Amanhã, 17 de Junho de 2011, o MMO free-to-play Dawn of Fantasy será oficialmente lançado. Na verdade, sendo mais específico, Dawn of Fantasy é um MMORTS: o jogo contém muitos elementos de estratégia em tempo real, e oferece uma história bem rica em detalhes. A história de Dawn of Fantasy ocorre em um mundo chamado Mythador, onde existem três raças dominantes: homens, orcs e elfos.

Desenvolvido pela Reverie World Studios, e com distribuição à cargo da 505 Games, publisher sediada no Reino Unido e responsável também por títulos tais como, por exemplo, o vindouro Sniper Elite V2 e Michael Phelps – Push the Limit, Dawn of Fantasy é mais um jogo online lançado no esquema free-to-play, esquema de negócios que já se mostrou vantajoso e melhor do que o pay-to-play para algumas empresas e games.

Em Dawn of Fantasy, todas as 3 raças que mencionei acima se espalharam por toda a terra de Mythador. Cada grupo se adaptou ao local onde passou a viver, o que significa que teremos diversas diferenças dentro de uma mesma raça. Os elfos, por exemplo, são todos originários das florestas de Bolfores’l, mas mesmo assim existem os “Wood Elves” e os “High Elves”, cada um deles possuindo culturas distintas e, é claro, habilidades diferentes. A estratégia militar dos elfos em Dawn of Fantasy é mais focada na parte defensiva, e eles contam com os melhores arqueiros de Mythador.

Vejo algumas semelhanças entre Dawn of Fantasy e a obra de J.R.R. Tolkien, aliás. O trailer do jogo, o qual segue no final do texto, ajuda a reforçar esta impressão. Os orcs, por exemplo, são monstruosos, como na obra do escritor inglês, e nômades. Eles contam com diversas outras criaturas monstruosas como servos, e representam uma “civilização” cuja cultura é bem pobre, assim como em toda a obra de Tolkien, por exemplo.

O reino dos orcs em Dawn of Fantasy, chamado Gokkholm, representa uma terra estéril e brutal. Alguém notou aqui alguma semelhança com Mordor, por exemplo? Já em relação à raça humana, em Dawn of Fantasy a maioria deles veio do Ocidente. Em comparação com os orcs e os elfos, os homens parecem possuir a vida mais estável dentro do universo do game, e vivem em terras férteis, ricas e fortemente guardadas.

Entretanto, uma guerra ocorreu e deixou Mythador em ruínas. O mundo de Dawn of Fantasy é enorme, e o jogador terá a possibilidade de criar sua micro história dentro da macro história deste mundo fictício. Será possível participar de quests a serviço de magos, reis e outros personagens importantes, e a interação com outros jogadores permitirá inclusive a formação de alianças.

Construir sua própria vila também será possível, neste título da Reverie World Studios, e a mistura de MMO com estratégia em tempo real e RPG certamente resultará em um game muito especial. O título esteve em desenvolvimento por diversos anos, e agora, publisher e desenvolvedora estão prestes a lançar um game dotado de um mundo persistente, pelo que parece, maravilhoso.

Cada raça conta com mais de 50 diferentes e complexas quests. Mapas multiplayer também estarão à disposição, e também existe a campanha Conquer-the-World, para diversificar ainda mais todas as coisas. As microtransações certamente já estarão funcionando quando do lançamento, amanhã, e também são prometidos diversos DLC’s, pacotes com quests adicionais, etc.

Gostei muito de Dawn of Fantasy. Suas semelhanças com a obra de Tolkien, em especial com “O Senhor dos Anéis” e “O Silmarillion”, principalmente no tocante ao enredo e à maneira como cada raça transformou e lida com as mudanças em Mythador, parecem fantásticas. O game ainda conta com diversos modos de jogo: “Skirmish Mode” (multiplayer / singleplayer), “Online Kingdom” (MMORTS / Online) e “Kingdom Wars” (singleplayer).

Em relação ao modo de jogo Online Kingdom, aqui está a grande parcela MMORTS de Dawn of Fantasy. Os jogadores poderão erguer seus próprios impérios, e para isto estão à disposição 9 regiões de Mythador. Nesta modalidade, os jogadores terão de lidar com gerenciamento de recursos, construções, recrutamento de novas unidades e pesquisas. O jogo conta com um universo imenso, e a interação com outros jogadores poderá se dar também através do “World Map”, uma fantástica central que permitirá inúmeras atividades e interatividades.

O jogo ainda conta com um poderoso editor, para que os jogadores criem seus próprios mapas. Vale ressaltar que este editor conta com inúmeros recursos avançados, os quais certamente permitirão a criação de mapas fantásticos. Dawn of Fantasy me parece um dos melhores jogos online free-to-play deste ano. Sua enorme diversidade no tocante a diversos aspectos do gameplay, sua rica história, a semelhança com a obra de Tolkien e seus belos gráficos fazem do título da dupla Reverie World Studios/505 games algo muito interessante e promissor.

Estratégia em tempo real, criação de impérios, batalhas fantásticas e épicas, possibilidade, é claro, de lidar com a economia de seu hipotético império, um gigantesco mundo online pronto para ser explorado, gráficos sensacionais, etc: este será um MMORTS, certamente, bem complexo e interessante.

Veja abaixo o trailer de Dawn of Fantasy e mais algumas screenshots do game. Aliás, no trailer, podemos observar algumas criaturas caminhando em meio à floresta que se parecem muito com os Ents da Terra Média. E também consegui encontrar algumas semelhanças com o cerco de Gondor, neste mesmo trailer. Veja que bacana:

Link para o vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=fiOHyNS8Elw&hd=1

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest