Bob Came in Pieces

Bob Came in Pieces“, ou “Bob Chegou em Pedaços”, é mais um daqueles games que me cativaram pelo simples fato de assistir ao seu trailer. Trata-se de um indie game que causa ansiedade só pelas imagens e pelo vídeo, pelo menos a mim. O jogo está sendo desenvolvido pelos suecos da “Ludosity Interactive“, e tem seu lançamento previsto para 21 de dezembro de 2009.

Poderá ser comprado diretamente através do site do desenvolvedor, e também, possivelmente, através dos sites de distribuição digital de games Direct2Drive, GamersGate e Impulse Driven. Em recente contato que mantive com Daniel Kaplan, CEO e Co-fundador da”Ludosity Interactive”,  a empresa está trabalhando para incluir o game também no catálogo do Steam. Assim espero. 🙂

Bob Came in Pieces

Bob Came in Pieces - NaveSobre o game Bob Came in Pieces

No jogo, você controla uma pequena nave espacial que deve realizar uma busca em um planeta, atrás de suas peças perdidas. Durante a jornada, você deve passar por diversas fases, em algumas delas, aliás, rearranjando a configuração de determinadas partes da nave para poder atingir os objetivos. Você deve solucionar diversos puzzles com sua nave, para poder progredir no game, e pelo que se vê no trailer, a física do jogo parece ser muito bem apurada.

Pode-se perceber o cuidado que os desenvolvedores tomaram com os gráficos, que são muito bonitos: coloridos, vivos e limpos. Os blocos de gelo translúcidos foram uma das coisas que mais me impressionaram, aliás, e o game demonstra ser um “adventure” com muitas, mas muitas mesmo, pitadas de puzzle no meio.

Bob Came in Pieces - Cena do game

Percebe-se também a interação com determinados mecanismos presentes no game, com a finalidade de abrir passagens e possibilitar o acesso a novas fases. A iluminação do game também foi muito bem trabalhada, e eu imagino o deleite que deve ser ter-se o privilégio de jogar um game assim.

A diversidade de fases parece ser bem variada, e a jogabilidade, pelo que se vê no vídeo, não parece complicada, apesar dos movimentos variados que a pequenina nave executa. Uma das coisas que mais me encantaram no vídeo, como já disse acima, aliás, é a interação com diversos mecanismos para atingir os objetivos “in-game”.

Finalizando

Bom, inicialmente iria ser lançado um beta público, e quem comprasse o mesmo teria acesso ao game full, quando este fosse lançado. Mas segundo Daniel Kaplan, a empresa optou por deixar o game “redondo”, realmente, e totalmente preparado para o lançamento, em 21 de dezembro.

É bom percebermos que os indie games estão cada vez melhores, ampliando seu espaço no mercado e possibilitando que os desenvolvedores independentes tenham condições de trabalharem em projetos cada vez melhores e mais cativantes.

Portanto, vamos aguardar. Este é um daqueles games “must have”, pelo menos para quem curte o estilo puzzle+adventure com algumas pitadinhas de física bem realista no meio. 🙂

Ah, e não deixe de dar uma olhada no trailer abaixo, para também ficar maravilhado com este game que será, com certeza, sensacional:

Link direto para o vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=9uiH-_d7InE

(Via: Rock, Paper, Shotgun)

P.S.: agradeço também ao Daniel Kaplan pela gentileza e prestatividade no fornecimento de informações. Thank you, Daniel. 🙂

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest