Descenders é um título capaz de provocar reações bem diversas, dependendo de nosso estado de espírito ao jogá-lo. Você pode se deliciar ou pode ficar bastante irritado, e devemos também levar em consideração seu apreço por títulos com elementos roguelike.

No jogo do estúdio holandês RageSquid, você é um piloto de mountain bike que deve descer montanhas a altíssimas velocidades e ainda realizar uma série de acrobacias durante a empreitada. Atualmente em “Early Access” no Steam, o jogo encontra-se, entretanto, em um estágio de desenvolvimento bastante avançado. Segundo os próprios desenvolvedores, o único motivo dele ter sido lançado em Acesso Antecipado é a obtenção do feedback da comunidade de jogadores, o qual será usado para a implementação de recursos adicionais.

Descenders conta com pistas geradas proceduralmente, além disso, o que significa que você nunca irá experimentar o mesmo trajeto novamente. A maneira como cada pista é construída, além disso, leva em consideração alguns elementos bem interessantes: maior ou menor grau de inclinação (o quanto a pista será íngreme), curvas mais fechadas ou mais abertas e o quanto de espaço haverá para as acrobacias, o que será traduzido em forma de presença de obstáculos, rampas e elementos do tipo.

Descenders

Como já dito acima, trata-se de um game com elementos roguelike. Descenders funciona assim: são 4 áreas disponíveis inicialmente, sendo que apenas a primeira encontra-se totalmente desbloqueada. Pilotando sua bike, você tem inicialmente 4 vidas e um objetivo bônus para realizar. Chegue ao final da pista sem cair/bater uma única vez, e você ganhará acesso à pista seguinte. Realize o objetivo bônus, e você ganhará uma vida extra. Cada área conta com cerca de 5 ou 6 pistas, vale ressaltar.

Vale lembrar também que ao “morrer” você perde vidas. Perdendo todas as suas vidas, tudo recomeça, desde o princípio, em cada uma das áreas (e você também retorna à primeira área caso tenha avançado). Ou seja, manobras mal sucedidas, quedas, batidas e coisas do tipo “drenam” suas vidas e jogam seu personagem de volta para o início de tudo. É, é mesmo um roguelike.

Descenders

O conjunto de pistas que forma cada área conta com uma espécie de “objetivo supremo”, sempre na última pista. Realizando-o 3 vezes consecutivas, você libera acesso irrestrito à próxima área, ao próximo conjunto de pistas (trata-se de um atalho permanente). Ou seja, você poderá jogar as pistas daquele circuito à qualquer momento, sempre que desejar, e sem passar por todo o processo de teste novamente. Trata-se de uma tarefa hercúlea, entretanto, devo avisar.

Dentre os objetivos bônus em cada pistas, temos, por exemplo, a realização de diversas manobras, (backflip, 360, etc), e também a conclusão de aterrissagens, sem quedas, além da finalização da pista dentro de um certo período de tempo (por exemplo: 35 segundos). Você pode tranquilamente atravessar todas as pistas sem realizar nenhuma manobra, nem mesmo as bônus – mas fique ciente de que ao assim agir, você deixa de ganhar pontos, não ganha reputação, perde vidas extras e também deixa de experimentar um dos lances mais legais do game.

O jogo também conta com um sistema de leaderboards e reputação, sendo que ele é bem cruel neste quesito: finalize as diversas pistas da melhor maneira possível, e veja sua reputação subir, veja sua pontuação aumentar. Cometa erros, bata ou caia, e veja sua reputação cair, além dos pontos serem subtraídos (isto além do risco de “morte”, obviamente).

Descenders

As pistas do jogo são repletas de obstáculos e dificuldades (e lembre-se, tudo é gerado de forma procedural): árvores, rochas, rampas, trechos íngremes, curvas acentuadas, etc. Os gráficos são muito bonitos, a sensação de velocidade é extrema, muitas vezes, e a opção depth of field ligada deixa tudo mais interessante ainda.

As sessões podem acontecer de dia e de noite, em regiões montanhosas muito bonitas, valendo também a pena lembrar que é possível ir para qualquer lugar, sem permanecer preso ao traçado de cada pista. Não há muito o que fazer fora dos traçados, mas você pode também, assim, evitar determinados obstáculos que estejam causando dificuldades, a fim de poupar as valiosíssimas vidas.

Descenders

Talvez devido ao fato de ainda estar em Early Access, existem alguns problemas com a maneira como as pistas são geradas. Em determinada sessão, eu deveria realizar dois backflips – e, no entanto, a pista em questão não possuía nenhum trecho íngreme, nenhuma rampa, nada que me permitisse concretizar a manobra. Resultado: cheguei ao final da pista sem concluir o objetivo bônus – uma vida extra a menos.

Vale ressaltar que existem diversos checkpoints espalhados pelas pistas em Descenders, mas o uso deles zera a contagem de manobras. Ou seja, digamos que você já havia realizado 1 de 2 backflips necessários: ao utilizar o checkpoint (após cair), a manobra já realizada deixou de existir – você terá de começar tudo de novo. Cruel, não?

Descenders

Não existem modificadores, em Descenders. Nenhum tipo de powerup, também. Nada do tipo. Tudo deve ser feito na raça. Cada manobra deve ser aprendida através de tentativa e erro, sendo que existe uma área inicial de testes, onde tudo é permitido, e onde você pode e deve praticar à vontade.

O jogo da RageSquid me lembra até um pouco da série Trials, da RedLynx. Obviamente, temos aqui muito mais velocidade, muito mais espaço para manobras e ambientes totalmente em 3D, elementos inexistentes nos vários Trials já lançados. Descenders é um jogo focado na realização de manobras: você pode até mesmo desconsiderá-las, mas aí a essência é perdida e você perderá também elementos essenciais para seu progresso.

Descenders

Descenders é um jogo adequado para amantes de um bom desafio, para quem gosta de títulos com elementos roguelike, a todos aqueles que apreciam velocidade sobre duas rodas. Confesso que me sinto um tanto quanto amedrontado devido a seus elementos roguelike: sim, o jogo é cruel, perder todo o progresso adquirido é bastante fácil, perder reputação e cair nas leaderboards pode ser também extremamente simples e rápido, e na sanha de vencer acabamos cometendo erros infelizmente graves e imperdoáveis.

Se você desconsidera tudo isso, entretanto, e/ou se todos estes elementos não te perturbam tanto, o título pode te agradar imensamente, e proporcionar horas e horas de desafios, saltos mirabolantes, manobras insanas e velocidade fantástica.

Dê uma olha olhada em um trailer do jogo:

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest