Gaslight é um jogo gratuito para iOS e Android. Trata-se do mais recente título lançado pelo estúdio norte americano PixoFactor Entertainment, o qual é especializado em games para diversas plataformas, “mobile apps” e animações. Gaslight está disponível para iPhone, iPod touch, iPad e dispositivos Android, e é um jogo ambientado em um mundo steampunk que mistura construção e gerenciamento de cidades com combates. Dois grupos estão em guerra constante, em Gaslight: “The Coalition” e “The Underground”, e ambos brigam por recursos naturais.

Gaslight é um daqueles grandes games casuais/mobiles que você pode pegar e jogar em qualquer lugar – em casa, no metrô, ou sempre que você tiver vontade de passar o tempo. É um grande game que irá provocar grande imersão e manter você jogando por horas a fio. Você pode lutar no ‘battle mode’ tanto como ‘The Coalition’ quanto como ‘The Underground’, no universo graficamente detalhado de Gaslight, construindo seu exército e conquistando do seu jeito ao longo game. Ele é explosivo e divertido“, disse Sergio Bustamante II, produtor executivo e vice-presidente da PixoFactor Entertainment.

O jogador poderá, em Gaslight, construir e comandar sua própria civilização, evoluir sua tecnologia e prepará-la para a guerra. Gerenciamento de recursos é algo muito importante neste título para iOS e Android, também: o crescimento populacional também influencia na quantia de dinheiro que você pode destinar à guerra ou a outras finalidades.

Eu aprecio bastante este tipo de jogo, e a oportunidade de poder jogar algo assim em um dispositivo portátil é realmente sensacional. Os gráficos de Gaslight são muito interessantes, e o gameplay é realmente bacana. Um “city-building game” é sempre interessante, aliás, e jogar um título deste tipo em um smartphone ou tablet pode realmente proporcionar bons momentos. Quem conta com a tela maior do iPad, então, conta também com grandes vantagens.

Fico realmente impressionado com a enorme quantidade de bons jogos lançados ultimamente para iOS e Android. Os preços dos jogos para estas duas plataformas geralmente são muito convidativos, e muitas vezes temos títulos que podem até ultrapassar o limite dos títulos casuais. Um título como este, por exemplo, não pode, em minha opinião e apesar das palavras de Sergio Bustamante II, ser considerado um jogo casual.

Sua curva de aprendizado pode ser pequena, seus controles podem ser ótimos, etc, mas o jogo em si não é nada casual, o que é algo muito bacana de se ver. Não tenho nada contra games casuais, que fique bem claro. Muito pelo contrário: gosto muito de diversos deles. Mas o fato é que temos aí vários títulos não casuais já lançados para smartphones e tablets, e pelo que tudo indica, este é um caminho sem volta.

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest