Clash of Clans

Depois que o Artur me apresentou ao Clash of Clans, jogo nem que seja 10 minutos por dia. É, ando passando mais tempo com o iPad, ultimamente. Ok, 10 minutos de manhã, 10 minutos à tarde, 10 minutos à noite, e assim por diante. Claro, digo 10 minutos para simplificar as coisas, mas muitas vezes é bem menos do que isso, e talvez aí esteja um dos motivos que me levaram a mais uma derrota vergonhosa. Hoje.

Abaixo segue um vídeo de gameplay. Um vídeo que gravei justamente de um replay. Um replay exibindo o ataque de outro jogador à minha cidade. Um cidadão me atacou hoje, venceu facilmente minhas (poucas) defesas, entrou arrebentando com tudo com seus gigantes e levou meus recursos embora. Fico até meio envergonhado em publicar algo assim, mas, por outro lado, gostaria de mostrar a vocês o quão divertido é este jogo. 😀

O Artur, aliás, já publicou alguns diários de Clash of Clans (leia a parte 1 e a parte 2 – vale muito a pena), e com certeza está muito mais adiantado que eu, no jogo. Minha vila está meio “emperrada”. Não consigo atualizar as muralhas nem tampouco o centro da vila. Também não consigo mais inserir canhões. Tudo porque o centro da vila está desatualizado, sendo que preciso atualizar e construir mais coletores e armazéns de recursos (elixir e ouro).

O grande problema é que entrei em uma espécie de círculo vicioso (?), e uma coisa acaba exigindo a outra, como pré-requisito, sendo que esta última depende da primeira, etc e tal. Deu para entender? Bem, eu confesso que estou um pouco confuso também.

De qualquer forma, já estou atualizando o sistema de recursos e creio que dentro de algum tempo serei capaz de atualizar tudo o que for necessário para, então, melhorar minhas defesas, aprimorar meu exército, atualizar os muros e sair por aí destruindo as vilas de outros jogadores (ok, nem tanto).

Agora, passado algum tempo de jogo, percebo também que deveria ter prestado mais atenção à configuração da minha vila, à disposição das diferentes construções, etc. Clash of Clans, infelizmente, não permite que recomecemos, com uma nova vila, portanto, o jeito é sofrer mais e ir aprendendo aos poucos.

Mas o jogo é simplesmente sensacional. Um jogo de estratégia que apesar de parecer simples e casual, à princípio, é bem hardcore. E, vale sempre lembrar: ele é gratuito. Dê uma olhada no vídeo de gameplay e chore comigo. Veja o tal ataque bem sucedido (infelizmente) à minha vila:

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest