ 3,58. Ou seja, mais ou menos R$ 6,50 mensais. Muito pouco, se pensarmos bem.

E acredito que a Live ainda vai melhorar ainda mais. Se for mesmo lançada a Live Brasil, e se ela contar com os mesmos recursos e conteúdo da Live USA, aí então o encerramento do ano fiscal subsequente a tal lançamento será ainda mais “gordo”, pois os gamers brasileiros gastam, e muito, na rede do Xbox 360, e uma Live Brasil possivelmente permitiria a inclusão de pessoas que hoje não possuem seus consoles conectados, devido a uma série de fatores.

(Via: Edge-Online)

Pin It on Pinterest