DogFighter, título de combate aéreo desenvolvido pela irlandesa Dark Water Studios, é um estupendo game. O jogo está em promoção no Steam, por tempo limitado, saindo com 50% de desconto, e eu já gostaria de iniciar este review dizendo que ele vale bem mais do que o preço normalmente por ele cobrado. Temos diversos games de combate aéreo disponíveis no mercado, para as mais diversas plataformas e audiências, mas nenhum deles oferece tanto por tão pouco. Não que o valor seja fator determinante para a qualidade ou não de um game, mas no caso de DogFighter, é impossível não pensarmos em como um game tão fantástico pode ser vendido normalmente por 17 dólares.

DogFighter conta com belíssimos gráficos e uma trilha sonora sensacional, a qual ajuda a motivar o jogador a tentar alcançar realmente os limites de sua capacidade e perícia. O game permite enorme realismo enquanto em vôo, sendo possível inclusive “experimentarmos” falhas no motor que podem derrubar o avião, caso joguemos descuidadamente e sem nos preocuparmos com os limites da máquina.

DogFighter é, realmente, um “must have” para quem aprecia games de combate aéreo de altíssima qualidade. A princípio podemos tentar compará-lo a Snoopy Flying Ace, mas as semelhanças vão se tornando cada vez menores conforme nos aprofundamos no game da Dark Water Studios e em suas inúmeras e maravilhosas peculiaridades. Este game é realmente voltado para quem procura mais realismo e/ou para o público mais hardcore. Isto é um defeito? Claro que não. Apesar da complexidade dos controles, duvido muito que alguém, pelo menos alguém que aprecie este estilo de jogo, não se empenhe ao máximo para dominá-los.

Jogabilidade

A jogabilidade de DogFighter é complexa. Você perderá um bom tempo até que domine totalmente todos os inúmeros controles e consiga pilotar seu avião de forma pelo menos aceitável. Basicamente, o mouse é utilizado para controlar o avião, mas o teclado deve estar sempre em sua mente (e dedos). Os botões esquerdo e direito do mouse servem para utilizar o armamento do avião. Através do botão de scroll você alterna entre as diversas armas que pode coletar durante o vôo.

O “W” serve para acionar o boost. Lembre-se bem desta tecla, pois você a utilizará bastante, e mais abaixo saberá o porquê. Mediante toques nas teclas “A” e “D”, você realiza giros rápidos para a esquerda e para a direita, respectivamente. O “S” serve para reduzir a velocidade de seu avião e o “R” faz com que o avião realize um giro de 180 graus em seu eixo horizontal.

São muitos controles e manobras que você pode realizar. Acima passei o básico, e muitas vezes você pode realizar combinações de forma tal que conseguirá realizar manobras perigosas e acrobacias as mais diversas. Você somente conseguirá pilotar com maestria se treinar. E, para isto, você precisa jogar DogFighter.

Jogando DogFighter

DogFighter é uma verdadeira maravilha. Acima mencionei a importância do boost, e isto se deve ao fato de o realismo ter sido levado a tal ponto que o motor de seu avião pode falhar, caso você o force muito ou “vá para as alturas”. O seu motor também pode enguiçar caso você bata de raspão em outros aviões, ou até mesmo caso você reduza a velocidade do mesmo por muito tempo.

Não se esqueça de que você está jogando um título onde as leis da física devem ser respeitadas, e qualquer desrespeito às mesmas (salvo as necessárias “licenças gamísticas”) pode resultar na queda de seu avião. DogFighter conta com 5 modos de jogo, os quais com certeza agradarão às mais diversas audiências: Torneio, onde você deve realizar determinadas ações com a finalidade de ganhar medalhas (tudo dentro de períodos de tempo pré-estabelecidos) Deathmach, onde você sozinho enfrenta diversos inimigos, trabalho em equipe em Team Deathmatch, Survivor, onde você enfrentará ondas e mais ondas de inimigos que têm como único objetivo derrubar o seu aeroplano, e o Capture the Flag, onde você também trabalhará em equipe e deverá capturar a bandeira do inimigo.

Existe também o modo Free Flight, onde não existem objetivos e você pode especificar um período de duração ou simplesmente deixar esta configuração como “ilimitado”. Este modo é muito interessante para que você possa se habituar aos controles. Serve como uma espécie de academia. E, depois que você dominar completamente os controles e souber como cada um dos aviões disponíveis responde (ou escolher apenas um e se especializar no mesmo), pode sempre voltar ao modo Free Flight para voar sem compromisso. É delicioso.

Tudo em DogFighter acontece em arenas. Cada cenário é delimitado por “linhas invisíveis”, e se você as ultrapassar, um aviso é exibido em tela, te chamando de covarde e pedindo para que retorne ao combate. Quando você morre, frases muito engraçadas aparecem em tela, “anunciando o acontecimento”. Por exemplo, você poderá receber uma mensagem mencionando que “foi se encontrar com o criador”, ao morrer. Trata-se de um lado humorístico presente em um game onde você poderá, no início, passar muita raiva, principalmente se tentar jogar DogFighter como se estivesse jogando, por exemplo, Snoopy Flying Ace. Em DogFighter, tudo é mais difícil e mais desafiador.

Existem powerups e novas armas que você pode coletar durante o game, e estes ítens quase sempre estão escondidos dentro de balões que você deve destruir, ou então bem próximos ao chão ou a outros obstáculos. Voar baixo é uma constante, em DogFighter, e o game conta com a possibilidade de se voar em ambientes fechados. Voe por dentro das pirâmides (na fase Pharaohs), e você entenderá o que eu digo. A fase do vulcão (Volcano) também proporciona belíssimas experiências neste quesito, e é voando em espaços fechados que você precisará colocar em prática toda a sua perícia como piloto. É, o modo Free Flight é muito útil, mesmo. 🙂

Dependendo do modo de jogo, você pode ajustar a duração da partida, sua dificuldade, a quantidade de bots, se somente determinado tipo de arma deverá ser utilizado, modo turbo, boost ilimitado, e mais uma série de configurações.

Lembre-se de que, quando o seu motor falha, você deve utilizar o boost. Muitas vezes, o desespero é enorme, pois aparentemente nada funciona, e nos últimos instantes, ou seja, quando você já estava vendo o chão bem de perto (e o criador acenando para você 🙂 ), seu motor volta a funcionar e então você tem pouquíssimo tempo para subir com seu avião. Você pode perfeitamente observar o trabalho dos ailerons e dos flaps durante o vôo, em resposta aos seus comandos, e o realismo chega a tal ponto que muitas vezes até mesmo o seu radar pode falhar.

Gráficos e trilha sonora

Acredito que não preciso comentar muito a respeito dos gráficos de DogFighter devido às imagens presentes neste review, imagens estas capturadas por mim mesmo enquanto jogava algumas partidas. A Dark Water Studios realizou um belíssimo trabalho, e é notável observarmos o quão bonito é o céu, as rochas e a areia.

O giro da hélice do avião pode ser perfeitamente observado, e a velocidade do giro acompanha as variações na rotação do motor. É muito bacana, até mesmo o barulho do motor enquiçando. Tudo passa realmente a impressão de um game hardcore. Aliás, falando em hardcore, me lembrei da trilha sonora do game. Não, ela não é composta por hardcore, mas é fortemente influenciada por Iron Maiden, em minha opinião. Heavy Metal. 🙂 Muito apropriado.

É impossível iniciarmos o game e não nos lembrarmos da banda de Bruce Dickinson e Steve Harris, quando ouvimos a faixa de abertura. É a trilha sonora mais do que perfeita para um game de combate aéreo divertido, rápido, difícil e onde você deve treinar ao máximo para obter excelentes resultados.

Outros modos de jogo

Existem 3 modalidades multiplayer: Team Deathmatch, Deathmatch e Capture the Flag. O multiplayer de DogFighter é frenético, e já existem, é claro, os “tubarões do ar” que lhe engolirão dentro de pouquíssimo tempo. Pelo menos no início de sua “vida em DogFighter”. É tudo muito divertido, e agora, com a introdução do suporte a servidores dedicados, a quantidade de partidas disponíveis que você irá encontrar é muito maior.

No momento em que escrevi este review, existiam mais de 200 servidores dedicados operando, e consegui jogar rapidamente, seja através de um deles, seja através da aba “internet”. Tudo isto aumenta ainda mais a “durabilidade”, digamos assim, de um título como este. E se nos lembrarmos de que a Dark Water Studios adicionará em breve mais modos de jogo, níveis, aviões e armas, somos levados a crer que DogFighter dentro de pouco tempo será senão o melhor, pelo menos um dos melhores games de combate aéreo da atualidade, para PC.

Conclusão

Se você não tem medo de um game difícil e gosta de títulos de combate aéreo desafiadores e que aumentem o nível de adrenalina em sua corrente sanguínea, DogFighter foi desenvolvido especialmente para você.

Pin It on Pinterest