A THQ firmou uma espécie de parceria com a Crytek, para que esta desenvolva o próximo Homefront. É de se esperar, portanto, que Homefront 2 (ou seja lá qual for o nome do próximo título da série) faça uso da CryENGINE 3, sendo assim, portanto, o segundo jogo desenvolvido com a engine (o primeiro foi Crysis 2). Isto se nenhum outro game tomar sua frente, é claro.

Gostei bastante de Homefront, jogo que conseguiu entregar, apesar de seus problemas e de não ter sido bem recebido pela crítica em geral, um enredo diferente e uma experiência muito bacana, pelo menos quando se trata de jogos de tiro em primeira pessoa relacionados com guerras. Desenvolvido pela Kaos Studios, estúdio infelizmente fechado pela THQ, Homefront mostra um Estados Unidos da América invadido pelos norte-coreanos e sofrendo bastante nas mãos dos inimigos. É o inverso do que geralmente vemos por aí, e este fator aguçou minha curiosidade a respeito do game muito rapidamente.

O fato da Crytek “colocar as mãos” na franquia, a quase certeza da utilização da CryENGINE 3 e a possibilidade de jogarmos a sequência de um jogo cujo final deixou uma margem bem ampla para uma continuação, são fatores que causam muita empolgação, principalmente para quem jogou Homefront.

Selecionar a Crytek para levar Homefront adiante ressalta nossa estratégia de trabalhar com os melhores talentos da indústria“, disse Danny Bilson, da THQ. Ele ainda menciona a tecnologia de ponta e a “lendária experiência no gênero FPS” da desenvolvedora alemã. Não que o trabalho da Kaos Studios tenha sido ruim no primeiro Homefront. Mas um Homefront 2 desenvolvido pela mesma empresa que criou Crysis e Crysis 2 com certeza será algo surpreendente.

A série tem um enorme potencial, isto é óbvio. A THQ tem em mãos uma franquia que pode até mesmo, de repente, rivalizar com alguns “famosos do mercado”. Se Homefront 2, cujo lançamento está previsto para o ano fiscal de 2014 da THQ, for um sucesso (o que não duvido), teremos aí, então, algo que poderá começar derrubar a hegemonia dos anuais Call of Duty (nem que seja “tijolo por tijolo, ano a ano”). Vamos aguardar.

(Via: Gamesindustry)

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest