Quem acompanha o XboxPlus sabe que estou fissurado em Elite: Dangerous. O jogo da Frontier Developments será lançado no próximo dia 16, mas já está sendo jogado por muita gente. Backers do Kickstarter, compradores de uma versão vendida há até alguns dias atrás que fornecia acesso ao beta (atualmente estamos na fase gama), etc.

Já fiz diversas coisas na enorme galáxia de Elite: Dangerous. Já aprendi a aterrissar uma simples Sidewinder (acredite, o processo requer treino), já comprei e vendi muitas coisas, já estive em uma longa jornada durante a qual explorei bastante e já adquiri uma nave Cobra MK III e participei de combates.

O jogo é fabuloso, podemos viajar livremente através de uma miríade de sistemas solares. São 400 bilhões de sistemas, e estações espaciais funcionam como abrigos temporários quando estamos cansados, bem como servem para realizarmos reparos nas naves, reabastecermos, ficarmos por dentro das últimas notícias da galáxia e, claro, para pegarmos trabalhos, que podem ser desde simples entregas até a eliminação de certos alvos.

Elite: Dangerous

E hoje a Frontier Developments divulgou o trailer de lançamento de Elite: Dangerous, o qual é realmente espetacular. Para quem está jogando, é sensacional ouvir os sons externos da nave, ou melhor, ouvir os sons do lado de fora, enquanto a opção de câmera externa não é implementada (me pergunto o quão fiel, aliás, este trailer é neste quesito).

O trailer começa exibindo um comandante (no caso, um de nós – vamos sonhar) indo de encontro à sua nave. Logo depois aparecem outros. Outras naves, também. Este início parece ser dentro de uma estação Coriolis, e logo em seguida temos cenas de batalhas no espaço.

Ah, confesso que dei um salto na cadeira, no momento em que aquele piloto no trailer “pede velocidade máxima”, empurrando a alavanca do throttle com tudo. E o salto, então? E os combates próximos a uma estação espacial? E os poucos segundos em que a câmera exibe o piloto, dentro do cockpit, puxando o manche com força? Sensacional.

Com o lançamento de Elite: Dangerous começaremos também a experimentar os eventos ligados à história. O Imperador, etc.

Veja um sistema trinário

Com a autorização do meu camarada Bruno Gurgel, vou publicar aqui um vídeo de gameplay que ele gravou, enquanto jogava ED. Um vídeo no qual ele gravou o momento em que encontra um sistema trinário. É muito bacana. Veja:

Jogadores já tentam desestabilizar um sistema

O comunicado à imprensa divulgado pela Frontier também menciona que neste exato momento um enorme número de jogadores está tentando desestabilizar um sistema, chamado Lugh. A empresa menciona que milhares de comandantes, jogadores reais, como eu (e você, talvez?), estão realizando uma espécie de teste. Eles estão “testando a galáxia”.

A desenvolvedora menciona que o “teste” está indo bem, e que tudo está respondendo extremamente bem. Segundo a Frontier, trata-se do tipo de evento conduzido pela comunidade que eles previram, como parte do gigantesco, compartilhado e conectado universo. Segundo eles, até mesmo jogadores que jogarem no modo singleplayer verão os resultados desta imensa ação.

Elite: Dangerous

O trailer de lançamento de Elite: Dangerous

O trailer de lançamento do jogo, divulgado hoje, deve ser seguido pela versão Gamma 2.0 (ainda hoje, também). Mais uma vez, a desenvolvedora confirmou que não haverá nenhum wipe no lançamento, e que todos os novatos ganharão um crédito inicial (1.000CR).

A trilha sonora do trailer é da banda Royal Blood, e se chama “Out Of The Black”. Dê uma olhada:

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest