Box Call of Duty ClassicÉ, vida de gamer brasileiro não é fácil. O Major Nelson anunciou o lançamento de Call of Duty Classic, como um XBLA, e aconteceu o que todos aqui no Brasil já meio que esperavam: “bloqueio”.

Quem tentar comprar o game tanto via Xbox 360 quanto via Marketplace, receberá a velha e conhecida mensagem dizendo que o conteúdo não está disponível em nossa região. Engraçado, né. Quer dizer, é pra chorar.

Dessa vez, nem acordando cedo e aproveitando os primeiros momentos do lançamento (como fiz com o DLC “Dark Corners” para Gears of Wars 2) deu certo.

Bloqueio na certa

Já lançaram bloqueado. Até quando, Microsoft? Temos um Kit Nacional e usamos a Live (a norte americana, mas usamos). E não podemos baixar determinados conteúdos? Pensei que, por se tratar de um XBLA, estaria liberado. Ledo engano.

Mas esta não é a primeira nem será a última vez em que o gamer brasileiro é tratado com desrespeito. Hum, será que o uso desta palavra aqui é um pouco exagerado? Talvez, tendo em vista, por exemplo, o que vou dizer abaixo. Mas merecíamos pelo menos um mínimo de empenho da Microsoft em sanar estes problemas ou, pelo menos, explicações quando este tipo de coisa ocorre.

Será que não querem vender?

Pois pagamos pelo console (caro), pagamos por jogos originais, pagamos por DLC’s, pagamos a assinatura da Live, podemos comprar um monte de XBLA’s, e podemos também comprar qualquer item no tal mercado de acessórios para avatares na Live.

Mas muita coisa ainda tem que mudar para sermos incluídos no “primeiro escalão” dos gamers, e não acho que a vinda da hipotética Live Brasil irá mudar esta situação, pois esbarra-se em questões muito diversas e amplas ao liberar-se ou não um game para determinadas regiões; licenciamento, por exemplo. Mas questões financeiras, também (será este o cerne da questão?).

Fazer o que, é a vida. Pelo menos, vou economizar os Microsoft Points que restam na minha conta. 🙁

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest