Review Shadow Complex

Sobre os Mini Reviews no XboxPlus

Bom, pessoal, estamos dando início aqui no XboxPlus à utilização/criação de “mini reviews“. Não se trata de nada rebuscado, entretanto. Trata-se, isto sim, apenas de nossas opiniões sobre os jogos a respeito dos quais iremos comentar e que estamos jogando ou que já tenhamos jogado.

Observações sobre o desenvolvimento dos games, curiosidades, jogabilidade, enredo, etc: enfim, é isso. Esperamos que todos apreciem, e o jogo que vai iniciar a série é o fantástico “Shadow Complex“. Iremos testar alguns “modelos” de reviews, no início, até encontrarmos um que se adeque ao que esperamos. Esperamos, também, que todos apreciem. 🙂

Sobre o lançamento e o impacto

Shadow Complex foi um daqueles games que aguardei com ansiedade. Eram vídeos e mais vídeos, imagens e mais imagens, notícias e mais notícias, prévias e mais prévias que eu visualizava/lia todos os dias: todos recursos audiovisuais que me faziam compreender que aquele seria, talvez, o XBLA do ano, o mesmo que Braid foi para 2008, ou mais.

Parece que Shadow Complex e Trials HD definiram um novo patamar de qualidade para jogos vendidos na Live, e qualquer coisa abaixo disso, agora, talvez seja difícil de emplacar. O Xbox 360 e sua rede e comunidade careciam (e mereciam) de jogos com tal qualidade, que, à primeira vista, parecem jogos retail, vendidos em caixinha.

Sobre o desenvolvimento

Shadow Complex foi desenvolvido pela “Chair Entertainment” em parceria com a “Epic Games“, a mesma produtora de Gears of War e responsável pelo desenvolvimento da famosa e muito utilizada “Unreal Engine”; aliás, Shadow Complex também faz uso da Unreal Engine.

ShadowComplex_Screen

Todos afirmam que Shadow Complex possui muitas características da série Metroid/Super Metroid. Quando a isto, entretanto, nada posso comentar porque, infelizmente, não tive o privilégio de jogar estes famosos games. Não sei como, mas não escondo o fato. 🙁 Mas o fato é que as duas produtoras fizeram um trabalho impecável.

Gráficos e jogabilidade

Shadow Complex está num meio termo entre o 2D e o 3D. Creio que podemos chamar de 2,5D. O cenário é totalmente em 3D, e os inimigos se movimentam também em três dimensões. Entretanto, nosso personagem se movimenta em 2D, ou seja, para frente e para trás, além dos pulos e escaladas. Mas isto não tira a mágica do jogo, nem tampouco prejudica a jogabilidade: muito pelo contrário.

Se determinado inimigo está em um plano diferente do nosso personagem, por exemplo, digamos que ao fundo da tela, basta movimentarmos o analógico esquerdo para cima que a mira será automaticamente direcionada para o tal. Para inimigos no mesmo plano não há segredo. Para cima, para baixo, para frente, etc. Foi executado um trabalho excelente nesta parte, que torna a movimentação e a mira muito fáceis.

Aliás, sobre a mira, vale ressaltar que o analógico direito funciona como uma mira. Ao movimentá-lo, algo como uma “mira laser” aparece, e podemos então mirar com maior precisão.

Enredo

Sobre o enredo, não há muito o que dizer. Este é até que meio fraco. O personagem principal, Jason, e sua namorada, estavam numa boa até que a garota resolve explorar algumas cavernas sozinha. Como a menina não retorna, Jason resolve ir em sua busca, e acaba presenciando a prisão da mesma por alguns indivíduos (militares) desconhecidos.

Shadow Complex - Jason

Assim que os mesmos desaparecem por uma porta, levando sua namorada, Jason entra pela mesma e acaba descobrindo um enorme e estranho complexo militar subterrâneo, pertencente a uma organização que, segundo as conversas que Jason ouve, pretende desencadear uma série de ataques aos Estados Unidos da América. A partir daí, é aquela velha história de um homem sozinho contra um exército, em busca de sua garota. Nada muito original, mas o que nos prende ao jogo não é o enredo, e sim o próprio jogo em si, o conjunto, suas novidades, sua jogabilidade, as lutas, etc.

Jogando Shadow Complex

Jogar Shadow Complex é uma experiência fascinante. O mapa é enorme, cheio de passagens secretas acessíveis mediante a utilização da “coisa certa”. Explico: Jason possui uma lanterna, que além de auxiliá-lo nos momentos mais escuros de sua vida (que tocante 🙂 ), mostra a verdadeira cor de determinados objetos, portas, alçapões, etc, os quais devem, então, ser destruídos através da arma correta. Por exemplo, objetos/portas verdes devem ser destruídos com uma granada. Vermelhos, com mísseis. Amarelos, com tiros. E por aí vai.

Jason vai adquirindo armas e objetos conforme seu progresso no jogo. São metralhadoras, lança-mísseis, granadas, etc. Isto sem falar na armadura, que dá um toque todo especial ao personagem, além de fazê-lo mais resistente. É necessário perambular bastante pelo mapa para encontrar, aos poucos, todos os itens da armadura, até que Jason fique completamente “coberto”.

Shadow Complex

A armadura dá alguns poderes especiais ao nosso personagem, tais como, por exemplo: alta velocidade (segurando o botão “X“), pulos bem altos, um gancho que pode ser utilizado para subir em objetos e paredes, etc. Ao acessar o mapa, você pode também acessar a legenda do mesmo, e aí então compreender o que são os inúmeros símbolos exibidos no mesmo. Desta forma, então, você pode planejar suas andanças de forma a encontrar os ítens que precisa, as peças faltantes da armadura, etc.

Algo muito legal são os “especiais”. Ao se aproximar de um inimigo e apertar “B“, a câmera se aproxima da cena e mostra Jason executando uma série de golpes muito legais no inimigo, levando-o a nocaute rapidamente. Isto é muito interessante quando você encontra algum inimigo distraído pelo caminho, por exemplo, além de levar à obtenção de uma conquista após determinado número de “nocautes”.

Shadow Complex

Existem momentos em que você nada, e estes são ainda mais extasiantes depois que você adquire uma máscara que permite respirar debaixo d’água. A movimentação do personagem debaixo d’água é perfeita. Os tiros e explosões, idem. Tudo é muito bem bolado, e existem momentos em que não dá vontade, realmente, de sair da água.

Existe um guia no mapa que diz a direção que você deve tomar, mas em determinado momento este desaparece, e aí, é com você. Exploração pura, e adrenalina a 1000%. 🙂

Finalizando

Jogar Shadow Complex é uma experiência única. É um jogo obrigatório a qualquer dono de um Xbox 360. Belos gráficos, jogabilidade simples, dificuldade crescente e uma experiência simplesmente viciante.

E ainda existe o fator “dublagem”. O game assume automaticamente o idioma da dashboard de seu Xbox 360 (como de costume), e então você pode conferir as vozes dos personagens em português. De Portugal, mas em português! 🙂

Caso você sinta dificuldade em compreender o sotaque lusitano, você ainda pode ativar as legendas. E lembre-se: não deixe de conferir, pelo menos o demo do game. 🙂

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest