E lá vamos nós comentar a respeito de mais um jogo da bitComposer. A desenvolvedora sediada na cidade de Eschborn, na Alemanha, e a publisher Viva Media, acabam de anunciar o game “The Rockin’ Dead”, o qual será lançado em 31 de Maio de 2011, para PC, e custará US$ 19,99. Trata-se de um jogo que mistura horror e humor (mais deste último item, é claro), repleto de aventuras e gráficos muito bonitos.

“The Rockin’ Dead” é um point-and-click no qual é possível explorar os ambientes totalmente em 3D, mediante a combinação da tecnologia Anaglyph 3D com os óculos 3D inclusos na caixa do jogo. Este fato certamente permitirá uma experiência riquíssima de jogo, dentro de um estilo que já é sensacional por si próprio, e havia meio que sido deixado de lado há até algum tempo atrás. É sempre muito bom acompanhar o lançamento de um point-and-click, ainda mais de um com as peculiaridades de “The Rockin’ Dead”.

A protagonista, Alyssa, faz parte de uma banda de rock chamada “Deadly Lullabyes”, cujas outras componentes se chamam Cassandra e Sahara. Elas recebem um convite anônimo para realizarem um concerto em determinado local, preparam sua van e se lançam na estrada. No caminho, entretanto, elas sofrem um estranho acidente e quando Alyssa acorda todo o equipamento desapareceu, bem como Cassandra e Sahara. Vale ressaltar que “The Rockin’ Dead” também permite a jogabilidade em 2D, normalmente, sem a utilização dos óculos 3D.

Este título da bitComposer conta com diversas criaturas estranhas: mortos-vivos, esqueletos, etc. O jogo oferece gráficos muito bonitos, e mesmo se os jogadores não puderem experimentá-lo em sua plenitude, ou seja, em 3D, creio que ainda assim a experiência será muito interessante. Games que conseguem capturar a atmosfera de um filme B de horror são sempre interessantes. A mistura de humor com “pseudo-horror” sempre é capaz de provocar muitas risadas, e parece que isto irá ocorrer com “The Rockin’ Dead”.

O jogo contará com mais de 20 NPC’s, todos eles dublados por profissinais que, segundo a desenvolvedora, conseguiram inserir muito humor nos diálogos. Puzzles também estarão presentes em “The Rockin’ Dead”, e no inventário é possível combinar-se mais de 120 ítens, o que demandará habilidade e lógica. Este é um daqueles jogos verdadeiramente intrigantes. Mal posso esperar para ver.

Ainda vou verificar com a publisher se “The Rockin’ Dead” será lançado também digitalmente, para facilitar as coisas, mesmo que percamos a experiência em 3D.

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest