War Machine - Gears of War 2

Aviso: o texto abaixo contém spoilers

O recente DLC’ para o Gears of War 2, “Dark Corners”, seria totalmente desnecessário não fossem os 7 mapas adicionais inclusos. Não vou nem mencionar aqui o outro “pacote” lançado, o “All Fronts Collection”, pois este é uma compilação com todos os mapas já lançados até o momento + os 07 mapas inclusos no Dark Corners + o capítulo deletado “Road to Ruin. Ou seja, é um DLC que vale muito a pena para quem não possuía nenhum mapa adicional do GOW 2.

Bom, mas e a campanha “Road to Ruin” inclusa nos dois DLC’s? Valeria a pena pagarmos 1200 Microsoft Points pensando apenas nela? Sou categórico neste ponto: Não.

Joguei “Road to Ruin” nos dois modos: “Stealth” e “Guns Blazing”. A ação começa logo após Dom encontrar Maria, totalmente destruída pelas torturas dos Locusts, e matá-la para acabar com seu sofrimento. No modo stealth, temos que passar despercebidos pelos Locust, camuflados pelas fedorentas armaduras deles (é claro que vamos chegar a um ponto onde a única saída é o tiroteio, como não poderia deixar de ser). Os Locust conseguem perceber Dom e Marcus através do cheiro, portanto, não é bom chegar muito perto dos bichos.

Gears of War 2 - All fronts collectionJá no modo Guns Blazing, a ação é frenética, e o tiroteio é uma constante. Aliás, achei este modo, por incrível que pareça, mais fácil e divertido que o stealth.  Ao final de cada um dos modos de jogo, uma conquista é liberada, para a felicidade dos maníacos por conquistas.

O que difere cada uma das duas modalidades, além da estratégia e do modo de jogo a ser adotado para se obter sucesso, é uma ou outra pequena mudança de percurso, e só. Nos dois modos, aliás, temos direito a um Brumak no nosso caminho, para engranceder um pouco a coisa, e encontramos um personagem meio que obscuro, o Franklin, que nos abandona no final do capítulo, pois deseja voltar à superfície enquanto Marcus e Dom vão se embrenhar ainda mais na podridão Locust (a continuação disto está no próprio DVD do Gears of War 2).

De qualquer forma, a cena deletada é curta. Cada um dos dois modos não rende mais do que meia hora de jogo, e fica aquela sensação de que aquilo poderia fazer parte do DVD do jogo sem problemas. Acredito que seja mais um daqueles casos onde os desenvolvedores excluíram determinado conteúdo propositalmente, para mais tarde lançá-lo como um addon. Um caça-níqueis? Talvez nem tanto, uma vez que o pacote contém ótimos mapas, que por si só já valeriam o preço. E no caso do All Fronts, ganhamos todos os mapas lançados até hoje.

Além do mais, achei o capítulo deletado meio chato. Não que a história não seja envolvente, mas aquilo ali nos deixa com uma sensação de que estão apenas “enchendo linguiça”. É algo totalmente desnecessário, não vejo como uma prioridade saber que caminho Marcus e Dom tomaram após a morte de Maria. Se foram com tudo pra cima dos Locust ou se foram na “maciota”. O essencial já está no jogo full em si. O que acontece daí pra frente sim é importante: este pequeno trecho não nos diz nada que já não saibamos.

É, não fossem os mapas, teríamos aí um DLC que não valeria mais do que 400 Microsoft Points, em minha opinião. Ou, melhor ainda: o Dark Corners isoladamente cairia muito bem como um DLC gratuito, se não tivesse sido incluso no mesmo pacote que os mapas adicionais. 🙂

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest