(Homem no espaço) Missões tripuladas a Marte, em Take On Mars

Take On Mars logo

Sempre fui fascinado pelo espaço e por assuntos correlatos. Sempre adorei filmes, quadrinhos e livros de ficção científica, também. E, desde pequeno, séries e filmes como Star Trek, Galactica, Buck Rogers e Star Wars, me fascinam. Devorei (diversas vezes), Cosmos, de Carl Sagan (adorava a série de TV), além de vários outros livros, de vários autores (uma certa miscelânea). O desconhecido, a imensidão, o silêncio, o infinito, as estrelas, os planetas, etc, etc: sou maluco por tudo isto.

O visionário Julio Verne também teve um papel muito importante na formação deste meu lado que ama ficção científica e afins. Livros como “Da Terra à Lua” e “Viagem ao Centro da Terra” (este último pode não ter a ver com o espaço sideral, por exemplo, mas a viagem fantástica e o sentimento de vazio e imensidão que pude experimentar ao lê-lo o tornam irresistível), por exemplo, são por mim muito queridos. Isto sem falar em “Vinte mil léguas submarinas” e no submarino Náutilus (com seu capitão Nemo). Tudo isto, veja só, ainda no século 19.

Take On Mars - Expedition One

E, claro, estas paixões são fortes aliadas de outra de minhas paixões: games. Jogos eletrônicos. E sempre gostei bastante de simuladores espaciais e jogos com esta temática, como por exemplo a franquia Mass Effect (leia, por exemplo, aqui, aqui e aqui).

Existem outros, também, como por exemplo Miner Wars 2081, o espetacular Endless Space e Legends of Pegasus. A lista é bem imensa, e podemos também, claro, ir para o lado do horror, com a franquia Dead Space. Existem muitas variações, para todos os gostos e bolsos. Ah, quase ia me esquecendo do fantástico Space Engineers: minha estação continua em construção.

E uma busca rápida e simples no Steam nos retorna, aliás, ótimos títulos: Kerbal Space Program, Gratuitous Space Battles, Starpoint Gemini (1 e 2 – este em Early Access), o espetacular MMO EVE Online, Startopia, Universe Sandbox, Strike Suit Zero, etc, etc.

Mas um título em especial vem chamando minha atenção já há bastante tempo. Um simulador espacial chamado Take On Mars, da Bohemia Interactive, o qual se encontra atualmente no programa “Acesso Antecipado” do serviço de distribuição digital da Valve. Take On Mars é um jogo através do qual podemos gerenciar um programa espacial e, através dele mesmo, controlarmos rovers no planeta vermelho. O que temos aqui é um simulador espacial focado em Marte.

Take On Mars - Expedition One

Trata-se de um jogo realmente fascinante, principalmente conforme você vai obtendo mais verba e adquirindo câmeras e equipamentos mais precisos e potentes. Já existem alguns cenários criados pela Bohemia Interactive, falando nisso, e o modo campanha, claro.

Expedition One – Uma missão tripulada em direção a marte

Até agora, o que temos visto em ToM é a atuação de veículos. Rovers, etc. Sob nosso controle, claro, “à partir da terra”, operados remotamente. São eles, os veículos, as máquinas, que caminham sobre Marte. Que “sentem” a poeira. Que “colocam a mão na massa”.

Mas tudo isto vai mudar com o lançamento do update gratuito Expedition One, no segundo trimestre de 2014. A partir daí, poderemos lidar com missões tripuladas ao planeta vermelho. Com esta atualização, a Bohemia Interactive tem em mente abrir caminho para que seu simulador espacial permita inclusive o estabelecimento de colônias humanas em Marte. Já existe até mesmo uma espécie de agenda, e o primeiro ônibus espacial (tripulado) poderá ser lançado a partir de Abril, também.

Como um estúdio, sempre fomos obcecados com jogos que exploram tópicos do fascínio humano. Um destes é a exploração do espaço. Missões para Marte – do passado, do presente e também alguns projetos ambiciosos para o futuro – despertaram a nossa imaginação sobre como seria ser o primeiro humano em Marte. Nós logo sentimos que este deve ser o ‘endgame’ para a campanha de Take On Mars“, disse Marek Spanel, CEO da Bohemia Interactive.

Take On Mars - Expedition One

Através da atualização Expedition One, poderemos explorar Marte de uma forma mais próxima, digamos. Realizar observações e pesquisas in loco. Os participantes terão como meta, é claro, a construção de colônias, mas no decorrer deste processo, muitas outras tarefas terão de ser desenvolvidas.

Uma série de experimentos científicos, construção de abrigos e instalações diversas, etc. Além disso, fontes de oxigênio, água e recursos terão de ser encontradas, bem como forma ideal de coleta, armazenamento e processamento. Sobrevivência será uma das tarefas primordiais, principalmente devido à escassez de recursos embarcados no ônibus espacial.

É claro que o lançamento de Expedition One dividirá a campanha de Take On Mars em duas partes. A primeira será focada nos rovers e stationary landers, e a segunda será, creio eu, ainda mais interessante, dedicada à exploração deste planeta que há tanto tempo chama a atenção da humanidade. Isto sem falar que após a atualização, poderemos construir nossos próprios abrigos, além de utilizar veículos para exploração.

Take On Mars

Não me assusta nem um pouco o fato de Take On Mars ter sido escolhido como o melhor novo game para PC, durante a E3 2013. E, bem, para onde isto tudo nos levará? A Bohemia Interactive almeja o estabelecimento de colônias humanas em Marte (no jogo, claro). E você, o que achou?

Trilha sonora gratuita

Não sei se você já sabe, mas a Bohemia Interactive também disponibilizou a trilha sonora de Take On Mars, gratuitamente. Basta usar este link.

Enquanto isso, assista a alguns vídeos:

Trailer de gameplay

E3 2013 Trailer

Take On Mars – Deimos Trailer

Poderá gostar também

Trackbacks/Pingbacks

  1. (Preview) Lifeless Planet: um planeta distante e... Guerra Fria - […] e este já é o segundo texto com temática espacial (o primeiro você pode ler aqui) que publico durante…

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Pin It on Pinterest