The Elder Scrolls V: Skyrim realmente é um jogo gigantesco, além de belíssimo, imersivo e verdadeiramente viciante. E ele pode ser maior ainda, pois Morrowind e Cyrodiil foram nele inseridas. É como se a Bethesda tivesse deixado muitas coisas escondidas no jogo, elementos que poderiam ser descobertos pelos mais curiosos. E não duvido nada de que muita coisa interessante ainda vai ser descoberta neste último título da série.

Como se já não bastasse o tamanho descomunal de Skyrim, inclusive devido a seu sistema de geração de quests (“Radiant Story System“) que funciona de forma dinâmica e fornece missões conforme as ações do jogador, agora sabemos que há muito mais a ser explorado, além daquilo que imaginávamos. O gigantesco tomou proporções ainda maiores. Descomunais, eu diria.

Um jogador descobriu uma maneira, na versão PC de Skyrim, de ir além daquilo que é oferecido de forma normal pelo jogo, através de uma estrutura que parecia ser uma espécie de portão, a qual está situada no sudoeste do mapa do jogo. O jogador descobriu que ali existia uma parede invisível, mas conseguiu atravessá-la (veja abaixo). O feliz, curioso e paciente rapaz finlandês acabou descobrindo que nada mais nada menos que Morrowind e Cyrodiil, duas províncias de Tamriel já conhecidas através dos dois títulos anteriores da série The Elder Scrolls, estão presentes em The Elder Scrolls V: Skyrim.

O visitante curioso encontrou imagens em baixa resolução, durante a visita. Ele também pôde visualizar alguns detalhes bem interessantes, como a Red Mountain, em Vvardenfell, além da White Gold tower, bem no meio da Cidade Imperial de Cyrodiil. Ou seja, uma parte muito maior de Tamriel está inclusa em Skyrim, além desta última região. Isto abre diversas possibilidades, e nem sei se DLC’s seriam um próximo passo, até mesmo porque o jogo é enorme por si só, e Todd Howard, da Bethesda, já disse que a empresa não lançará muitos para o jogo, e quando o fizer, eles serão “maiores e mais substanciais“.

Entretanto, o fato de DLC’s talvez não serem o próximo passo, não significa que eles não existirão, e nem tampouco isto foi afirmado por Howard. O jogador que fez a descoberta tem duas idéias em mente: estes locais poderiam ter sido introduzidos no game já pensando nos futuros DLC’s ou também pensando na comunidade de “modders”, o que é, para mim, algo muito mais interessante.

Vale lembrar que Morrowind e Cyrodiil somente podem ser acessados/visualizados em Skyrim através da utilização do cheat “No-clip“, o qual permite que o jogador atravesse paredes, voe, etc. Isto é algo realmente sensacional. Quando vejo este tipo de coisa acontecendo com/em jogos eletrônicos fico muito interessado. É como se existisse realmente um mundo, ali, apenas aguardando por viajantes corajosos. Isto reforça ainda mais a grandiosidade de Skyrim, além de, também, assustar determinados jogadores, quando estes pensarem no tamanho do jogo e no que ainda pode vir pela frente.

Mas eu vou é continuar minhas aventuras como um Dragonborn.

(Via: G4TV)

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest