Todos sabemos que também existe uma versão gratuita da Engine Unity. Trata-se de uma versão que não possui todos os recursos da versão Pro, é claro, a qual custa US$ 1.500,00. Mas ela também permite que desenvolvedores criem games para diversas plataformas: PC, Nintendo Wii, Xbox 360 e Playstation 3, além de webgames e dispositivos móveis.

Dentre os jogos que foram desenvolvidos com a Unity, podemos citar, por exemplo, o ótimo Rochard, AaaaaAAaaaAAA…!!! for the Awesome, Battlestar Galactica OnlineBob Came in Pieces (confira entrevista com Daniel Kaplan, da Ludosity Interactive), Heist: The ScoreInterstellar Marines (leia minha conversa com o pessoal da Zero Point Software) e Max & the Magic Marker. A lista é enorme.

A boa notícia é que até o dia 08 de Abril de 2012 os add-ons para iOS e Android (versões básicas, também) da Unity podem ser baixados gratuitamente por qualquer pessoa. O licenciamento dos dois produtos custaria mais ou menos US$ 800,00, mas esta belíssima promoção dará a desenvolvedores e/ou aspirantes a desenvolvedores a oportunidade de criar jogos para dispositivos móveis utilizando uma das ferramentas mais conhecidas do mercado. Jogos para iPhone, iPad, iPod touch e smartphones e tablets Android. Mas não se esqueça, restam 23 dias.

O mercado de mobile games está crescendo cada vez mais, e o desenvolvimento para estas plataformas é bem mais simples. Além disso, muitos títulos lançados no Google Play e na App Store conseguem atingir um sucesso tremendo, e não é difícil tomarmos conhecimento de algum pequeno estúdio cujo game vendeu horrores.

Essa oferta da Unity Technologies é muito bacana. A oferta gratuita das licenças dos “Unity Mobile Basic add-ons“, para iOS e Android, certamente permitirá que muita gente passe a fazer parte de um mercado que cresce cada vez mais. De um mercado que cada vez mais nos surpreende com jogos de altíssima qualidade.

Muitas idéias fantásticas poderão agora tomar forma, através dos add-ons para iOS e Android da Unity. Basicamente, após a finalização de um projeto, o desenvolvedor deve apenas escolher a opção “Build & Run“, na engine, e em seguida definir para qual plataforma mobile o game deverá ser compilado. A partir daí já é possível submetê-lo para análise na App Store ou no Google Play.

Se você estava desejando entrar neste mercado em franco crescimento, por que não tentar a Unity?

Pin It on Pinterest