A desenvolvedora japonesa Grounding anunciou que obteve a licença de uso da Unreal Engine 3, da Epic Games, para o desenvolvimento de seu próximo game, Project Draco. Este game, aliás, será um “Kinect game“. O título foi exibido durante a  Tokyo Game Show 2011, e deverá ser lançado na Xbox Live, em 2012. A data exata de lançamento ainda não foi confirmada.

Fico aqui pensando o que poderá sair daí. Project Draco será um game em 3D no qual os jogadores voarão e participarão de batalhas montados em dragões. É inegável o poder da Unreal Engine 3, e as primeiras screenshots divulgadas mostram ambientes bem interessantes. Entretanto, sempre me pergunto a respeito da jogabilidade e da experiência, nestes títulos para o Kinect. Será algo, digamos, confortável de se jogar ou divertido?

Trata-se do primeiro game em alta definição desenvolvido pela Grounding, e Yukio Futatsugi, diretor da empresa, não deixou de mencionar o fato de que diversas opções foram consideradas, mas a UE3 acabou se mostrando a melhor opção. O desenvolvimento de Project Draco foi iniciado em Setembro de 2010, e a Grounding conta com uma equipe de apenas 15 pessoas. Mesmo com minhas ressalvas a respeito do Kinect, fiquei curioso a respeito deste título. Esta curiosidade, entretanto, não vai muito longe. Principalmente quando me lembro de “meu amor por teclados, mouses e gamepads”.

Trata-se também da primeira vez que o estúdio japonês utilizará uma engine do porte da Unreal 3, e o suporte da Epic Games do Japão foi mencionado como fator fundamental para a adaptação da equipe da desenvolvedora, segundo Futatsugi. Já Taka Kawasaki, gerente da Epic Games do Japão, diz o seguinte: “A Unreal Engine 3 é geralmente vista como uma solução para uma grande equipe trabalhando em um título com um grande orçamento, especialmente no Japão. O Project Draco fornece um grande exemplo de como estúdios menores podem desfrutar plenamente do poder da Unreal Engine 3. Foi especialmente impressionante observar a Grounding dominando as capacidades do Unreal Kismet, nosso sistema de scripting  visual, para criar complexos e interligados ‘caminhos de vôo” para dragões e inimigos jogáveis, em um espaço tridimensional. O Sr. Futatsugi sempre entregou games legais, com configurações e design de jogo originais, tais como ‘Panzer Dragoon’ e ‘Phantom Dust’, e eu mal posso esperar para ver o novo mundo que ele trará à vida com a Unreal Engine 3.”

É, não sei. Talvez trate-se de mais um título que os apreciadores do Kinect irão gostar bastante. Joguei Panzer Dragoon no Sega Saturn, e gostei da experiência. Mas como se dará o controle dos dragões em um game para o Kinect? Como os jogadores jogarão Project Draco? Acredito que não é ainda desta vez que um título me fará comprar o sensor da Microsoft, mas de qualquer forma, fica aqui a dica.

OBS: o nome do jogo pode mudar até o lançamento, é claro.

Abaixo seguem mais algumas screenshots de Project Draco:

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest