A Blizzard acaba de oferecer mais um presente aos gamers brasileiros. A partir de hoje seus jogos clássicos estão disponíveis em diversas lojas do Brasil. Em versão física. O mesmo acontece no México. Fãs das franquias da empresa agora podem comprar StarCraft e suas expansões, Warcraft III: Reign of Chaos e Diablo II talvez em uma loja bem perto de suas casas, quem sabe. Cada um dos jogos virá em uma embalagem de DVD, com o respectivo manual incluso. Todos possuem o preço sugerido para o Brasil de R$ 39,90, e StarCraft virá com a expansão StarCraft: Brood War, sendo que seu preço sugerido é de R$ 29,90.

Vale ressaltar o esforço da Blizzard em traduzir os manuais e as embalagens de StarCraft, Warcraft III: Reign of Chaos e Diablo II para o português do Brasil. O mesmo ocorre no México, aliás, onde a tradução foi feita para o espanhol da América Latina. Algo muito bacana também, e que vale a pena ser ressaltado, é o fato de que os gamers que realizarem a validação das chaves de ativação dos games no gerenciador de contas do Battle.net serão capazes de baixar o cliente do game correspondente nos vários idiomas disponíveis, incluindo o inglês. As compras também podem ser realizadas através do Battle.net, para quem preferir a comodidade da distribuição digital.

Um dos nossos objetivos sempre foi tornar nossos jogos acessíveis ao maior número de jogadores ao redor do mundo possível. O lançamento de Warcraft III, Diablo II e StarCraft nas lojas de todo o Brasil e México é mais um passo importante na concretização deste desejo. Estamos muito satisfeitos com a oportunidade de apresentar a novos jogadores destes países os títulos que ajudaram a construir as bases de World of Warcraft, StarCraft II e Diablo III“, afirmou Paul Sams, COO da Blizzard Entertainment.

Resumindo, em uma palavra: fantástico. Capas e manuais em português, opção de compra “em caixa” ou digital e preços fantásticos. A Blizzard mais uma vez mostra a todos que o Brasil é um mercado e tanto. E o que é melhor, não só mostra como fornece ao jogador aquilo que ele deseja: atenção, esmero e respeito, dentre outras coisas.

Se outras desenvolvedoras e/ou publishers também pensassem desta forma e criassem, por exemplo, filiais em nosso país que atuassem da mesma forma que a Blizzard Brasil atua, teríamos um cenário gamer nacional muito mais forte e sadio. É isso aí. Como disse Paul Sams, agora todos os brasileiros podem conhecer os jogos que forneceram os alicerces para World of Warcraft, StarCraft II e o vindouro Diablo III. E pagando um preço mais do que bacana.

Pin It on Pinterest