E hoje o XboxPlus completa 5 anos de existência

XboxPlus 5 Anos

E é isso aí, pessoal. Confesso que nem sei o que escrever neste post. Só sei que hoje, 16 de Julho de 2014, o XboxPlus completa 5 anos de existência. 5 anos durante os quais fiz amizade com um monte de pessoas bacanas. 5 anos de aprendizado. 5 anos de diversão. 5 anos, também, de dificuldades (2013 foi, creio eu, o pior de todos, principalmente devido a problemas pelos quais passei). 5 anos durante os quais conheci também ótimos blogs e parceiros.

Bem, fundei o XboxPlus em 16 de Julho de 2009, e logo ficou claro que eu não conseguiria escrever sobre uma plataforma apenas. Desde o início, tentei fazer algo diferente. Algo que pudesse fazer alguma diferença neste mundão repleto de blogs sobre games. Sempre tentei trabalhar de forma diferenciada, inserindo a minha opinião em tudo, mesmo em simples e curtas notícias. Posso também dizer que o XboxPlus é algo muito querido por mim, também.

O tempo passa, e chegou o dia 16 de Julho de 2010. Este foi o primeiro e, digamos, o melhor aniversário do site. Tivemos uma semana inteira com promoções, sorteios, etc. Sorteamos um jogo por dia: Aqua, Trials HD, Lead and Gold: Gangs of the Wild West, Braid, Machinarium e até um software, dentre outros.

Este post será também uma espécie de desabafo, retrospectiva, sei lá. Me perdoem desde já por qualquer coisa. Mas eram bons tempos, aqueles. Gostaria de dizer também que, desde o início do XboxPlus realizei (e ainda realizo) um grande trabalho de networking. Contatos com desenvolvedores e publishers do mundo todo, etc.

Isto resultou, claro, na minha inclusão em mailing lists de pequenos, médios e grandes desenvolvedores e publishers. Isto resultou no recebimento de jogos para sorteios (que antigamente eram semanais), em diversas entrevistas, etc. Isto também resultou em jogos para review, recebidos até hoje, mesmo apesar da frequência de publicação deste tipo de material ter diminuído, infelizmente. É, já não sou mais o mesmo. 🙁

Isto também resultou no recebimento de press releases, e assim você pode entender o porquê de não citarmos fontes, aqui, na grande maioria das vezes, uma vez que recebemos muitos comunicados de imprensa. Obviamente, jamais publiquei textos produzidos mediante simples “copy & paste”: o que eu sempre faço é ler um press release, compreendê-lo, retirar dele o que me interessa e o que creio que também vá interessar aos leitores e então escrever a respeito da maneira que eu desejo, da maneira que eu gosto, com minhas palavras, com minha opinião. Sempre.

Claro, vez ou outra surgem textos produzidos a partir de fontes, e nestes casos, sempre as cito; mas, também, jamais “copio e colo”, simplesmente. Todo o conteúdo do XboxPlus sempre foi e sempre será original. Espero que vocês tenham percebido isto, durante este tempo todo. 🙂 Ah, e sempre fiz também questão de responder a todos os comentários, já adiantando que isto pra mim é muito gratificante. 🙂

Mas é engraçado como consegui, nestes cinco anos, tantas coisas, como consegui, digamos, “entrar” nas listas dos grandes e pequenos. Como consegui acesso a empresas fantásticas (outras nem tanto 😉 ), a seus departamentos de marketing, de PR, a agências, etc. Como consegui acesso ao recebimento de jogos, materiais diversos, etc, etc, e não consegui alcançar aquilo que eu mais queria. Onde eu errei? Me pergunto sempre.

Veja, não estou dizendo tudo isto para “me gabar”, nem nada semelhante. É apenas uma forma de explicar como funciona o XboxPlus, uma vez que, para algumas pessoas, talvez, pode parecer estranho este tipo de coisa em um site pequeno. Alguém pode ver alguns textos por aqui sem citação de fontes, por exemplo, e pensar que eu “fiz algo errado”, quando não é o caso. Nunca plagiei ninguém, nem nunca o farei, aliás. E, além do mais, odeio este tipo de coisa.

Bem, voltando ao que eu estava dizendo antes, naquela época, também, durante seu primeiro e segundo ano, o XboxPlus recebia mais comentários. Parecia que mais leitores acompanhavam o site, e sinto bastante falta disso. Acredite você ou não, às vezes parece que o site vive em um mundo à parte, e ninguém lê o que eu escrevo. 🙁

Juntamente com isso tudo, o XboxPlus acabou, não entendo bem o porquê, não alcançando o sucesso que eu esperava. Tudo bem, ganhamos lá diversos prêmios TopBlog, chegamos a fazer parte do Olhar Digital, etc. Mas, o site nunca, digamos, chegou a “decolar”, em termos de visitação, principalmente. Isto me entristece. Bastante. E aquela hipótese de “encerramento” ainda passa por minha cabeça, vez ou outra.

Mas vamos lá. Chegou o segundo aniversário. Era o ano de 2011, e este post também explica alguns porquês a respeito do XboxPlus e de seu foco, digamos, no PC, ao contrário do que seu nome pode sugerir. Chegou 2012, e o terceiro aniversário do site. Veio então o (para mim) terrível e infeliz ano de 2013, e o quarto aniversário do XboxPlus. Detalhes, para quem desejar conhecer, aqui (quase encerrei o site).

Tivemos neste meio tempo a passagem fantástica do Artur Carsten por aqui, e gostaria de dizer que, infelizmente, ele não está mais no XboxPlus, devido à falta de tempo, pois, como sabemos, um futuro médico deve se dedicar com afinco ao curso, e é o que o Artur está fazendo. Obrigado, Artur, e obrigado também Diego (o Diego continua por aqui).

E hoje é o quinto aniversário do XboxPlus. Posso dizer que me sinto um tanto quanto estranho a respeito. Não sei muito bem o que comemorar, ou não, e peço perdão a todos pelo post um tanto quanto longo e, talvez, enfadonho. Não sei se esta data deve ser comemorada, também.

Ok, eu adoro a comunidade, o site, os (poucos, creio eu) leitores. Adoro escrever sobre games. Adoro trocar ideias, conhecer novas pessoas, etc. Adoro publicar reviews, textos mais longos, artigos, etc. Mas, ainda me pergunto se o site tem relevância. Se o XboxPlus tem relevância. Se ele faz algum sentido, alguma diferença, para alguém. Se ele faria falta, se desaparecesse. Muitas vezes, também, me pergunto se alguém lê o que escrevo. Se alguém gosta. Se meus reviews são apreciados, por exemplo. Me pergunto se meus textos são relevantes. E me pergunto mais uma série de coisas.

É um tanto quanto estranho, algumas vezes, escrever e não receber feedback, mesmo sabendo de antemão que isto não é algo obrigatório e, por favor, não se sintam obrigados. 🙂 Eu estou apenas fazendo um desabafo, talvez como uma maneira de tentar me “enquadrar” em algum “nicho”, não sei, e, quem sabe, entender melhor o que acontece por aqui. Neste meio tempo, também, comecei a escrever no Código Fonte, portanto, vocês também podem me encontrar por lá.

Bom, este é um texto estranho. Me sinto de forma estranha. Um dos motivos de eu ter parado de lançar sorteios está também relacionado a tudo isto, de várias maneiras. Uma das ideias que sempre tive em mente foi criar uma equipe, para o XboxPlus. Isto começou a ser feito mas, como vocês sabem agora, meio que parou. O Diego continua, claro, mas somos somente eu e ele. Gostaria muito de possuir, quem sabe, uma grande equipe, vários colaboradores, etc. Mas também fico pensando se isto não faria com que o site “saísse do eixo”.

Bom, pessoal, me desculpem, mais uma vez, por qualquer besteira que eu tenha dito, e estamos aí. Obrigado a todos, mais uma vez. 🙂

Poderá gostar também

29 Comments

  1. Não é só você que parou de receber comentários constantes nos posts. Eu também tive uma queda enorme. De uns tempos pra cá eu vi a galera debandando pro Twitter, pro Facebook, pro RSS, e depois debandando do RSS com o fim do Google Reader.

    Mas recomendo continuar! Pelo Feedburner você consegue ver a quantidade de leitores! Se você tem uma quantidade considerável, faça os textos pra eles! Durante muito tempo eu fazia meus posts pros poucos comentaristas que eu ainda tinha no Select, que hoje foram reduzidos a menos de 10 pessoas, que ainda comentam e tudo mais com regularidade. Inclusive os que abrem a página pela index. O Twitter também é um bom parâmetro, isso se você recebe feedback por lá e não pelo site especificamente.

    Ultimamente ando vendo um fim enorme de diversos blogs, sites e podcasts de games, talvez por conta de algumas mudanças de mentalidade do povo. Hoje é tudo Facebook, é tudo Youtube, alguns podcasters largam mão ou mudam de site, e ainda mantenho na resistência dos textos clássicos, do velho blog de games, apesar de estar um pouco mais imparcial. Eu quase fechei o Select Game alguns meses atrás por conta dos custos que andava tendo de hospedagem, mas consegui uma parceria e migrei o site, tendo mais audiência e me preocupando apenas com o conteúdo do site.

    Reply
    • É, Rodrigo. Hoje o pessoal, também, quer coisas mais “rápidas”. Eu vejo sempre a quantidade de assinantes, tanto do feed quanto via e-mail, no Feedburner. Mas, não sei se aquilo é exato, ou até que ponto posso considerar aqueles números. 🙁 Mas valeu, cara. 🙂 E vamos que vamos!

      Reply
  2. Ah, a crise dos cinco anos. Sei como é isso. Meu aniversário de 5 anos de blog também foi bem sombrio…é aquele momento mesmo de reavaliar tudo e ter dúvidas. É aquele momento em que você tem que ser perguntar: “por quê?”. Foi quando eu respondi: “por que gosto, por que preciso”. Eu poderia ter fechado o Retina Desgastada ali, mas a necessidade e o prazer de escrever continuariam e eu não conseguiria me manter afastado com aquele comichão por dentro.

    Não faça pela grana, não faça pelos leitores, não faça por atenção, não faça por Deus, por partido ou decreto. Faça por que gosta. E a grana, se tiver que aparecer, virá. Assim como os leitores e a atenção.

    Quer dizer, eu acho. Retina Desgastada não dá dinheiro. Mas dá um prazer que não seria possível comprar: o livre exercício de opinar, de escrever, de compartilhar visões, de virar o rosto de um ou outro e apontar: “olha, isso aqui é legal, observe enquanto eu demonstro”.

    Vi vários blogs desaparecerem. Cubagames é o mais recente. E isso me entristece. É como se a palavra escrita fosse minguando, abrindo espaço para YouTubers gritalhões, o texto seco dos press-releases puros ou o silêncio aterrador.

    Não gostaria de ver o XboxPlus sumindo. Mesmo com o Marcos e seus textos agora sendo meus comparsas lá no Código Fonte. Mas a casa do Marcos é aqui. O Xbox Plus faria um bocado de falta.

    Enfim, parabéns por ter sobrevivido por cinco anos com conteúdo único nesta luta semanal onde o plágio impera. Que sobreviva até o ano que vem e mais ainda.

    Um forte abraço!

    Reply
    • Obrigado pelas palavras, Aquino. 🙂

      E, realmente, essa tal crise dos cinco anos é dose, viu. Reavaliações, porquês, etc. Mas você está certo: escrever porque gosto, e eu gosto muito. O resto, deve ser consequência. Eu ainda não consigo acreditar em algumas coisas que leio sobre alguns Youtubers. Parece um outro mundo, tudo muito mais fácil, em diversos aspectos. E, com certeza. Mesmo sendo parceiro teu lá no Código Fonte, já há algumas semanas, minha casa é aqui, assim como a tua é o Retina. Obrigado mesmo. 🙂

      Reply
  3. Só posso dizer PARABÉNS pelo blog! Um forte abraço para toda a equipe 🙂

    Quanto aos comentários, realmente há uma queda. Mas creio que seja para todo mundo: muitos preferem compartilhar nas redes sociais e comentar por lá (mea culpa nessa), inclusive sendo incentivados a fazer isso pelas próprias redes e pelos apps que nos acostumamos a usar no dia-a-dia. Por isso sou um defensor dos sistemas de comentários integrados, mas isso é papo para outro dia!

    Repito: meus sinceros parabéns, e continuem com seus trabalhos de opinião própria. Ainda precisamos nos encontrar online no mesmo horário pra jogar um pouco 😉

    Reply
    • Valeu Erick! 🙂

      Tem essa das redes sociais, também, algo que eu também tenho negligenciado um pouco, de certa maneira. Ainda vou ver esse lance da integração dos comentários. Pode deixar. Se tiver alguma dica aí, também, sinta-se à vontade. 🙂

      E vamos jogar. Precisamos marcar, cara!

      Reply
  4. Parabéns Marcos e que venham muitos outros anos pela frente

    Reply
  5. Nossa não acredito… escrevi moh texto e quando fui postar, ele foi pro limbo 🙁

    Enfim, eu estava dizendo Parabéns, claro!
    Não me lembro quando conheci o blog, mas o que me prendeu por aqui foi justamente o jeito de escrever. Sempre deu pra notar que vc tinha um cuidado pra escrever e não dava só um Ctrl + C, como vc falou. Por isso que sempre fiz questão de comentar no que me interessava.

    Já sobre os comentários, não é só com vc. Parece que ultimamente o pessoal tem preguiça de ler. Se contenta em ler o título e/ou resumão no facebook e/ou twitter e já ta ótimo. Mas é o que o Aquino disse, faça por vc, não pelos outros.

    E #ficadica… De repente considerar uma mudança de nome, caso queira atrair mais leitores. Acho que só cai aqui quem procura por xbox. E como vc fala de tudo…

    Enfim, parabéns de novo e rumo ao hexa agora hein!

    Reply
    • Olá Fefa! Muito obrigado, valeu mesmo. 🙂

      É, sempre foi assim. Eu sempre quis tratar tudo de uma forma diferente, menos fria, diferente de outros locais por aí. Que bom que você tem gostado.

      É, já pensei na mudança de nome. Mas, só de imaginar tudo o que tem de ser feito pra isso. Nossa. Dá calafrios…rsrsrsrs

      Mas muito obrigado mesmo. 😀

      Reply
  6. Parabéns pela coragem e determinação em manter o blog sempre ativo, mesmo nos momentos mais difíceis, e eu sei que foram muitos.

    Também sinto falta da enxurrada de comentários, que eram sempre de alto nível, mesmo quando as opiniões divergiam completamente.

    Sem falar nos sorteios, que eram pura alegria, mais de uma vez eu acessei o blog do serviço para ver o resultado.

    Espero que você continue nos brindando com seus textos por muitos e muitos anos.

    @Fefa, já aconteceu o mesmo comigo, hoje em dia eu costumo dar um CRTL+C antes de clicar em postar.

    Reply
    • Pois é, eu só descobri que não dei ctrl c quando tentei colar rs

      Reply
    • Salve meu caro Hideki! Obrigado. 🙂

      Realmente, foram muitos cara. E obrigado pela presença, você e todos os leitores. Os sorteios talvez voltem, também.

      Muito obrigado por tudo.

      Reply
  7. Bom atrasado como sempre, mas não poderia de deixar de dar parabéns! Puxa cinco anos já!!! Como o tempo voa :D!!! Parabéns ao XboxPlus!! Parabéns Marcos!!! e parabéns a todos os envolvidos nesse projeto maravilhoso!!!

    Reply
  8. Parabéns XboxPlus/Marcos, é isso aí rumo ao hexa, e com goleadas, mas só a favor!

    Reply
  9. Parabéns pelos 5 anos!

    Nessa época (5 anos atrás) peguei o Xbox 360 e estava jogando Halo 2 (na retrocompatibilidade) e os episódios 1 e 2 de Half Life 2 na Orange Box! 🙂 Bons tempos!

    O XBP sempre trouxe muito material bom, sobretudo por conta desse contato direto com as publishers que o Marcos conseguiu com muito esforço. Seus reviews são bem detalhados são bem completos, numa profundidade que dificilmente vemos. O Artur também mandou muito bem enquanto esteve postando no site, muitos textos bons.

    Quanto aos comentários e feedback, podem ser vários os motivos. Mas acho que um dos maiores é essa mudança de comportamento do público médio, a busca por esse imediatismo na leitura apenas de manchetes do Facebook e não mais de textos completos.

    No mais, acho que é como o pessoal falou, se você gosta, continue. Pois é um ótimo site. Sou grato por ter sido convidado a participar, uma pena eu não ter um ritmo mais frequente de postagens.

    Um grande abraço Marcos, Artur e toda a galera que participa, lendo e comentando!

    Reply
    • Salve, Diego! 🙂

      Valeu, cara! Poxa, bons tempos. É, são diversos motivos mesmo, a respeito da falta de comentários. E como eu disse antes, parece que hoje o pessoal não quer, ou não gosta, não sei, de ler muito. Querem coisas mais curtas, e eu não consigo, sinceramente…rsrsrs E eu gosto de escrever aqui no XBP, ah, isso pode ter certeza. Grande abraço, cara!

      Reply
  10. Parabéns Marcos pelo 5 anos do Xboxplus!

    Na questão de comentários isso vem ocorrendo faz um bom tempo nos blogs.Geralmente compartilham nas redes sociais do que comentar.

    Comece a contar como comentário um curtir/compartilhar do facebook,+1 do Gplus e também um tweet rsrs.

    Como você escreve bem e valoriza a interação com seus visitantes/leitores , porque não começa a trabalhar com um autoresponder para poder enviar algo que queira para tanto cativar o leitos ou alguma promoção :).Aumentaria tantos as visitas e fidelizava seus leitores, pois o feedburner só envia os posts publicados recentemente.

    Poderia também abrir uma seção explicando como enviar um guest post para o blog.Também publicar coisas exclusivas nas redes sociais do blogs.

    Abraço e Sucesso!

    Reply
    • Valeu Rafael! 🙂

      Sim, estou vendo que essa questão das redes sociais tem que ser vista com mais carinho e cuidado, mesmo. 😉 Sobre o autoresponder, algo como o MailChimp, já pensei em usar. Mas, esbarrei no conteúdo, ou melhor, no que diferenciaria, lá e cá. Ainda preciso pensar melhor sobre isso. E essa sua ideia de uma seção para o envio de guest posts também é interessante. Vou pensar nisso também. 😉

      Reply
      • Acredito que todos os autoresponder tem a função de enviar automático um novo artigo publicado, o mailchimp e aweber que conheço tem ( não uso mais).Sem contar que além de a pessoa que cadastrou o e-mail receber os artigos você pode enviar mensagens “avulsas”, é simples de mexer nessas ferramentas.

        Esqueci de avisar que não sou expert e posso esta falando besteira rsrs.

        Abraço e sucesso!

        Reply
        • Acho que sim, Rafael. Cheguei a usar por algum tempo o MailChimp, mas não explorei tudo. Vamos ver. Ver também se tem como exportar os leitores (os via e-mail) do Feedburner para ele, etc. 🙂

          Mensagens avulsas também é algo bacana.

          Reply
  11. Parabéns pelo ótimo trabalho e obrigado pela oportunidade de conhecê-lo melhor! Leio todos os dias!

    Reply
    • Olá Wallem. Seja bem vindo, e muitíssimo obrigado. Bom saber que você gosta. 🙂

      Reply
  12. Marcos, me desculpe por ter visto sobre o aniversário do blog só agora! Parabéns e espero que continue por mais tempo!
    O design do blog é muito caprichado , com um aspecto totalmente profissional.A única coisa que tenho á reclamar é da frequência de postagens, que eu gostaria que fosse diário (reclamo da mesma coisa dos blogs que gosto e frequento).Mas também sei que esse é o grande problema e a grande dificuldade dos pequenos blogs, mantidos por um único e abnegado dono.Enfim, continue firme , mesmo como hobby.Abraço.

    Reply
    • Salve Marcos! Que é isso, meu caro. 🙂

      Muito obrigado. Fico honrado em saber que vocÊ gosta do XboxPlus. Sobre a frequência de postagem, acredita que já houve um tempo em que era diária, com vários por dia (4, 5, 6)? 🙁

      Muito obrigado mais uma vez, e obrigado pelo prestígio.

      Reply
  13. Nossa, eu ando tanto na correria que nem mesmo vi que foi aniversário do Xbox Plus oO.
    Bom, eu lembro que conheci o xbox há um tempo, mas não lembro mais quanto =P.
    Lembro que passei a frequentar mais quando o Alan Wake foi lançado e vim aqui dar uma lida a respeito do jogo.
    Bom, a partir daí passei a vistar bastante o Blog.
    Infelizmente com o passar do tempo minha participação diminuiu bastante.
    No meu caso é simplesmente correria do dia-a-dia mesmo.
    Entretanto, fiz grandes amizades aqui que existem até hoje e isso é o maior presente que o Xbox Plus pode me dar. =)

    Mas minha opinião é a mesma de alguns comentários já feitos.
    Acredito que hoje exista uma grande mudança no perfil dos leitores.
    Com a vinda das redes sociais, twitter e cia, as pessoas começaram a ter uma grande preguiça de ler. Uma das características mais marcantes deste blog sempre foram os reviews mais completos, com mais propriedade e detalhamentos.
    Infelizmente, as pessoas não querem mais ler muito. Os leitos buscam informações compactas, resumidas, superficiais.
    Falo isso porque vejo em alguns poucos sites relacionados a games que quando alguém posta uma notícia muito grande, os primeiros comentários são : “Só lí o título”, “Dá uma resumida aí né, não estou afim de ler a bíblia” e coisas do tipo.
    As pessoas hoje parecem querer mais do que resumo, querem áudio. Por isso o Twitch, youtube. As pessoas que fazem reviews por esses meios estão ganhando muitos inscritos por conta disso.
    As pessoas querem ouvir apenas, não querer se dar o trabalho de ler, pensar, querem absorver o que está sendo dito e pronto.
    Querem ver o jogo em ação. Enfim, acho que é uma mudança muito rápida dos hábitos na internet.
    Não é a qualidade do site, que vem melhorado ao longo dos anos. Mas a qualidade dos usuários na internet.
    Tente fazer como o Kotaku, que vive fazendo chamadas no facebook para poder atrair mais leitores. Ou tente uma abordagem visual, com um canal no youtube. Mas, se isso é o que você gosta de fazer, continue fazendo, não importa como.

    Bom, agora sim posso falar, Feliz aniversário ao xbox plus e toda a equipe envolvida ao longo destes anos todos de vida do site. Que possa se adaptar a essa nova realidade, e que continue vivo por muitos outros anos =D.

    Reply
    • Fala Henrique! 🙂

      Valeu, cara!

      É mesmo, lembro de alguma coisa a respeito envolvendo o Alan Wake. Nosso primeiro contato, algo assim.

      É, hoje muita gente quer coisas mais rápidas. Podcasts, etc, etc. Eu até que gostaria de ter um canal no Youtube com vídeos comentados, etc, mas coisa rápida. E, que fosse secundária. Mas, além de faltar tempo pra isso, não sei se eu daria conta e conseguiria. Então, fico aqui (e em outros locais…rsrs) na escrita…hehehe Mas obrigado, cara. Valeu mesmo! 🙂

      Reply

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Pin It on Pinterest