Arkham Origins

Como se a recepção razoável de Batman: Arkham Origins não fosse o bastante, a Warner Bros. Games Montreal anunciou que não tem planos para corrigir as falhas que impedem vários jogadores de dar prosseguimento nas aventuras do homem morcego. Ao invés disso, eles preferem criar novos DLCs para o jogo. E isso não é uma observação pessoal: eles realmente falaram isso, enfurecendo centenas de compradores e redefinindo a expressão “tiro no pé”.

O gerente de comunidade da empresa comunicou que “a equipe está trabalhando pesado nos próximos DLCs de história e não tem planos para lançar outro pacote de correções para resolver os problemas reportados no fórum”. Ainda segundo ele, se houver mesmo um novo patch, ele só será feito para corrigir os bugs que impedem o progresso no jogo e apenas estes. “Os problemas que não bloqueiam o progresso não serão corrigidos”.

A declaração polêmica mostra que a empresa tem conhecimento sobre os problemas mas ao mesmo tempo revela que não há intenção de corrigi-los. Na prática, a desenvolvedora simplesmente larga os jogadores à própria sorte. É mole?

Defeitos de progressão, como ficar preso em ambientes e “cair” infinitamente através do mapa, afetam compradores desde o lançamento de Batman: Arkham Origins, em outubro do ano passado. Alguns completaram o jogo sem enfrentar dificuldades, enquanto outros estão impedidos de assim fazê-lo devido às falhas que a Warner Bros. Games Montreal preferiu simplesmente ignorar.

Quer correções? Melhor ir abrindo o bolso aí, amigo.

Artur Carsten

Catarinense, amante da música eletrônica, estudante de medicina e jogador nas inexistentes horas vagas. Ocasionalmente, escreve artigos e coloca em dia a pilha interminável de jogos comprados em promoção no Steam. Já passou pelo Campo Minado, Continue, Guia do PC, Gemind e Oxygen e-Sports.

Twitter  

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest