O fantástico título da 2K Games detém, neste momento, a posição de título mais vendido no Reino Unido, sendo imediatamente seguido por Kane & Lynch 2: Dog Days. Mafia II possui lá suas semelhanças com o game da IO Interactive, pelo menos no quesito “um game de bandidos cuja história é contada a partir da perspectiva dos mesmos”. Entretanto, apesar de já ter jogado os dois (na verdade finalizei apenas o Kane and Lynch 2, por enquanto), aprecio muito mais a profundidade proporcionada pelo enredo do belíssimo jogo ambientado na fictícia Empire Bay.

Mafia II consegue fazer com que o jogador se emocione, em determinados momentos. Perda, ódio, visão nua e crua das mais variadas mazelas humanas, morte, felicidade e depressão são apenas alguns dos inúmeros e impactantes conceitos e sentimentos apresentados por este game que, sem sombra de dúvidas, merece ocupar o primeiro lugar nas vendas por um bom tempo. Não só no Reino Unido, mas em diversos outros lugares do mundo.

Aliás, não se trata somente de “ocupar lugar”, mas sim de fazer com que muita gente enxergue o valor desta obra prima que, apesar de algumas pessoas dizerem o contrário é, sim, com certeza, um game que possui enorme valor. Belo, divertido e repleto de ação e personagens dotados de enorme personalidade: Mafia II consegue prender o gamer de uma maneira absurda.

Me pergunto quem venderá mais, passados alguns meses: Mafia II ou Kane & Lynch 2: Dog Days. Possivelmente este último, título também fantástico e divertidíssimo. Digo isto porque o jogo da IO Interactive possui algo que Mafia II não possui (e nem precisa, em minha opinião): modos multiplayer, os quais com certeza aumentam sua “durabilidade”.

Entretanto, apesar de gostar muitíssimo dos dois jogos, estou preso à história de Mafia II e me pergunto onde tudo aquilo vai parar, pois ocorrem tantas reviravoltas, e tantos acontecimentos que mudam o curso da história acontecem, que fico me perguntando onde o Vitto e o Joe vão parar ou, melhor, no que eles irão se transformar, e como isto mudará ou não a vida e a história das “famílias” que dominam o crime organizado em  Empire Bay.

Aliás, vou confessar uma coisa a vocês: em determinadas missões, perco muito tempo “trocando” de carro durante o percurso, e passeando pela cidade. 🙂

(Via: VG247)

Pin It on Pinterest