A Blitz Game Studios na verdade é uma espécie de “conglomerado” que conta com algumas iniciativas muito interessantes. Ela trabalha tanto com o desenvolvimento quanto com a distribuição de games, e em relação a este último quesito, ela possui a Blitz 1UP, iniciativa que tem por objetivo ajudar aos desenvolvedores independentes fornecendo apoio para que as idéias saiam do papel e “ganhem o mundo”. Trata-se de uma iniciativa muito interessante, graças à qual diversos indie games foram lançados, como por exemplo o fantástico game musical “Ongaku”, “Clover, a Curious Tale”, o divertido campo minado moderno “Mole Control”, e diversos outros.

A empresa acaba de lançar mais um projeto, chamado IndieCity. O IndieCity tem por objetivo centralizar esforços e interesses no campo dos indie games, seja por parte dos gamers, seja por parte dos desenvolvedores. Um ponto de encontro, um local para discussões e descoberta de novidades, uma espécie de “central indie”. Bacana, a iniciativa.

No blog do IndieCity, podemos ler o seguinte:

Almejamos contruir *o* destino online para tudo o que tenha a ver com indie games. Queremos reunir desenvolvedores, jogadores e a imprensa para fazer do IndieCity uma loja para encontrar, baixar, conversar sobre e comprar estes jogos que estão sendo feitos por tantas pessoas talentosas.

Parece que a iniciativa da Blitz Games Studios tem grandes objetivos. Parece que ela quer levar o desenvolvimento de games independentes “um passo à frente”, o que é muito justo e necessário, pois grande parte das novidades que vemos hoje em dia no mundo dos games é oriunda deste “nicho de desenvolvimento”.

Com toda a experiência da Blitz Games Studios e da Blitz 1UP, certamente o IndieCity será algo que fará bem ao cenário indie. Esta frase, no site do IndieCity, serve para ilustrar bem o que, penso eu, passa pela mente dos desenvolvedores independentes:

Os games devem ser legais, artísticos, experimentais e divertidos, não fabricados e reciclados“.

(Via: Gamesindustry.biz)

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest