Puxa, escrevi há poucas horas atrás a respeito da revelação de Need for Speed: The Run, pela EA, e acabo de receber um press release a respeito, com maiores detalhes, o qual me permite, então, escrever um artigo mais, digamos, profundo, a respeito do novo título da famosa série de jogos de corrida Need for Speed. A EA está tratando o vindouro game realmente, pelo que parece, como um título baseado em um enredo. “Race for their lives”, menciona o press release.

Segundo a EA, Need for Speed: The Run oferecerá altas doses de adrenalina. Será um game que oferecerá aos jogadores a oportunidade de cruzarem os Estados Unidos, de São Francisco a Nova Iorque. O submundo das corridas ilícitas está de volta, aliás. Pelo que tudo indica, iniciar uma corrida é apenas o início de uma grande experiência. Muita velocidade, explosões, corridas em meio ao tráfego urbano também fazem parte do “pacote”. Algo fantástico, aliás, é que em Need for Speed: The Run será utilizada a engine Frostbite 2, da DICE. Já imaginou o que isto poderá proporcionar? O nível de danos que os carros e os ambientes poderão sofrer?

A EA promete gráficos impressionantes e física apuradíssima, além de um enredo envolvente. É, temos aqui um jogo de corrida que irá possuir foco em seu enredo. Ainda não se sabe a profundidade de tal enredo, mas este fator pode levantar muitas hipóteses interessantes, e transformar um “simples” game de corrida em algo muito mais complexo e cativante. É, segundo a própria publisher: “all the way from the Golden Gate Bridge to the Empire State building“.

Este é o ano em que Need for Speed vai para o próximo nível“, diz Jason DeLong, produtor executivo da EA. “Acreditamos que Need for Speed: The Run vai surpreender as pessoas com sua história intensa, emocionante e repleta de ação. Mas o game não seria nada sem os carros quentes e as loucas e rápídas perseguições. Então, isto é o que nós estamos entregando – corridas explosivas que irão permitir que os jogadores flertem com o desastre a 200 milhas por hora“, continua DeLong.

Uma história bem imersiva é prometida, bem como um mundo sem limites de velocidade, regras ou aliados. Isto pode até já ter sido visto, total ou parcialmente, na série, em alguns de seus títulos, mas parece que agora a EA realmente quer trazer a série de volta aos seus eixos. Vale ressaltar também que o sensacional sistema Autolog, introduzido em Need for Speed: Hot Pursuit, também estará presente em Need for Speed: The Run. Portanto, espere por um game sociável, e divertidas competições e comparações com seus amigos.

The run está em desenvolvimento pelo estúdio EA Black Box, o qual já trabalhou em diversos títulos da série, como por exemplo Need for Speed: Undercover. Ele será realmente lançado em 15 de Novembro de 2011, para Xbox 360, Playstation 3, PC, Nintendo Wii e 3DS.

É, agora sabemos realmente do que se trata. Me parece realmente um bom jogo. Espero que não fiquemos somente com promessas, e que Need for Speed: The Run seja um game que realmente nos traga satisfação, da mesma forma que os recentes SHIFT 2 Unleashed e Hot Pursuit. Pelas palavras de Jason DeLong, ainda consigo meio que perceber uma certa pressa em “ajustar” a série. Em retomar sua grandiosidade. Isto não é nada mau, desde que tudo seja cumprido à risca. Aliás, agora fiquei empolgado. 🙂

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest