Bom, caríssimos amigos, aqui está mais uma entrevista realizada pelo XboxPlus. Desta vez o entrevistado é Martin Wahlund, fundador e produtor executivo da desenvolvedora de games Fatshark, criadora do game para PC Lead and Gold: Gangs of the Wild West, o qual será lançado em 08 de abril próximo e já se encontra em pré-venda no Steam. Quem comprar agora, ganha acesso imediato à versão beta do game.

O game é sensacional e divertidíssimo. Possui belíssimos gráficos e é totalmente focado no multiplayer, além de possuir diversos modos de jogo. O Martin nos atendeu muito gentilmente, e durante a entrevista, vocês poderão ler muitas coisas interessantes a respeito do game. Tenho certeza de que muita gente vai gostar desse jogo.

Desta vez conseguimos uma entrevista em primeira mão, hein? 🙂 Vamos a ela, portanto:

1) XboxPlus: Olá Martin! Em primeiro lugar, gostaria de lhe agradecer por responder às nossas perguntas sobre Lead and Gold: Gangs of the Wild West, e sobre a sua empresa. Nós realmente apreciamos sua gentileza e ajuda! 🙂 E, também, muito obrigado pelas duas Steam keys que você nos deu, para distribuirmos em nossos concursos! Estou certo de que nossos leitores vão adorar Lead and Gold!

Martin Wahlund: Olá, e obrigado! Sim, eu estou realmente orgulhoso do game agora. Lançar um jogo no qual você trabalhou é fantástico, especialmente quando recebemos um feedback tão bom da comunidade de gamers.

2) XBP: Podemos conversar um pouco a respeito de sua empresa, a Fatshark? Vocês estão na Suécia, e eu vi que vocês contam com pessoas que já trabalharam em grandes títulos, como por exemplo “Ghost Recon Advanced Warfighter” e “Just Cause 2”. O que você pensa a respeito de trabalhar com desenvolvedores tão experientes?

MW: É muito bom trabalhar com um desenvolvedor experiente. Possuímos uma boa mistura de pessoas experientes e alguns jovens e ávidos desenvolvedores para os quais Lead and Gold é o primeiro game lançado. Fome e experiência é uma boa combinação.

3) XBP: O que você faz na Fatshark?

MW: Eu sou um dos fundadores e o produtor executivo, mas para ser honesto, eu faço um pouco de tudo, como nós somos uma pequena empresa. Houveram também algumas longas sessões de QA para mim, ultimamente. Todos nós somos gamers.

4) XBP: Eu acho que você também deve ser um gamer. 🙂 Se sim, quais gêneros de jogo você prefere? Você joga em consoles, no PC ou em ambos?

MW: Eu jogo em ambos. Ultimamente eu tenho jogado DOTA (um mod para Warcraft 3) e Heroes of Newerth. Eu joguei Fallout 3 no console, recentemente, e sou um enorme fã dos primeiros dois games. Eu também tenho jogado Modern Warfare e Left 4 Dead, grandes jogos. Eu passei toneladas de horas em games como Civilization, Starcraft, World Of Warcraft e Counter Strike. Eu jogo todos os tipos de games, basicamente.

5) XBP: Eu notei que voces possuem um fórum e um blog, duas coisas muito importantes quando desejamos criar uma comunidade ao redor de alguma coisa, principalmente quando estamos falando a respeito de um game como Lead and Gold, onde o foco são as partidas multiplayer. Como você vê o envolvimento dos jogadores e os feedbacks recebidos no fórum? Isto modificiou o “modo” de desenvolvimento do game, em algum ponto?

MW: Nós escutamos os fãs. Ao longo do desenvolvimento tivemos testes de foco todas as quintas-feiras. O feedback dos fãs foi utilizado para priorizar as tarefas que temos. Nós fazemos a mesma coisa agora. Estamos inserindo todas as sugestões dos jogadores da versão beta em nosso banco de dados de bugs e priorizando os mesmos nos baseando no feedback da comunidade. Obviamente, estamos criando os games para as pessoas que os jogam, então, é natural ouvir a comunidade. Iremos continuar a fazer isto após o lançamento, também.

6) XBP: Eu vi que todo o “barulho” ao redor de Lead and Gold: Gangs of the Wild West começou antes mesmo do lançamento de sua versão beta. Este é um feedback muito positivo e, de certa forma, “indireto”, em minha opinião. Em sua opinião, o que causou isto?

MW: Eu acho que encontramos algumas coisas no jogo que atraem os gamers. Somos muito honestos naquilo que fazemos. Um grande jogo multiplayer que é de fácil acesso para os jogadores, a um preço razoável. Nós basicamente colocamos todos os nossos recursos no desenvolvimento efetivo do game e tentamos nos manter abertos ao feedback dos jogadores. Acredito que muitos jogadores apreciaram nossa abertura ao seu feedback. Possuímos uma consultoria, e neste negócio o cliente é tudo, então, ouvir nossos clientes é fundamental.

7) XBP: Lead and Gold é o primeiro game lançado pela Fatshark, correto? E ele é um game muito polido/elegante, pelo que podemos ver, mesmo durante o período beta. Por que vocês decidiram deixar os gamers terem acesso à versão beta do jogo?

MW: Sim, ele é o nosso primeiro jogo próprio. Temos trabalhado como subcontratados ou como consultores individuais em diferentes empresas suecas de desenvolvimento de games. Desde o início do projeto, nós jogamos o game (Lead and Gold) todos os dias. Isto foi para termos certeza de que o game é divertido. Coisas que nos incomodaram tiveram de ser removidas pois, caso contrário, teríamos encerrado tudo antes do final do projeto.

8 ) XBP: Por que vocês escolheram vender Lead and Gold exclusivamente através do Steam? Quais foram as razões para isto? É claro, eu normalmente prefiro o Steam ao invés de outros sites de distribuição digital, devido aos seus grandes recursos. E Lead and Gold possui suporte ao Steam Cloud, um recurso muito importante! 🙂 Vocês pretendem, no futuro, disponibilizá-lo para venda através de outros sites de distribuição digital, ou em seu próprio website, por exemplo?

MW: Eu acho que o Steam foi uma boa escolha para Lead and Gold. De nenhuma maneira excluímos outros sites, trata-se de uma questão de recursos, do nosso lado. Vamos ver o que acontecerá no futuro.

9) XBP: Então, eu apreciaria muito se pudéssemos falar agora a respeito de seu maravilhoso game. Eu o comprei imediatamente após escrever meu primeiro artigo a seu respeito, e o achei maravilhoso. Eu também criei um primeiro vídeo sobre ele. 🙂 Seu jogo possui gráficos fantásticos, é fácil de se jogar, possui 4 personagens jogáveis para escolhermos, permite trabalho em equipe, é focado no multiplayer, etc. Algumas vezes ele me lembra Team Fortress 2, da Valve. Você também enxerga estas similaridades, em algum ponto de Lead and Gold, ou não? Por favor, explique sua opinião para nós. 🙂

MW: Obrigado pelas suas gentis palavras. Elas fizeram com que eu e a equipe ficássemos muito felizes! Sim, somos todos fãs dos títulos da Valve (TF2, L4D 1 e 2), mas eu acho que a principal similaridade é o HUD e suas cores vermelho e azul. É uma honra ser mencionado na mesma frase que TF2, mas o gameplay é bem diferente. Os tiroteios acontecem com muito mais proximidade em Lead and Gold do que em TF2, pois as armas são muito menos precisas. Mas ele é multiplayer e rápido.

10) XBP: Frequentemente, quando eu abro meu Steam, noto que Lead and Gold está sendo atualizado. Eu acho que vocês estão preparando o game para seu lançamento oficial, em 08 de Abril. Vocês estão muito ocupados com estas mudanças e com os updates? Como está sendo este processo?

MW: Sim, estamos adicionando melhorias o tempo todo. São tanto correções de bugs quanto correções relacionadas ao feedback que recebemos da comunidade. Estamos coletando todo o feedback e adicionando tudo isto a uma agenda de correções. Nós não podemos, é claro, fazer tudo agora, mas isto não significa que alguns problemas não resolvidos até agora não serão resolvidos no futuro. Como eu disse, nós iremos continuar com o suporte ao game após seu lançamento.

11) XBP: Vocês tinham algum game em mente, como uma “inspiração”, quando tiveram a idéia de desenvolver um game como Lead and Gold? Se sim, qual, por favor?

MW: Não, não realmente. Desde o início nós realmente queríamos apenas criar um game para distribuição digital. Óbviamente, buscamos inspiração nos games que jogamos.

12) XBP: Nós não temos muitos bons games baseados no velho oeste (você conhece algum outro game que você aprecie? Se sim, poderia compartilhar a informação conosco? 🙂 ). Call of Juarez foi um game que eu gostei muito, deixe-me dizer, e Lead and Gold é maravilhoso. A propósito, quando eu era mais jovem, eu adorava assistir os velhos filmes sobre o velho oeste, então, acho que aqui está uma das razões pelas quais eu gostei tanto do seu game. 🙂 Por que vocês escolheram esta “abordagem” para seu game (deixe-me dizer novamente que eu a adorei)?

MW: Eu era um enorme fã do Norte e do Sul, se falarmos a respeito de western games. Outra razão para escolhermos o gênero western foi a falta de bons títulos do gênero.

13) XBP: A idéia de 4 personagens jogáveis, cada um deles com suas habilidades específicas, é algo que eu apreciei bastante. Isto faz uma grande diferença quando estamos jogando uma partida multiplayer, principalmente se nosso time possuir membros de todas as 4 profissões. Vocês pretendem inserir mais profissões em Lead and Gold, a fim de incrementar a experiência multiplayer?

MW: Sim. 🙂

14) XBP: Algo que eu achei muito interessante é a possibilidade de escolher outra “classe” para reviver, quando morremos durante o jogo. Esta é uma maneira de fazer com que os gamers experimentem as outras profissões e suas habilidades e experiências, e não permaneçam focados somente em uma delas? Isto pode beneficiar a comunidade do game como um todo?

MW: Sim, eu acho que as profissões diferentes oferecem estilos de jogo diferentes. Eu costumo alternar entre as classes, dependendo da situação. Geralmente, no início, eu costumo jogar com o Blaster e suas bananas de dinamite que podem ser atiradas, mas caso exista um inimigo com um rifle sniper em um telhado, eu mudo para o sniper para tirá-lo de lá. Habitualmente eu tento jogar com uma classe que não esteja sendo utilizada por ninguém do meu time, para aumentar a sinergia para o mesmo.

15) XBP: Lead and Gold: Gangs of the Wild West possui muitos e emocionantes modos de jogo. Vocês pretendem implementar mais modos de jogo?

MW: Sim. 🙂 Nós temos alguns poucos que estamos testando internamente, mas queremos ver quais modos de jogo a comunidade quer antes de inserir novos no game.

16) XBP: Outra coisa que eu achei bem interessante em Lead and Gold é seu estilo de jogo cooperativo. O que vocês têm em mente ao encorajar o “trabalho em equipe”, e os jogadores que ajudam seus times? E, a respeito das recompensas para esta cooperação, você pode nos dizer mais a respeito delas e como elas poderão melhorar a experiência propocionada pelo game?

MW: Sim, nós temos a intenção de dar aos jogadores uma grande quantidade de XP quando eles fizerem coisas que ajudem o time.

17) XBP: O “Trapper” é o personagem com o qual eu mais me identifiquei, deixe-me dizer. Duas armas, uma delas um rifle de precisão, e a habilidade de deixar armadilhas espalhadas pelo cenário. Quais são seus personagens preferidos?

MW: Isso varia. Atualmente é o Blaster.

18) XBP: Vocês pretendem aperfeiçoar a experiência multiplayer de Lead and Gold após seu lançamento? Novos mapas, novos recursos, por exemplo? Se sim, quais são suas idéias? Estes aperfeiçoamentos, novos mapas e recursos serão cobrados?

MW: Sim para todas (as perguntas – acredito, entretanto, que ele se refere aqui aos novos mapas e recursos).

19) XBP: O que você espera para o futuro de Lead and Gold: Gangs of the Wild West? Sequências, uma grande comunidade em torno dele, updates e mais updates, etc?

MW: Espero que sim!

20) XBP: Você pode compartilhar conosco alguns detalhes técnicos a respeito do game? Qual foi a linguagem de programação utilizada e a engine (caso seja o caso), dentre outros detalhes?

MW: Nós utilizamos a engine Diesel. A programação foi feita em C ++ e Lua.

21) XBP: Quanto tempo Lead and Gold levou para ser desenvolvido, e quantas pessoas participaram de seu desenvolvimento?

MW: Iniciamos o desenvolvimento em Abril/Maio do ano passado. O tamanho da equipe tem variado ao longo do tempo.

22) XBP: Sinta-se totalmente livre para não responder a esta questão, se desejar. 🙂 Lead and Gold está vendendo bem durante o período beta?

MW: Eu não sei os números exatos, mas eles me parecem bons. 🙂

23) XBP: Como está sendo o retorno da crítica e dos gamers a respeito do jogo?

MW: Ele tem sido bom e correto.

24) XBP: Você tem alguma idéia de quantas cópias da versão beta foram compradas por gamers brasileiros? Neste caso, você tem recebido algum feedback do Brasil, além do meu? 🙂

MW: Eu não sei.

25) XBP: Você gostaria de dizer alguma coisa para os leitores do XboxPlus e para os gamers brasileiros que certamente irão adorar o seu game (ou já estão adorando)?

MW: Olá, e obrigado pelo seu apoio. Espero que vocês apreciem o game. Boa sorte na Copa do Mundo neste verão (inverno pra gente, né 🙂 ). Como sempre, vocês parecem ter um time muito forte! 😉

26) XBP: Martin, eu gostaria de te agradecer pela sua gentileza e atenção durante nossas conversas, e por ter aceitado ser entrevistado pelo XboxPlus. Lead and Gold e a Fatshark são muito, muito bem vindos em nosso blog, e nós mal podemos esperar por novidades a respeito de seu maravilhoso e inovador game. Também, muito obrigado, novamente, pelas cópias de Lead and Gold: Gangs of the Wild West que você nos deu, as quais serão doadas em nossos concursos e/ou sorteios.

MW: Sem problemas. Espero que nos encontremos no jogo!

—————————————–

E aqui termina mais uma entrevista pelo XboxPlus. Espero que todos tenham apreciado nossa conversa com o Martin. Lead and Gold: Gangs of the Wild West é um grande game, e tenho certeza de que ele vai dar muito o que falar. Ao Martin, fica aqui meu agradecimento, e meu sincero desejo de sucesso.

Em relação à questão 6, acima, gostaria de dizer o seguinte: o game custará, após o lançamento, US$ 14,99, ou seja, mais ou menos 27 reais. Acho este um valor muito barato, pois o game é extremamente bem feito e proporciona uma experiência única ao gamer. Parabéns à Fatshark por pensar desta maneira. Ganharam um fã ardoroso.

E quem quiser adquirir o game antes dos sorteios que serão realizados aqui no XboxPlus, pode fazê-lo já, através do Steam.

Thanks for your time and attention, Martin! 🙂

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest