(A Fila Anda) Qbeh-1: The Atlas Cube

(A Fila Anda) Qbeh-1: The Atlas Cube

Olá pessoal! Depois do bem humorado Quantum Conundrum e o arrepiante Amnesia: The Dark Descent, me aventurei em um puzzle mais “neutro”. Se trata de Qbeh-1: The Atlas Cube. Também na perspectiva em Primeira Pessoa, o jogo desenvolvido pela Liquid Flower talvez agrade aos fãs do gênero. Basicamente, o jogo não possui história. Não temos textos, diálogos ou monólogos. Tudo é passado de forma visual e, mesmo no final do jogo, podemos tentar criar hipóteses, mas tudo é bem subjetivo. É o tipo de jogo que se baseia totalmente no gameplay. Existe apenas um título para cada fase, que talvez remeta à sua concepção (como no ótimo EDGE). Ficha Técnica Título: Qbeh-1: The Atlas CubeGênero: Puzzle em Primeira PessoaDesenvolvedora: Liquid FlowerPublisher: Digital TribeData de lançamento: 15 de Maio de 2014Plataformas: PCVersão analisada: PC Obviamente, é fácil notar neste jogo semelhanças com Portal ou Q.U.B.E., entre outros. Neste ponto de vista, Qbeh-1: The Atlas Cube não traz grandes inovações ou sacadas. Mas ainda assim, é muito divertido. Sua mecânica é composta por cubos que carregamos, que podem ter diferentes cores e quantidades. A chave de ligação está nos ladrilhos amarelos do cenário. Uma vez feita esta ligação inicial, podemos unir os cubos uns aos outros e montar estruturas verticais, horizontais (pontes) e até em diagonais (escadas). Os cubos, geralmente, podem ser reutilizados. Desta forma, mesmo depois de usá-los para chegar a determinado ponto do mapa, podemos pegá-los de volta e usá-los mais à frente. Depois de pegar o jeito, o mais legal é tentar avançar no cenário de forma rápida e intuitiva, colocando e retirando os blocos “sem parar”, sem...
(A Fila Anda) Amnesia: The Dark Descent

(A Fila Anda) Amnesia: The Dark Descent

Cuidado com o que deseja, você pode conseguir! Nunca fui grande fã de jogos survival horror, mas sei que eles têm um público cativo. Acabei passando batido por muitos títulos do gênero e, fã de FPS como sou, acabei esbarrando alguns anos atrás com F.E.AR. Foi uma experiência interessante e, a despeito de todo poder de fogo, em certos momentos o armamento não faria a menor diferença, a batalha tornava-se psicológica. Em Amnesia: The Dark Descent, o buraco é mais embaixo: nada de armas! Quando pensar de novo na sigla (FPS), troque o S de Shooter por S de Survival (Horror), adicione aqui um pouco de quebra cabeças de um adventure, apague a luz, coloque os headphones e mergulhe neste pesadelo! Ficha Técnica Título: Amnesia: The Dark Descent Gênero: Survival horror em primeira pessoa Desenvolvedora: Frictional Games Publisher: Frictional Games Data de lançamento: 08/09/2010 Plataformas: PC Versão jogada: PC Apesar do jogo não ser tão famoso, sempre quando ouvia alguma opinião a respeito dele, era positiva. Acabei pegando num Humble Bundle e, depois de mais recomendações, comecei a jogá-lo: à noite, sozinho, com headphones e luzes apagadas. Quis encarar a proposta do jogo, ter uma boa imersão. Mal sabia eu, que seria um caminho sem volta! Você começa num castelo, o clima lembra muito os contos de Edgar Allan Poe (mas talvez esteja mais para H.P. Lovecraft). A medida que vai encontrando cartas, trechos de diários e outros documentos (lembrando muito os antigos jogos da franquia Resident Evil), você começa a juntar as peças do quebra cabeça. Sim, como o nome do jogo sugere, o personagem que você controla sofre de perda de memória. Isso...
(A Fila Anda) The Walking Dead: Season 2 – Ep. 2 – A House Divided

(A Fila Anda) The Walking Dead: Season 2 – Ep. 2 – A House Divided

Se ainda havia alguma dúvida de que Clementine não teria a força necessária para prosseguir em sua jornada, esta é logo eliminada nos primeiros minutos de A House Divided, o segundo episódio da segunda temporada de The Walking Dead. A menina é posta à prova (e passa com maestria) de uma maneira que, realmente, chega a assustar. De uma maneira que, certamente, evoca lembranças dos últimos momentos da primeira temporada, ainda na época de seu amigo e protetor Lee Everett. Na companhia de Pete, um dos poucos membros do novo grupo que se mostraram amigáveis a ela logo de início, Clem se vê trancada em um carro enquanto uma horda de zumbis está lá fora. Não somente isto, seu novo amigo está ferido, e seu ferimento, bem, digamos que ele é incurável. A hipótese de extirpar o membro afetado chega a surgir como opção nos diálogos. Opções nada agradáveis podem ser escolhidas pela menina. A House Divided é um capítulo que começa sob grande tensão, e tal tensão é mantida e até mesmo elevada, até o final do capítulo, também dramático. Ficha técnica Título: The Walking Dead: Season 2 – Ep. 2 – A House Divided Gênero: Ação /  Aventura / Point-and-click Desenvolvedora: Telltale Games Publisher: Telltale Games Data de lançamento: 04 de Março de 2014 Plataformas: PC, Mac, Xbox 360, Playstation 3, Playstation Vita, iOS Versão analisada: PC Salta aos olhos a maneira como a Telltale resolveu “soltar as amarras” da protagonista. A garotinha age de uma forma não vista antes na primeira temporada de The Walking Dead. E tudo está de acordo, por mais incrível ou assustador que possa parecer, com o ambiente e os seres que a cercam. É algo chocante,...
(A Fila Anda) The Walking Dead: Season 2 – Ep. 1 – All That Remains

(A Fila Anda) The Walking Dead: Season 2 – Ep. 1 – All That Remains

Com a primeira temporada de The Walking Dead, a Telltale conseguiu, de certa forma, revolucionar o gênero point-and-click. Ótimas mecânicas, gráficos bonitos, uma história fantástica, personagens cativantes e memoráveis e diálogos que realmente mudam o curso da história. Tudo isto ajudou a transformar TWD, o game, em algo realmente único. Trata-se de um conjunto de elementos, considerando-se tal temporada, que certamente deixou muita  gente com lágrimas nos olhos quando os créditos subiram. Que certamente fez com que jogadores não apreciadores do gênero aponte-e-clique finalizassem a temporada com enorme satisfação. Quem jogou os cinco episódios da primeira temporada de The Walking Dead certamente ficou com uma fortíssima impressão de que tudo aquilo era muito mais que um simples representante do gênero point-and-click. Tivemos ali, aliás, diversos momentos que faziam referência a vários outros gêneros (incluindo FPS). Não é à toa que o título foi GOTY em 2012. Ficha técnica Título: The Walking Dead: Season 2 – Ep. 1 – All That Remains Gênero: Ação /  Aventura / Point-and-click Desenvolvedora: Telltale Games Publisher: Telltale Games Data de lançamento: 17 de Dezembro de 2013 Plataformas: PC, Mac, Xbox 360, Playstation 3, Playstation Vita, iOS Versão analisada: PC Mas, e a segunda temporada? Bem, a Telltale continua inovando. Melhorando. Aprimorando personagens, enredo e mecânicas. The Walking Dead: Season 2, pelo que parece, será mais um must have, e seu primeiro episódio, All That Remains, é um petardo. Seu final, aliás, tem aquela pitada de drama que todos nós adoramos. Sai Lee Everett e entra Clementine. Uma protagonista fantástica. Uma das garotinhas mais sensacionais que já vi em um jogo eletrônico, um personagem extremamente bem desenvolvido. Uma pequena menina que agora, em All That Remains, começa a evoluir....
(A Fila Anda) Castlevania: Lords of Shadow

(A Fila Anda) Castlevania: Lords of Shadow

Alguns jogos conseguem nos entreter de maneira bastante intensa, e isto foi o que aconteceu comigo e este jogo. Foram mais de 20 horas de jogo muito divertidas, passando por cenários deslumbrantes e com muita pancadaria, combos, inimigos variados e uma história muito bacana. Gabriel Belmont inicia sua luta contra os Senhores das Sombras (Lords of Shadow) a princípio motivado pela morte de sua amada. Existe também um artefato chamado máscara de Deus, o qual supõe-se capaz de trazer os mortos de volta à vida (dentre outros poderes), e a intenção do protagonista, portanto, é óbvia. Foi lançado um feitiço que separou a Terra dos Céus, os homens de Deus. Gabriel faz parte de um grupo chamado Irmandade da Luz, e o principal medo de Gabriel é o de que a alma de sua esposa permaneça nas sombras, devido a tal separação. Deixando de lado o 2D (mas com um enorme problema em relação à câmera – veja abaixo), Castlevania: Lords of Shadow é um jogo que lembra bastante God of War e outros tantos hack ‘n slash. A ação é frenética. Adentramos salões e câmaras onde diversas criaturas nos esperam. Vampiros, lobisomens, mortos-vivos, etc. Hordas enormes, muitas vezes. Ficha Técnica Título: Castlevania: Lords of Shadow Gênero: Ação e Aventura Desenvolvedora: MercurySteam / Climax Studios Publisher: Konami Data de lançamento: 05/10/2010 (consoles) – 27/08/2013 (PC) Plataformas: PC, PS3, Xbox 360 Versão jogada: PC A trama é cheia de momentos impactantes, e Gabriel, à medida que se torna mais poderoso, vai ficando mais violento e frio, fornecendo também ao jogador fortes indicativos de sua real natureza. Existem também algumas traições no enredo, perpetradas por personagens que um...
(A Fila Anda) Far Cry 3

(A Fila Anda) Far Cry 3

Sinopse: Jason Brody e seus amigos são sequestrados e torturados por piratas enquanto passavam férias em uma ilha paradisíaca no Pacífico Sul. Jason consegue escapar e se junta a uma tribo local de guerreiros para tentar resgatar seus amigos e livrar a ilha do domínio de mercenários.

(A Fila Anda) Tomb Raider (2013)

(A Fila Anda) Tomb Raider (2013)

Sinopse: durante uma expedição pelo Pacífico Sul, o navio de pesquisas da arqueóloga Lara Croft e sua equipe choca-se contra uma ilha misteriosa após uma forte tempestade. Encalhados e sem comunicação, Lara precisa salvar seus amigos raptados por uma seita religiosa que habita o lugar e encontrar uma maneira de escapar da ilha.

(A Fila Anda) Fallout: New Vegas Ultimate Edition

(A Fila Anda) Fallout: New Vegas Ultimate Edition

Sinopse: ambientado no deserto de Nevada, em 2281, duzentos anos após uma guerra nuclear varrer o planeta, o jogador assume o papel de um Courier (mensageiro) baleado na cabeça após tentar entregar uma encomenda misteriosa em New Vegas, cidade que reúne o que sobrou da capital do entretenimento. Resgatado por moradores locais, o Courier inicia sua missão para reaver a encomenda roubada e caçar os responsáveis.

Pág 1 de 212

Pin It on Pinterest