A Microsoft tinha um intuito, durante a CES 2010, ao definir a data de lançamento do Projeto Natal para Dezembro de 2010: mostrar ao mundo, aos desenvolvedores e às distribuidoras que o mesmo era algo real e tangível, e que todos já podiam adquirir seus “developer kits” da Microsoft e iniciarem o desenvolvimento de games que utilizarão o Projeto Natal.

O resultado disto, segundo Robbie Bach, presidente da divisão de entretenimento e dispositivos da Microsoft, é que agora de 70 a 80% das empresas do ramo (desenvolvedoras, distribuidoras, etc) já estão trabalhando em jogos baseados no Projeto Natal.

Além disso, segundo Bach, a Microsoft quer lançar primeiramente alguns títulos ela própria, para meio que mostrar o caminho à sua enorme rede de parceiros, em um ciclo onde ambos serão beneficiados, pelo que tudo indica.

Haverá, é claro, uma enorme troca de experiências, um compartilhamento grandioso de conhecimento e muita coisa mudará (espero que para melhor 🙂 ), no mundo dos games.

Alfinetadas na Nintendo

Bach também não deixou de dar uma alfinetada na Nintendo, ao dizer que existe muita força ainda no Playstation 3 e no Xbox 360, mas que a Nintendo não pode dizer o mesmo a respeito do Wii, citando os problemas relativos à parte gráfica que a BigN ainda tem que resolver em seu console.

Finalizando

Bom, alfinetadas à parte, é óbvio que todos esperavam por algo assim na CES 2010 ou em qualquer outro hipotético e futuro evento similar, por parte da Microsoft. O Projeto Natal agora tem uma data de lançamento, mais detalhes vão sendo revelados a cada dia que passa, e desenvolvedores e distribuidores já têm em mãos, com certeza, tudo o que precisam para começar a trabalhar em cima de games “Natal based”.

Pois, é óbvio que lançar um periférico deste porte sem lançar pelo menos alguns games por ele suportados é meio que uma furada, além de ser um desrespeito para com o consumidor, não é? 🙂

(Via: Gamasutra)

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest