Mais uma do ditador presidente venezuelano. Em seu programa semanal “Alo Presidente”, transmitido pelo rádio, ele disse que “aqueles jogos que eles chamam de ‘Playstation’ são veneno“.

Não se sabe, entretanto, se ele estaria criticando o console da Sony ou os games em si, porque ele parece generalizar a coisa toda.

Ele ainda disse que qualquer game onde os jogadores “bombardeiem cidades ou apenas joguem bombas, são vendidos por países capitalistas procurando promover a necessidade de cigarros, drogas e álcool, para que possam então vendê-los“.

Em Outubro passado uma lei proibindo a venda de games violentos foi aprovada na Venezuela, sendo que os infratores podem pegar até 5 anos de cadeia. Chavez inclusive já disse que a Nintendo promove o egoísmo, o individualismo e a violência.

Ao que parece, por enquanto só a Microsoft escapou das críticas de Hugo Chavez. Talvez a Venezuela seja um mercado interessante para o Xbox 360, desde que, é claro, a incidência de 3 RL’s não seja muito grande naquele país. 🙂

(Via: IGN)

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest