Esta, para mim, é uma notícia triste. O que eu, pelo menos, temia, aconteceu. A EA comprou a PopCap Games. A criadora de Plants vs. Zombies, Bejeweled, Zuma, Peggle e tantos outros jogos e séries fantásticos agora pertence à publisher de Mass Effect, The Sims, Dead Space e inúmeros outros títulos. O valor pago à PopCap foi de 650 milhões de dólares, sendo que mais 100 milhões em ações da EA serão pagos a alguns acionistas da PopCap.

A EA e a PopCap formam uma combinação interessante. O talento do excelente estúdio da PopCap e suas poderosas IP’s irão acelerar nosso avanço em direção à marca de 1 bilhão de dólares em negócios digitais. A rede global de distribuição e estúdios da EA irão ajudar a PopCap a expandir rapidamente seus negócios para mais dispositivos digitais, mais países e mais canais“, disse John Riccitiello, CEO da EA.

Escolhemos a EA porque eles reformularam sua cultura em torno da criação de grandes jogos digitais. Trabalhando com a EA, poderemos ampliar nossos games e serviços para entregar diversão social, móvel e casual para uma audiência ainda maior, em nível global“, disse David Roberts, CEO da PopCap.

A PopCap possui mais de 150 milhões de jogos instalados. Jogos casuais que são jogados e conhecidos no mundo inteiro, em plataformas como por exemplo PC, Facebook, iPhone, iPad, Xbox 360, Nintendo DS, etc. Seu faturamento anual está em torno de 100 – 150 milhões de dólares, e a empresa conta com mais ou menos 400 funcionários. Seu foco em games casuais, além da enorme qualidade dos mesmos, é algo que certamente chamou a atenção da EA.

A Electronic Arts, aliás, quer criar, reforçar e manter um forte portfolio de games sociais e casuais, e a aquisição de uma empresa como a PopCap é também uma maneira de acelerar  tal processo. Ter em mãos um estúdio tão competente e especializado no desenvolvimento deste tipo de game é uma oportunidade de ouro que, é claro, a EA jamais iria desperdiçar. A oportunidade surgiu e ela aproveitou, é claro.

A PopCap Games deixa, portanto, de ser uma desenvolvedora e publisher independente e passa a ser uma subsidiária da EA. Não podemos prever, é claro, o que isto trará de bom ou ruim à mesma. Alguns de meus maiores medos estão relacionados ao fato da Electronic Arts ser capaz de influenciar o desenvolvimento e a direção dos futuros projetos da PopCap, fazendo com que a empresa lance jogos fracos e não condizentes com a qualidade de seus trabalhos anteriores, DLC’s caça-níqueis, etc.

Também temo pelo futuro do próprio estúdio em si, pois se a THQ fechou a Kaos Studios, já fala em um Homefront 2 e afirmou que seus estúdios em Montreal agora são responsáveis pela franquia, o que impedirá a EA de fazer o mesmo com a PopCap, após extrair tudo o que pode da mesma?

Claro, aqui entramos no campo das suposições, e pode ser que nada de negativo aconteça, e que a aquisição tenha sido um passo positivo para ambas as empresas. Aliás, concretizada a compra, torço realmente por isto. A EA realizou uma conferência relacionada à aquisição. Vamos aguardar por mais informações.

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest