A Ashampoo acaba de lançar o Ashampoo Snap 4. Trata-se de um  software para captura de “fotos de tela”, e nós, que possuímos blogs e escrevemos reviews, artigos os mais diversos, e muitas vezes precisamos capturar a tela de algum software para determinado post, por exemplo, precisamos, realmente, de um programa assim.

Foi-se o tempo em que um  simples “print screen” seguido da utilização do Paint era suficiente para realizar um bom trabalho neste sentido. Hoje em dia, é mais do que necessária a utilização de ferramentas para screenshots quando se trabalha na/com a web, ou até mesmo em seu escritório, se você escreve tutoriais, manuais, etc.

O Ashampoo Snap 4 é mais um software que se junta à grande gama de aplicativos semelhantes no mercado. Entretanto, diferentemente de muitos outros existentes, ele é repleto de ferramentas úteis e extremamente fácil de ser utilizado, além de possuir uma interface belíssima,  o que ajuda bastante, principalmente para quem, como eu, presta bastante atenção a esta parte.

Sempre acessível e fácil de usar

O Ashampoo Snap 4, após instalado, permanece ativo na bandeja do sistema e também pode ser acessado através de uma prática barra de acesso/captura, escondida de forma extremamente discreta na parte superior da tela, a qual é expandida sempre que você posiciona o mouse sobre a mesma. Através destas duas opções, você obtém acesso rápido a todas as funcionalidades do aplicativo.

Opções que facilitam a vida do usuário

O Ashampoo Snap 4 permite que você defina de antemão o formato de arquivo para seus screenshots exportados, e você pode escolher dentre os formatos .jpg, .png, .bmp e .pdf. Esta última opção é muito interessante, e o aplicativo gera PDF’s de grande qualidade. Você também pode definir uma pasta padrão, para onde todas as suas capturas de tela serão automaticamente exportadas. É possível também definir variáveis para o nome do arquivo: por exemplo, você pode pré-configurar o software para incluir no nome do arquivo informações tais como data, hora e um contador (no caso de múltiplas capturas). É possível também inserir qualquer prefixo ou texto, antes ou depois das variáveis.

Também é possível definir teclas de atalho para diversas opções de captura do Ashampoo Snap 4, e o software está disponível em 13 idiomas diferentes, incluindo inglês e português do Brasil. Um dos recursos mais bacanas no software é o fato de que você pode capturar uma ou mais screenshots (múltiplas capturas), gerar um único arquivo .PDF com todas elas e enviá-las por e-mail.

Qualquer opção escolhida é imediatamente seguida de um wizard, o qual guia o usuário durante o procedimento e fornece opções valiosas (em português, caso você escolha o idioma nas configurações do produto).

Captura de vídeos

Vale ressaltar que o Ashampoo Snap 4 também captura vídeos, incluindo o áudio de seu microfone e o de seu PC, sendo possível definir se você deseja capturar a tela inteira, apenas uma seção da tela, um aplicativo em especial, etc, em tal vídeo.

Defina efeitos para cliques com os botões esquerdo e direito do mouse, bem como para a movimentação do mesmo, utilize zoom durante a gravação do vídeo (pressionando F10) e obtenha como resultado um vídeo de alta qualidade. Melhorias enormes foram introduzidas em relação à versão anterior do Ashampoo Snap, e o Snap 4 está muito bom.

Um help extra durante os screenshots

Todos os procedimentos de captura oferecem recursos que facilitam bastante a vida do usuário, tais como, por exemplo, linhas horizontais e verticais que ajudam a demarcar a área a ser capturada, um prático quadro informativo cuja posição varia de lugar conforme a área que você vai capturar, para não lhe atrapalhar, e ainda fornece zoom das áreas sobre as quais você “passa o mouse”, para uma maior precisão, e também fornece as coordenadas (X – Y), a cor no formato RGB de cada área e também permite que você obtenha uma prévia do tamanho da área que você vai capturar (altura e largura, em pixels).

Dentre os tipos de captura de tela oferecidos pelo Ashampoo Snap 4, podemos destacar:

  • Captura de áreas da tela;
  • Capturas de “scrolling windows”, ou seja, capture um website inteiramente, por exemplo, independentemente de seu tamanho. O Ashampoo Snap 4 irá realizar o scroll automaticamente, capturando todos os elementos;
  • Capturas simples, de janelas/áreas visíveis no momento;
  • Captura de regiões retangulares;
  • Captura através de “desenho a mão livre”: o cursor se transforma em um lápis, e você “desenha” ao redor do que deseja capturar;

  • Captura de uma região fixa: um retângulo é exibido em tela, e você o movimenta para escolher o que será capturado;
  • Um sensacional editor, repleto de funções;

Edite suas capturas em um editor muito prático e repleto de funções

Em relação ao editor de imagens incluso no Ashampoo Snap 4, o qual é imediatamente aberto após toda e qualquer captura, vale ressaltar que o mesmo contém inúmeros recursos para transformar o seu screenshot em uma verdadeira obra de arte. Além disso, ao entrar no editor, um wizard mostra a localização de todos os itens principais do mesmo, bem como explica muito de seus recursos (isto pode ser desabilitado assim que você desejar).

O editor do Snap 4 foi extremamente melhorado em relação ao editor presente no Snap 3, e além da inclusão de novas funcionalidades, o modo de captura de websites não mais contém os problemas que muitas vezes fazia com que “perdêssemos” parte do website objeto da captura. Agora, o website é capturado inteiramente.

O editor possui recursos muito bacanas para editar a imagem, após a captura. Um prático controle exibido no canto inferior direito permite que você movimente a imagem tanto horizontal quanto verticalmente. Zoom, flip horizontal e vertical, efeitos de sombra, escala de cinza ou um efeito bem interessante que transforma sua imagem em uma espécie de desenho a lápis, redimensionamento (mantendo ou não a proporção), seleção de áreas para zoom ou aplicação de efeitos de forma isolada, borracha, etc: faça tudo isto e muito mais.

É possível também destacar partes da imagem, com o marcador ou com uma ferramenta que adiciona um efeito parecido com um spotlight, e também é possível adicionar formas geométricas, callouts, setas, desenhar à mão livre, inserir texto e diversas estampas prontas inclusas. E tudo isto com diversas opções no tocante a cores de preenchimento e das bordas, estilo das linhas, etc.

A partir do próprio editor, também, é possível enviar o resultado por e-mail, salvá-lo em qualquer um dos formatos suportados pelo aplicativo, copiar o resultado para a área de transferência e até mesmo imprimí-lo. Senti falta, entretanto, de uma opção que permita o envio das imagems para servidores FTP. É claro que isto não será usado por grande parcela dos possíveis usuários do Snap 4, entretanto.

Conclusão

O Ashampoo Snap 4 é uma excelente ferramenta. Não é a mais poderosa existente no mercado no nicho de “screenshot tools”, entretanto, ele vale muito mais do que o que custa (US$ 19,99) e oferece inúmeros recursos úteis. O software é extremamente amigável, possui uma belíssima interface e pode, com certeza, atender às necessidades de uma enorme quantidade de usuários. Para quem quer uma ferramenta para captura de telas que, além de possuir uma interface muio bonita, é barata e oferece uma boa quantidade de recursos no tocante à captura e à edição de imagens, o Ashampoo Snap 4 é uma ótima opção.

O aplicativo está disponível para compra através deste link, e também é possível baixar uma demo do mesmo, válida por 10 dias, mas que pode ser extendida para até 30 dias, caso você efetue um rápido registro. Dê uma olhada: não custa nada. 🙂

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest