Crytek lança shooter free-to-play Warface no Steam

Warface - Crytek

A Crytek lançou hoje o seu shooter free-to-play Warface no Steam. Infelizmente, porém, o jogo está disponível apenas para jogadores da América do Norte, da Europa, da Turquia e da Austrália. A página do jogo no serviço de distribuição digital da Valve apresenta a mensagem abaixo:

Houve um erro ao processar seu pedido:

Este item está atualmente indisponível na sua região“;

Pelo que pude perceber, o bloqueio impede apenas a instalação do jogo. Sendo assim, você pode utilizar o período de testes de algum serviço de VPN (como a FlyVPN, por exemplo), ou então encontrar algum gratuito, e instalar Warface. Creio que não exista problema algum, a partir daí.

Warface - Crytek

Mas este bloqueio por região é um tanto quanto estranho, principalmente porque o jogo já está disponível através de outros canais (como a Level UP, por exemplo), além do próprio site oficial. Eu mesmo já joguei através deste último canal, por falar nisso.

De qualquer forma, Warface é um FPS free-to-play bastante interessante, além de bonito. Podemos escolher uma dentre quatro classes (Medic, Rifleman, Sniper e Engineer). Segundo a Crytek, esta versão lançada no Steam receberá novo conteúdo com bastante frequência, e novas missões serão disponibilizadas todos os dias. O título possui suporte a partidas online cooperativas e competitivas, aliás.

Trazer Warface para o Steam abre o caminho para que uma nova audiência descubra a cativante ação cooperativa e competitiva do jogo; totalmente de graça. Além de utilizar o poder da CryENGINE, Warface se baseia na experiência da Crytek com FPSs, para garantir que os jogadores estarão imersos no calor da tabalha – seja em um jogo rápido com amigos ou dedicando mais tempo nos vastos modos multiplayer“, disse Hasit Zal, diretor da franquia Warface.

Este é um shooter que possui um grande foco no trabalho em equipe. Ele também permite um grande número de customizações nos soldados, e conta com 6 modos de jogo, incluindo Team Death Match, o famoso “mata-mata em equipe”. É uma pena este bloqueio, entretanto, e eu ainda torço para que o título seja lançado em mais regiões, incluindo o Brasil.

Warface - Crytek

Aliás, e os supostos problemas pelos quais estaria passando a desenvolvedora de Crysis? Será que tudo não passa de rumores (para isto eu torço), ou estaria a empresa passando mesmo por maus bocados? Enquanto isso, fique com o trailer de lançamento do jogo no Steam:

Poderá gostar também

4 Comments

  1. Realmente é um jogo bom e bonito, com alguns recursos interessantes como plantar minas e um ataque deslizante – literalmente um “carrinho” no adversário.Normalmente jogos administrados pela Level UP ! são lucrativos, rentáveis.Obviamente o público do STEAM não é desprezível , financeiramente falando , mas se estão chegando á esta plataforma é porque há algo de errado por lá , ou na Level Up ou na Crytek.Essa restrição para a América Latina é estranha também.Aguardemos.

    Reply
    • Com certeza, Marcos. Jogo muito bacana. Mas não entendi algumas coisas nisso tudo, também. Bem, mas estava aqui pensando. E se o fato de, por exemplo, não ter sido lançado no Steam liberado para o Brasil tenha a ver com algum acordo com a Level UP, que já disponibiliza o jogo no país?

      Reply
      • Também pensei nisso Marcos, mas acho que só faria sentido se dentre todos os mercados em que o jogo está disponível ,o Brasil seja o mais lucrativo , o que eu acho pouco provável apesar de estar em crescimento.Algo como “o Brasil é nosso melhor filão , então não vamos dividir com o Steam”.Ou é algo que tenha á ver com a infra-estrutura pra abrigar os jogadores brasileiros , é a Crytek tentando amealhar uns trocados a mais numa plataforma diferente por que está em apuros ou desacordo entre a Crytek e a Level up. Aliás , pode ser até outros motivos se formos analisar mais profundamente.Fiquemos atentos ás centrais de boatos.

        Reply
        • É verdade. E isso ainda me deixa mais curioso. Pode ser um conjunto de fatores, com tudo, ou parte disso que citamos, incluso. Mas, pensando bem, mesmo o Steam sendo a plataforma que é, não sei se isso salvaria a Crytek de uma hipotética (por enquanto, e assim espero que seja) falência. Vamos ficar de olho, é o que nos resta, mesmo.

          Reply

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Pin It on Pinterest