Algumas vezes a indústria do cinema realiza algumas “incursões” no campo dos jogos eletrônicos que causam medo. A Lionsgate anunciou que obteve junto à Deep Silver autorização para produzir um filme baseado em Dead Island. Tal filme será inspirado naquele primeiro e fantástico trailer do novo título da Techland, aquele que fez enorme sucesso e que, de certa forma, fez com que imaginássemos um Dead Island bem diferente daquele que temos hoje em mãos.

Aquele trailer era, ou melhor, é, realmente fantástico. Dead Island também é um ótimo jogo, é claro, mas aquele trailer foi algo realmente surpreendente. Segundo a Lionsgate, o filme Dead Island será focado nas emoções humanas e nos laços familiares, e contará a história de um modo não linear. A empresa promete um “filme com zumbis” inovador, aliás.

Como as centenas de jornalistas e os milhares de fãs que estavam tão arrebatados e falantes a respeito do trailer de Dead Island, nós também ficamos impressionados. Esta é exatamente o tipo de propriedade (intelectual) que estamos buscando adaptar na Lionsgate – é algo sofisticado, aguçado, e uma verdadeira exaltação de um gênero que nós conhecemos e amamos“, disse Joe Drake, da Lionsgate.

Segundo a empresa, o filme já se encontra em seu estágio inicial de desenvolvimento, e Sean Daniel (A Múmia, dentre outros filmes) irá liderar a produção através de sua empresa, “Sean Daniel Company”. Toda a negociação com a Deep Silver foi realizada pela Motion Picture Group, a qual faz parte do conglomerado da Lionsgate, aliás.

Temos aqui o início de mais uma história que pode tanto contar com um desfecho fantástico quanto terminar em um verdadeiro desastre. É claro que foi-se o tempo em que o simples fato de um filme se basear em um jogo eletrônico ou em personagens de quadrinhos (e vice-versa) é sinal de que ele será um fiasco. Batman: Arkham Asylum, por exemplo, pode apresentar provas mais do que suficientes de que isto não é verdade.

Temos, entretanto, de levar em consideração o fato de que muitas vezes é preciso um certo amadurecimento. Um certo tempo. É necessário também que um jogo como Dead Island, por exemplo, seja muito bem conhecido pelos profissionais que trabalharão com sua adaptação para o cinema antes de qualquer passo em direção à mesma.

E é justamente neste ponto que enxergo um dos grandes problemas em relação a isto tudo, ou melhor, dois grandes problemas: Dead Island não possui um enredo suficientemente forte e/ou profundo, e o pessoal da Lionsgate menciona que irão se inspirar principalmente no primeiro trailer lançado para o jogo.

Teremos um filme inspirado em algo que, na verdade, não condiz com a realidade do jogo. Aquele belíssimo primeiro trailer, apesar de tudo, se mostrou um tanto quanto irreal quando o comparamos com o jogo. A maneira como esta adaptação cinematográfica será feita é meio que uma incógnita, por enquanto, e parece não possuir alicerces muito firmes. Podemos até chegar a assistir a um “Dead Island, o Filme”, fantástico. Mas tenho a impressão de que pouco ele terá a ver com “Dead Island, o Game”.

Dead Island é um jogo muito bom. A ideia de transformar uma ilha paradisíaca em um inferno (ainda assim belíssimo), onde você acorda após uma “noitada” já no meio do desespero e sem saber o que aconteceu, juntamente com o fato do título possuir um gameplay mais lento e complexo que outros títulos do gênero, fazem do mesmo algo muito bacana. Já em relação ao filme, só o futuro poderá dizer se o mesmo será algo memorável ou digno de esquecimento.

Nada mais nos resta a não ser esperar. Enquanto isso, assista mais uma vez àquele belíssimo primeiro trailer de Dead Island:

Link para o vídeo em 720p:

http://www.youtube.com/watch?v=lZqrG1bdGtg&hd=1

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest