Esta análise é um pouco diferente. Apesar de estar relacionada com um jogo em específico, não comentarei muito a respeito dele. Escreverei sobre a edição 108 da Revista Fullgames, a qual vem com o game Darksiders, da Vigil Games, ativável no Steam. Gostaria de agradecer ao pessoal da Incomp pelo envio da revista, e se vocês desejarem, podem também dar uma lida em meu review de Darksiders.

Bem, como sempre, o trabalho da Incomp em relação à Revista Fullgames é impecável. Por R$ 17,90, desta vez recebemos a revista e 2 DVDs. Os dois DVDs incluem o jogo (ativável no Steam, vale lembrar mais uma vez), a trilha sonora do mesmo e um gibi digital. Aliás, o Steam também pode ser instalado através dos DVDs, e ícones para a OST e para o gibi digital são criados automaticamente em sua área de trabalho. A CD key do jogo acompanha o pacote, é claro.

Bem, todo o processo de instalação consta na revista, com imagens que ajudam bastante, principalmente no caso de algum jogador que não conheça a plataforma Steam, por exemplo. A Revista Fullgames 108 também conta com uma página onde são listados os controles do jogo e é fornecida uma breve introdução à história de War, o protagonista.

Um poster muito bacana do jogo também acompanha a revista, tendo, é claro, War como tema principal. Ainda contamos com informações a respeito do HUD (Heads Up Display) e dos menus através dos quais podemos encontrar informações a respeito do personagem (armas, progresso, equipamentos, habilidades, etc). Existem também algumas informações a respeito do “demônio vendedor” Vulgrim e das habilidades Wrath.

Os dois DVDs fornecidos juntamente com a revista possuem suas respectivas capinhas plásticas. Além disso, é possível comprarmos uma caixa de DVD e utilizarmos a bonita capa que vem com a Fullgames. É um tanto complicado, entretanto, o fato de que para podermos utilizar tal capa, é necessário recortarmos a revista, e no caso da edição 108, por exemplo, ao fazermos isto, uma das páginas que é perdida é justamente a que contém as informações sobre o HUD e os menus. Outro pequeno problema que pude perceber está relacionado ao poster: se o removermos da revista, também perdemos uma parte de seu conteúdo.

Obviamente não se trata de nada que diminua o grande valor da revista, do trabalho da Incomp e do próprio jogo em si. Até mesmo porque o preço que a empresa cobra pela mesma é fantástico. Mas, fica aqui a sugestão: quem sabe a Incomp não consegue fornecer estas capas e estes posters de uma maneira que não nos faça estragar a revista? Muitos jogadores gostam de guardar este tipo de material (inclusive eu). Vale ressaltar também que o manual do jogo (em formato PDF) está presente no DVD 1, na pasta “resources”.

De qualquer forma, temos aqui um trabalho sensacional. A Fullgames nos entrega sempre jogos de altíssima qualidade por preços muito mais do que bacanas. Darksiders por menos de 20 reais é algo imperdível, para quem ainda não o possui. Dentro da revista podemos também encontrar a informação de que, além de bancas de jornais, ela pode ser encontrada em lojas como por exemplo Americanas, Carrefour, Livraria Cultura, Rihappy e Saraiva.

Trabalhos como este podem muito bem representar, para muitos jogadores, os primeiros passos dentro da legalidade. Afinal, R$ 17,90 por um game original (ainda mais games de tão alta qualidade) é um valor realmente muito pequeno. Isto sem falar que as parcerias da Incomp com grandes publishers como THQ e Ubisoft, por exemplo, significam que quase sempre serão lançadas edições com jogos bacanas.

Abaixo seguem algumas imagens digitalizadas da revista, das quais removi, por motivos óbvios, os textos:

Pin It on Pinterest