Gostaria de dizer logo de início que não sou nenhum expert em jogos de futebol, portanto, não deixem de levar em consideração este fato ao lerem este artigo. Este artigo também conta com minhas impressões a respeito de elementos que já fazem parte da franquia há algum tempo. Ou seja, digamos que este seja o texto de alguém que após muito tempo (15 anos) voltou a encarar uma série com seriedade. Aliás, nem mesmo no mundo real sou muito ligado a futebol, e minha última experiência de verdade com um título deste gênero aconteceu entre os anos de 1996 a 1998, quando joguei (bastante) FIFA 97 em meu saudoso Sega Saturn.

FIFA 13

Tive contato com FIFA 11 e FIFA 12, mas por algum motivo estes dois não me empolgaram nem um pouco, e acabei os encostando muito rapidamente. Já com FIFA 13, está acontecendo algo bem estranho: estou adorando o jogo. Um dos motivos para isto, aliás, é a narração de Tiago Leifert e Caio Ribeiro, claro, em português do Brasil. Muita gente anda criticando a narração em pt-BR neste último título da famosa série de futebol da Electronic Arts, mas eu confesso que gostei. E muito.

Além disso, é importante ressaltar que FIFA 13 marca a volta do português do Brasil à série FIFA, da EA, fato que por si só deve ser motivo de comemoração. É mais um jogo e mais uma empresa que não deixam de prestigiar nosso país, o qual representa um enorme mercado. E, venhamos e convenhamos, errar um passe fazendo com que a bola saia de campo pela lateral e ouvir de Leifert a frase: “- Belo passe para a placa do patrocinador”, é algo muito bacana. Me lembro que quando ouvi esta frase, o patrocinador, se não me engano, foi mencionado, mas não me lembro do nome do mesmo, infelizmente.

FIFA 13

E as outras frases engraçadas que Tiago e Caio soltam durante as partidas, então? Frases como, por exemplo, “- Ele estava ali, na banheira, tomando banho e passando sabonete”, ajudam a quebrar um pouco a tensão causada, de repente, por uma semifinal, por exemplo. Jogo videogame desde que era pequeno, e confesso que nunca tive problemas com o inglês. Isto melhorou bastante, é claro, depois que cresci.

FIFA 13 Game FaceMas mesmo assim não abro mão da narração do FIFA 13 em pt-BR, mesmo com quaisquer falhas que ela possa conter, pela narração em inglês ou em português de Portugal. Aliás, também não abro mão da dublagem de Diablo III em pt-BR, nem tampouco da de F1 2012. É sempre muito bacana ouvir nosso idioma nativo enquanto jogamos um título que nos provoca muita diversão. E que dizer, então, de quem possui grandes problemas com inglês? Estes jogadores certamente devem estar bem felizes com tudo isto (ou pelo menos uma parte deles).

E por falar em FIFA 13, minhas primeiras impressões sobre ele são muito boas. Desde FIFA 97 não explorava um jogo da franquia com tanta sofreguidão. Diversos modos de jogo e recursos no último título da EA Sports, aliás, me lembram de um jogo de estratégia. O modo “FIFA Ultimate Team (FUT)” é simplesmente fantástico, e já ouvi dizer que desta vez fizeram de tudo para que os problemas ocorridos anteriormente aí sejam esquecidos.

Colecionar as tais “figurinhas” que na verdade são, também, jogadores que podem ser utilizados em seu clube, trocá-las, participar da Casa de Leilões e, de repente, vender algo de sua coleção por um valor muito superior àquele que você desembolsou, é sempre muito prazeroso. Acompanhar como andam os lances, então, pode provocar uma ansiedade enorme (ou uma enorme tristeza, caso ninguém se interesse por seus itens). Criar seu clube, praticamente do zero, é também muito legal. É como se estivéssemos dando os primeiros passos em um RTS, tendo de lidar com gerenciamento de recursos, produzindo unidades, etc.

FIFA 13

Seu elenco pode ser mais ou menos entrosado, o que se reflete, é claro, no desempenho do grupo em geral. Jogadores que possuem preferência por uma determinada posição podem não se sair muito bem em outras (e até se sentirem descontentes), e o entrosamento do seu time pode ser melhorado se você prestar atenção a este fato. Até mesmo a proximidade, em campo, com craques de mesma nacionalidade pode ajudar a melhorar o entrosamento. Achei tudo isto simplesmente sensacional.

Ter de lidar com finais de contratos (inclusive do treinador) também é algo muito interessante e que motiva bastante o jogador que não busca somente as partidas, principalmente quando isto impede você de jogar a próxima partida antes que tais problemas sejam resolvidos (além de jogadores com lesões sérias).

FIFA 13

Bem, meu clube ainda está no início. Ele se chama “Cimerios online” (é, o jogo não aceitou o acento, pois deveria ser “Cimérios“) e, por enquanto, só disputou uma partida na temporada online (mas anda se mexendo bastante no offline). Vale ressaltar que aqui você também ganha XP, além de moedas, as quais, é claro, são extremamente úteis (lembre-se da Casa de Leilões).

O modo “carreira” é outro negócio fora de série. Você assume o papel de um treinador iniciante que é inclusive mencionado em diversas notícias. Negociar a compra e a venda de jogadores com outros times, podendo inclusive recusar ofertas, “fazer cera” ou até mesmo enviar contra-propostas é outro elemento que me deixou com aquele gostinho de jogo de estratégia na boca (ou nas mãos, não sei).

FIFA 13

O desempenho de sua equipe é sempre ligado ao seu como treinador, é claro, e você não deixa de ser malhado pela imprensa caso seus jogadores façam feio em campo. A diretoria do clube também envia constantes e-mails, e também fornece dicas e informações a respeito de propostas de compra recebidas.

Claro, eles não deixam de dizer quando estão insatisfeitos com seu desempenho. Clubes que aceitam suas contra-propostas, clubes que recusam suas propostas dizendo que “tal jogador é para eles muito valioso”, ou que “o preço oferecido é muito baixo” também ajudam a formar um show bem bacana. Ah, você também pode topar com contra-propostas, é claro, quando o valor que pediu por um jogador está acima daquilo que outros clubes esperavam com ele gastar.

Você, como treinador, tem de conviver com um orçamento e também pode solicitar verba extra à diretoria. O modo “carreira” é um dos mais interessantes, em FIFA 13. Jogadores podem pedir uma chance a você, para jogarem na próxima partida, e eles também não deixam de agradecer, caso seus pedidos sejam atendidos.

Conforme seu progresso como treinador (no meu caso, peguei logo de cara o gigante Barcelona), você começa a receber contatos a respeito de possíveis empregos como treinador de seleções. Obviamente, espere por seleções fracas, no início, mas tudo é muito bacana, e a impressão que temos é a de imersão total no mundo do futebol.

FIFA 13

Os gráficos de FIFA 13 estão simplesmente espetaculares. Ainda não vou escrever a respeito da jogabilidade nem tampouco a respeito de outros detalhes mais profundos. Como disse, estas são minhas primeiras (e superficiais) impressões a respeito do jogo, e não pude deixar de notar o quão interessantes são os modos de jogo “FIFA Ultimate Team” e “carreira”, e o quanto eles me lembram de um título de estratégia. Quem diria: eu, que raramente assisto a um jogo de futebol na vida real, me interessando por um jogo como FIFA 13 ao ponto de jogar mais de 2 horas seguidas.

Abaixo segue um vídeo de gameplay de um dos melhores momentos dos “Cimerios online”. O vídeo foi gravado através de recurso do próprio título, e o upload foi realizado para o “EA Sports Football Club”. Não sei ainda porque, mas tais vídeos não contam com áudio. Aliás, o sistema “Game Face” é fantástico (veja a imagem acima). Você pode realizar o upload de uma fotografia sua e deixar que o sistema a renderize. Claro, errei um pouco na determinação de alguns “pontos chave” solicitados pelo sistema, mas tudo bem.

Link para o vídeo:

http://www.ea.com/intl/football/videos/ugc/137827426

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest