The Walking Dead GameO trabalho da Telltale no point-and-click The Walking Dead foi e está sendo fantástico. A desenvolvedora conseguiu fazer com que um gênero que até há algum tempo atrás se encontrava meio que esquecido por grande parte dos jogadores fosse novamente iluminado pelos holofotes.

Não estou dizendo que não temos ótimos estúdios criando ótimos jogos estilo “aponte e clique” atualmente. A Pendulo Studios (Yesterday, The Next BIG Thing, etc) e a Daedalic (Deponia, The Whispered World, The Dark Eye: Chains of Satinav), por exemplo, já lançaram títulos fenomenais. Todos point-and-click belíssimos, divertidos, intrigantes, interessantes, etc.

Mas o que a Telltale fez e vem fazendo com o jogo The Walking Dead é algo muito mais profundo, imersivo e cativante. A empresa criou um point-and-click que vai além das fronteiras daquilo que geralmente se espera deste tipo de jogo. The Walking Dead nos coloca em meio a personagens com os quais vale a pena se importar. O título conta com enormes doses de ação, também, além de nos forçar a tomar decisões extremamente difíceis.

Ele nos apresenta diversas possibilidades de escolhas, e nossa maneira de jogar define aquilo que o protagonista vivenciará. Define a nossa experiência. Nossas decisões, nossas escolhas e nossas palavras possuem aqui um peso enorme. E além do mais, a cada episódio finalizado podemos visualizar um relatório que contém estatísticas a respeito das escolhas feitas pela comunidade de jogadores.

Um relatório que permite que o jogador compare os seus resultados com os de todas as pessoas que jogam o game. Assim, podemos saber, por exemplo, se em determinada situação complicada escolhemos um caminho, digamos, “difícil”, estranho, ruim, cruel e/ou muito diferente da maioria dos jogadores.

É sensacional analisar tais  relatórios, assim que cada episódio é finalizado, e perceber que muitas vezes a maioria dos jogadores de The Walking Dead “trabalham em conjunto”. Mas também é possível, é claro, que em algumas situações façamos parte de uma minoria. O jogo é assim: você decide. E, claro, recebe as devidas recompensas, positivas ou negativas, muitas vezes naqueles momentos em que menos espera.

Já publiquei algumas análises do jogo, falando nisso:

Ainda estou devendo um review do primeiro episódio, A New Day, mas um artigo contendo um vídeo de gameplay e minhas primeiras impressões a respeito foi publicado em Abril. De qualquer forma, se você ainda está em dúvida se joga ou não The Walking Dead, não pense muito. Vá por mim: compre e jogue. 🙂

Voltando agora a falar a respeito das escolhas que podemos fazer e dos relatórios extremamente interessantes exibidos ao final de cada capítulo, a Telltale divulgou um trailer extremamente interessante. O trailer exibe as estatísticas relacionadas ao quarto episódio, Around Every Corner.

Atenção – Spoilers

Mas atenção: não assista ao trailer abaixo caso você ainda não tenha jogado. Se você ainda não jogou nenhum episódio, ou se não jogou o quarto, não assista. O trailer, é claro, conta com uma série de spoilers, pois apresenta algumas decisões, suas consequências e acontecimentos. Isto sem falar no percentual de jogadores que optou por esta ou aquela alternativa.

Agora, se você está jogando e já finalizou Around Every Corner, assista sem medo. Achei o trailer até mesmo chocante, uma vez que diversos acontecimentos ali mostrados, bem como algumas escolhas, são diferentes da minha experiência, daquilo que estou vivenciando no jogo.

Um determinado acontecimento envolvendo Lee e Kenny, logo no início do trailer, porém, não me surpreendeu. Quer dizer, percebi ali que “segui o fluxo”. Obtive resultados iguais aos apresentados no vídeo. Descobri também através deste trailer que muita gente, como eu, respeitou, digamos, um senhor de idade.

Agora, me chocou bastante saber que um dos acontecimentos mais emocionantes e perturbadores de Around Every Corner foi, digamos, tratado com honestidade pela maioria dos jogadores, o que resultou em uma revelação bombástica por parte justamente do grande prejudicado (isto divergiu daquilo que fiz neste momento, no jogo).

The Walking Dead é um jogo maravilhoso. Veja o trailer mas, cuidado: ele contém spoilers.

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest