Speeping Dogs, da United Front Games, é um jogo muito bom. Deve ser um jogo enorme, é claro, e devo ter experimentado muito pouco dele, ainda (estou com cerca de 3 horas de jogo). Trata-se de um jogo com um mundo aberto, no qual, na pele do policial  Wei Shen (o qual age disfarçadamente), podemos explorar uma linda e perigosa Hong Kong.

Quem já jogou algum GTA ou Saints Row, ou até mesmo Skyrim e outros títulos semelhantes, pode comprar Sleeping Dogs sem medo (ou não, você pode viciar, e sua vida social pode até mesmo acabar por uns tempos). Ocorre que o jogo da United Front Games e da Square Enix também é um enorme e sensacional parque de diversões digital.

Game Sleeping Dogs

Um parque de diversões digital, aliás, dotado de belos gráficos. Se você optar pela versão PC do jogo, como eu (e desde que seu PC aguente o tranco), não deixe também de baixar o pacote de texturas em alta resolução, disponível gratuitamente no Steam. Eu fiz um teste, rodando o jogo com e sem o pacote, e posso dizer que vale muito a pena.

Outrora sob as asas da Activision, com o nome de True Crime: Hong Kong, este título é realmente espetacular. Digo isto após 3 horas de jogo, apenas, e talvez vocês estranhem, mas estas poucas horas me proporcionaram experiências tão fortes e momentos tão divertidos, e me deram tamanha impressão de que muita, muita diversão de altíssima qualidade está por vir, que não consigo segurar meu entusiasmo em relação ao game.

O sistema de combate do jogo é um show à parte. Já no inicio do jogo somos expostos a um ambiente extremamente hostil e a inimigos muito perigosos. Os movimentos são fluidos. O jogo não nos poupa, também. É difícil lutar, ou melhor, é difícil vencer, e temos de prestar atenção na movimentação dos inimigos e realizar movimentos de esquiva, defesa e ataque com precisão. A variedade de golpes também é grande, e podemos inclusive agarrar os inimigos e matá-los com a utilização de diversos elementos presentes no cenário.

Game Sleeping Dogs

Podemos, por exemplo, agarrar um inimigo e lançá-lo de encontro a uma caixa de força, o eletrocutando, ou então podemos chutá-lo contra uma cabine telefônica e derrubar a fraca cabine sobre ele, também com um chute (isto sem falar em cabeças que podem ser enfiadas em algumas máquinas em operação, aliás). Missões primárias e secundárias começam a pipocar no mapa muito rapidamente, e também existem itens que podemos buscar, zanzando pela cidade.

O protagonista possui até mesmo uma espécie de smartphone através do qual entra em contato com membros da organização criminosa na qual se encontra infiltrado e obtém informações a respeito de diversos deles. Também podemos ser presos, é claro, e nestes casos nosso superior sempre dá um “jeitinho”.

Voltando aos combates, alguns deles chegam a ser bem violentos, e o policial disfarçado chega inclusive a quebrar braços e pernas. Um sistema moral muito interessante também está presente no jogo, o qual nos gratifica ou nos pune conforme realizamos diversos tipos de ações, levando em consideração tanto a lei quanto o crime.

Durante uma missão, por exemplo, destruir patrimônio público ou matar inocentes pode fazer com que nossa reputação como policial seja reduzida, e assim por diante. Também podemos participar de atividades durante as quais atiramos pela janela de um carro da polícia (guiado por outro policial) contra veículos de gangues criminosas que estão em nossa perseguição.

Game Sleeping Dogs

Wei Shen possui um apartamento, pode comprar e mudar de roupas, e pode visitar diversos tipos de lojas em Hong Kong. Ele tem como missão se infiltrar em grupos perigosíssimos, e no meio disto tudo, é inclusive obrigado a agir como um criminoso. Não se assuste se tiver de ir ao mercado local cobrar “mensalidades para proteção” dos comerciantes.

Não se assuste, também, ao ganhar “presentinhos” dos criminosos, conforme suas ações. No vídeo de gameplay que gravei, o qual segue abaixo, experimento, ou melhor, assumo um destes presentes, o qual me dá grandes dores de cabeça, no início. Para quem gosta de jogos sandbox, Sleeping Dogs é um  must have.

Qualquer veículo na cidade pode ser tomado, à força (uma maravilha para quem, como eu, também adora dirigir carros em jogos eletrônicos que não sejam de corrida). Durante missões, é sempre bom dirigir com cautela, tanto para evitar danos ao patrimônio quanto para não chamar a atenção da polícia: é, se a polícia vier atrás de você, é bom correr. Em determinados momentos a polícia chega a interromper algumas transações, e você pode escolher se deseja fugir correndo, entrando em vielas, saldando muros e portões, ou se prefere roubar um potente carro e sair em disparada.

Lembrando novamente: os gráficos do jogo são lindíssimos. E o melhor de tudo (ou pior, não sei ainda) é que sei que estou apenas no comecinho de minha jornada em Sleeping Dogs. Sei que ainda vou experimentar muita coisa boa. Se você puder optar, fique com a versão PC deste jogo, a qual, inclusive, pode sair mais em conta (o GetGames, creio eu, ainda vende o jogo com um desconto bacana, e vale lembrar que trata-se de um título Steamworks).

Game Sleeping Dogs

Veja também abaixo os requisitos para rodar Sleeping Dogs em seu PC:

Requisitos mínimos

  • Sistema operacional: Windows Vista Service Pack 2;
  • Processador: Core 2 Duo 2.4 GHz ou Althon X2 2.7 GHz;
  • Memória RAM: 2GB;
  • Espaço em disco: 15GB;
  • Placa de vídeo: placa de vídeo Nvidia ou AMD ATI compatível com DirectX 10 ou 11 / ATI Radeon 3870 ou melhor / Nvidia GeForce 8800 GT ou melhor;
  • DirectX: 10;
  • Som: compatível com DirectX;

Requisitos recomendados

  • Sistema operacional: Windows 7;
  • Processador: Quad-core Intel ou AMD;
  • Memória RAM: 4GB;
  • Espaço em disco: 15GB;
  • Placa de vídeo: placa de vídeo Nvidia ou AMD ATI compatível com DirectX 11 / Nvidia GeForce GTX 560 ou ATI Radeon 6950;
  • DirectX: 11
  • Som:compatível com DirectX;

Bem, mais uma vez: o jogo é fora de série. Fique com o vídeo de gameplay. Não deixe de ver em 720p:

Pin It on Pinterest