A desenvolvedora Interwave Studios acaba de anunciar o lançamento de seu primeiro projeto comercial, o jogo Nuclear Dawn. O lançamento deverá ocorrer até a noite de hoje, 26 de Setembro de 2011, no Steam. A versão em caixa do game também está em pré-venda no site da Iceberg Interactive, com lançamento previsto para 14 de Outubro de 2011. Nuclear Dawn é um jogo interessantíssimo, que oferece ao gamer uma mescla de FPS com RTS. Neste título, o jogador pode tanto escolher uma classe, empunhar diversas armas e partir com tudo para o campo de batalha, quanto “trabalhar” com o lado estratégico, utilizando o “Commander mode” e guiando os soldados que estão no “FPS mode”, digamos.

Nuclear Dawn conta com gráficos muito bonitos, e faz uso da  Source engine. O game conta com 4 classes, duas facções (Consortium e The Empire), 6 belos e detalhados mapas e inúmeros ranks. Vale ressaltar também que o SDK do jogo será disponibilizado à comunidade de jogadores, e isto permitirá, como sabemos, a criação de muita coisa bacana, como por exemplo mapas extras. Este primeiro título da Interwave Studios, desenvolvedora independente sediada na Holanda, é ambientado em um futuro pós-apocalíptico, e todos os mapas existentes no mesmo apresentam ao jogador cenários desolados que lembram este “detalhe” a todo momento. O site oficial do game conta inclusive com alguns vídeo-tutoriais a respeito do mesmo.

Esta mistura de estratégia em tempo real com tiro em primeira pessoa é algo muito interessante. O gameplay de Nuclear Dawn é algo bem diferente, principalmente quando você acessa a interface do comandante. É bacana também o fato de ninguém ser obrigado a lidar com um ou outro gênero de jogo, dentro do título. Deseja se dedicar única e exclusivamente à parcela FPS de Nuclear Dawn? Sem problemas, mas você estará, aí, perdendo a chance de conhecer algo bem inovador e diferente. Comandar e/ou guiar, digamos, “unidades vivas”, é algo que pode ser realmente empolgante e proporcionar uma experiência anos luz à frente de outros RTS’s.

Espero que, juntamente com o lançamento do título, a Interwave disponibilize uma demo do mesmo, nem que seja uma demo com um tempo pré-determinado de duração, ou algo semelhante. Cada vez mais observamos novidades interessantes partindo não da “grande indústria”, e sim de estúdios independentes ou empresas pequenas.

Sinto que 2011, aliás, foi um ano muito bom neste sentido. Tivemos pequenas empresas tendo seus jogos publicados por empresas enormes, tivemos grandes indie games, tivemos games que inovaram bastante em seus respectivos gêneros, etc. Nuclear Dawn chega hoje. O que você acha deste lançamento e das novidades que ele trás consigo?

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest