Mal comecei a jogar Assassin’s Creed: Brotherhood e já estou maravilhado pelo game. Encarnar o Ezio (ou o Desmond), novamente, é uma experiência e tanto. A franquia sofreu uma grande evolução desde Assassin’s Creed II, outro título que adorei, e agora o Ezio, além de ser um assassino mais maduro, tem de encarar os problemas oriundos de uma certa ação que decidiu tomar em AC II. Ou melhor, de algo que deixou de fazer (eu teria feito, no lugar dele 🙂 ).

Bom, Assassin’s Creed: Brotherhood está entre os nomeados para diversos prêmios na BAFTA (British Academy of Film and Television Arts). O título da Ubisoft foi indicado em sete categorias: Action, Artistic Achievement, Best Game, Gameplay, Multiplayer, Technical Innovation e Use of Audio. Outros grandes games de 2010 também foram indicados, tais como, por exemplo, Battlefield: Bad Company 2, BioShock 2, Call of Duty: Black Ops, God of War III, Halo: Reach, Limbo, Mass Effect 2 e outros. O evento de premiação ocorrerá no dia 16 de Março de 2011, e será transmitido via streaming tanto através do site IGN quanto através do site da própria BAFTA.

Além disso, após longos meses de espera, finalmente ouve-se falar a respeito da versão para PC de Assassin’s Creed: Brotherhood, a qual sofreu um atraso que, em minha opinião, não deixa de representar um grande desrespeito para com os PC gamers. De qualquer forma, o game já se encontra em pré-venda, inclusive no Steam, e em sua página pode-se verificar os requisitos mínimos e recomendados para o game. Portanto, para conferir os requisitos mínimos e recomendados para Assassin’s Creed: Brotherhood, acesse a página do game no Steam.

De tudo isto, fica a impressão de que a Ubisoft bem que poderia ter dado uma melhor atenção ao pessoal que joga no PC. A pirataria está aí, isto é um fato inegável. Isto, aliás, não pode ser utilizado como motivo para o atraso, uma vez que, lance a desenvolvedora ACB  com ou sem o seu esquema de DRM, todos sabemos que ele só prejudicará àqueles a quem não deveria sequer demonstrar sua presença. Isto sem contar com o fato de que DRM’s sempre são burlados ou quebrados.

Mas o último lançamento da franquia Assassin’s Creed é um título de peso, e a BAFTA está aí para comprovar este fato, acima de tudo. Nada é perfeito, como dizem. Nem no mundo dos games (ou melhor, principalmente neste). Vale lembrar também que, quem comprar o jogo no Steam durante o período de pré-venda receberá um update gratuito para a “Digital Deluxe Edition”, a qual inclui, por exemplo, novos personagens e mapas, mapa de roma, making-of e a trilha sonora original.

(Via: VG247 1 e 2)

Pin It on Pinterest