Confesso que sempre tive uma certa queda por games com zumbis. Sou avesso a algumas “combinações”, entretanto, como por exemplo a presença de zumbis em games de guerra. Mas, tenho que dar a mão à palmatória: gostei do Zombie Mode em Call of Duty: Black Ops, e o DLC Undead Nightmare, para Red Dead Redemption, é fantástico. O fato é que zumbis mexem com a nossa imaginação de uma forma sem igual, buscando e “trabalhando” com elementos enraizados nos mais escuros recônditos de nossa mente.

Eles representam a morte em vida, ou vice-versa, e desde “A Noite dos Mortos Vivos”, de George Romero, pode-se dizer que o “elemento zumbi” já viajou por diversas mídias e passeou pelo cinema e pelos games em diversas obras. Algumas fantásticas, outras nem tanto, outras deploráveis, e por aí vai. Minha mais recente experiência com um ótimo “game com zumbis” foi obtida através do sensacional Dead Rising 2, da Capcom. É claro que Dead Rising 2 é um game extremamente cômico, e não tem muito a ver com o título a respeito do qual falarei neste artigo. Navegando pelo GamersGate, tomei conhecimento de um game chamado Dead Meets Lead, o qual será lançado em 03 de Maio de 2011 e já se encontra em pré-venda, através do próprio GamersGate.

Criado pela desenvolvedora independente sueca Keldyn Interactive, Dead Meets Lead parece ser um jogo muito promissor. Aliás, não escondo de ninguém que gosto muito de títulos que possuam temáticas que tenham a ver com mistério, horror, sobrenatural, etc. Acho que jogos eletrônicos representam a maneira perfeita para fazer com que nossas mentes sejam submersas em mundos e situações estranhos, aterrorizantes e insólitos, dada a interatividade que proporcionam, além da experiência áudio-visual, é claro.

No jogo da Keldyn Interactive será possível massacrar hordas de zumbis, é claro. O título é ambientado no século 18, e conta a história de um capitão que tem como missão acabar com o mal que grassa na ilha de El Mirando e que se alastrou por mais algumas outras ilhas. Uma espécie de “praga mística” está causando muitos problemas nas tais ilhas, e muito provavelmente transformando os habitantes em zumbis.

Dead Meets Lead conta com uma espécie de prefácio, aliás. Em 1716 os britânicos tomaram conhecimento da praga acima mencionada. A igreja, é claro, reuniu uma força para lidar com o problema, o qual supostamente, é claro, teria a ver com bruxaria. Uma frota de navios foi então enviada à ilha, e o curioso é que uma tempestade destruiu a tal frota. Um sinal? Talvez, quem sabe. Enviado por quem, ou o que? Ninguém sabe. Vale ressaltar que, deste desastre, somente o capitão sobreviveu, conseguindo chegar até à praia, e justamente de uma das ilhas infestadas pela praga.

A história começa aqui, portanto. O capitão deve vasculhar a ilha e acabar com o mal que está ali fazendo a festa. O capitão, aliás, é uma espécie de fanático religioso, o que pode ser bem interessante e fornecer alguns momentos bem legais durante o gameplay. Ele anda armado com sua espada, sua pistola e sua bíblia.

O jogo conta com um sistema chamado “rage system”, através do qual o capitão vai ficando mais furioso conforme vai matando. Isso pode, é claro, fornecer uma ajuda extra, pois espera-se que este sistema forneça ao capitão pelo menos algum tipo de upgrade, mesmo que temporário. Além disso, Dead Meets Lead contém 16 mapas com cenários bem variados, onze tipos de inimigos (também existem chefes, neste jogo da Keldyn Interactive) e sete armas diferentes.

Me parece que Dead Meets Lead será um tanto quanto instigante. Pelo trailer, percebe-se que os gráficos do game são bem bacanas, e a trilha sonora está totalmente de acordo com a proposta do game. Aliás, eu diria que, até agora, gostei bastante dos gráficos. Parece, aliás, que zumbis sempre encontram um meio de se fazerem presentes no cinema e nos games. E sempre quando eles são introduzidos nestes dois “mundos” de forma bem feita e cuidadosa, o resultado é muito empolgante.

Assista ao trailer de Dead Meets Lead, e diga o que acha. Aliás, a Keldyn Interactive liberou uma demo do game, chamada “The Challenge“. Para baixá-la, é preciso realizar login junto ao Facebook. O download possui cerca de 119 MB. A demo fornece acesso a um mapa no qual você terá de sobreviver a diversas hordas de zumbis. Veja o trailer: 🙂

Link para o vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=TLB_ea6aX8s

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest