Ontem à noite “coloquei minhas mãos” em F1 2010, título da Codemasters, e gostaria de escrever a respeito. São minhas primeiras impressões a respeito deste game de corrida que pode agradar tanto aos fãs de simuladores quanto a quem aprecia games de corrida sem a presença deste aspecto. Começando pela “história”, F1 2010 mostra muita coisa a respeito do “mundo da Fórmula 1”. Negociações, conversas com empresários e com a imprensa, etc: tudo isto é muito bem retratado. E digamos que desde o início do game.

Você inicia F1 2010 em uma espécie de coletiva de imprensa, onde uma repórter vai lhe fazendo perguntas. Vale ressaltar que estas perguntas incluem o seu nome e questões que guiarão, de certa forma, o gameplay, como por exemplo “o que você espera do game, da temporada, etc”. Dependendo de sua resposta aqui (você terá de dizer se é um corredor experiente, se é sua primeira temporada, etc), o game terá alguns ajustes definidos, significando que você enfrentará mais ou menos dificuldades. É claro que tudo isto pode ser ajustado posteriormente, mas achei esta forma de configuração “durante a história” muito interessante.

Pilotos e equipes presentes na temporada 2010 da fórmula 1 ajudam a formar o “pano de fundo”. Antes da corrida você pode ou não ajustar seu carro. Pneus, suspensão, itens que influenciarão na aerodinâmica do mesmo, etc: tudo pode ser modificado. Conforme seu gosto, conforme o que você terá pela frente, conforme sua experiência, etc. Você poderá fazer muitas besteiras, dependendo do nível de conhecimento que possuir neste tipo de game, e caso parta para o lado simulador. Você contará até com um engenheiro de plantão, e quando você já está dentro do carro, aguardando o início da corrida, você pode inclusive conferir a previsão do tempo e outras informações muito interessantes, no seu monitor.

A presença do seu companheiro de equipe é sempre mostrada, e até mesmo os diálogos da equipe com você durante as corridas são muito interessantes e instrutivos. Bom, falar em diálogos aqui é meio que estranho. Digamos que sejam monólogos, pois você escuta as informações pelo rádio, apenas. Diversas informações são exibidas em tela, durante o percurso, e você pode conferir seu tempo, sua posição, quantidade de voltas, etc, de forma bem simples e rápida, como já era de se esperar.

Cada corrida é um show à parte. Com mudanças climáticas dinâmicas, você pode iniciar determinada corrida sob um sol ardente e observar o clima mudar até uma chuva muito perigosa (porém belíssima) cair. Você pode escolher dentre diversas opções de câmera, porém a minha preferida é a que dá a visão do volante, através da qual você pode observar as mãos do piloto, as trocas de marcha, etc.

Aliás, gostaria de destacar as trocas de marcha: você consegue percebê-las nitidamente, e o barulho dos motores varia conforme o carro. Os gráficos são belíssimos, tudo passa uma sensação de realidade impressionante (valendo ressaltar, também, que estou jogando a versão para PC de F1 2010), e o game como um todo é maravilhoso.

Sua trilha sonora possui um aspecto meio que “heróico”. Não sei bem dizer como isto me afetou, só sei dizer que é emocionante. A visão a partir do cockpit é perfeita, e você tem a exata sensação de proximidade do chão, e chega a se assustar quando “passa voando” por algum outro carro (ou quando o inverso ocorre). Toda a questão da frenagem foi também muito bem implementada, e mesmo que você escolha deixar tudo no automático, ou seja, sem nada de simulação, é possível ouvir as diferenças na rotação do motor dependendo da velocidade, o efeito sonoro quando os freios são postos em ação, e o ronco alucinante do motor acelerando.

F1 2010 é um game de corrida mais do que sensacional. Ele é lindo. Absurdamente impressionante. Tenho certeza de que poderia escrever muito mais a respeito do game caso tivesse jogado mais, mas, como eu disse, estas são apenas minhas primeiras impressões. E elas são as melhores possíveis. 🙂

Confesso que muito raramente jogo games de corrida. Mas aprecio bastante títulos de fórmula 1. E F1 2010 me surpreendeu. O conjunto jogabilidade + gráficos + efeitos sonoros + customização (sendo que neste último caso é até mesmo possível escolher se queremos ou não lidar com os mais diversos aspectos técnicos do carro) é fantástico. Muitos gamers como eu, talvez, serão “fisgados” por este título.

Ficha

Título: F1 2010
Gênero: Corrida / Simulador
Desenvolvedora: Codemasters – Birmingham Studio
Distribuidora: Codemasters
Data de lançamento: 23 de Setembro de 2010
Plataformas: PC / Playstation 3 / Xbox 360

Pin It on Pinterest