A EA anunciou que Battlefield 3, lançado em 25 de Outubro de 2011, já vendeu cinco milhões de unidades durante a primeira semana após seu lançamento. Agora, além de ser “o maior lançamento de um FPS na história da empresa“, Battlefield 3 também é o game vendido mais rapidamente na história da Electronic Arts. Esta informação é baseada em estimativas internas da empresa, segundo ela mesmo menciona, mas creio que seja mesmo verdade.

O jogo vem recebendo notas altíssimas. Geralmente 80-85 nos consoles e 90 no PC, e sua página no Facebook já conta com mais de 2 milhões e seiscentos “likes”. É óbvio que tudo isto se deve principalmente ao multiplayer de BF3, pois já posso dizer que sua campanha, apesar dos gráficos absurdamente lindos, não é nada profunda. Trata-se de algo gostoso de se jogar, empolgante em alguns momentos, etc. Mas percebe-se claramente que o foco de Battlefield 3 realmente é o multiplayer.

A EA estima que o uptime dos servidores está agora em mais ou menos 98.9%, o que não é nada mau, se for realmente verdade, e também menciona números de acontecimentos “in-game” bem interessantes. Desde o lançamento do game já ocorreram mais de 73 milhões de mortes e mais de 67 milhões de veículos foram destruídos. Haja munição e veículos, não?

De Tóquio a Los Angeles, de Sydney a Londres, milhões de fãs têm jogado durante durante toda a semana – estamos sendo ‘esmagados’ pela resposta global a Battlefield 3. É extremamente gratificante entregar uma experiência de entretenimento que encanta nossos fãs e ter a oportunidade de introduzir novas pessoas à franquia. Já estamos observando níveis sem precedentes de tempo de jogo e atividade online, o que é muito recompensador. Este lançamento solidifica Battlefield como uma marca líder de entretenimento“, disse Patrick Soderlund, vice-presidente executivo do selo EA Games.

Battlelog e o motor Frostbite 2 sem dúvidas também possuem suas respectivas parcelas de “culpa” neste estrondoso sucesso. É interessante até mesmo ressaltar um fato que, a princípio, achei estranho, em Battlefield 3. Se você tentar iniciar o jogo com o sistema de chat no modo “online”, em seu Origin, mesmo partidas singleplayer serão iniciadas através da interface web, através do Battlelog. Para evitar que isto ocorra, basta ficar offline no sistema de chat do Origin.

Algo muito bacana na campanha de Battlefield 3, também, são algumas surpresas que ocorrem durante o gameplay. Vez ou outra você é surpreendido por soldados que surgem “do nada” e tentam literalmente “enfiar a faca em você”. O sistema de combate nestes momentos é que não ajuda muito, infelizmente. Mas trata-se de um belíssimo game, mesmo com sua campanha já sabidamente curta, não muito profunda e que conta com um esquema similar aos interrogatórios e “flashbacks jogáveis” de Call of Duty: Black Ops.

Me parece que, em relação a multiplayer em FPS’s de guerra, este ano a EA será a vencedora. Vamos ver como se sairá Modern Warfare 3, da Infinity Ward/Activision pois, é claro, esta “supremacia” também pode acabar.

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest