Hydro Thunder Hurricane, XBLA que teve a má sorte de ser lançado após Limbo (na verdade, foi o segundo lançamento do Summer of Arcade deste ano), é um título que, entretanto, me surpreendeu. E muito. Ele não é “concorrente” direto de Limbo, nem tampouco de nenhum dos outros 5 games que já fazem/farão parte do Summer of Arcade 2010, pois é um título único dentre todos os 5: trata-se de um game de corrida. Na água.

Hydro Thunder Hurricane é um jogo onde a pista é feita de água. Ou melhor, “a pista é a água”. E os veículos que você utiliza são barcos. Na verdade, barcos dotados de alta tecnologia que, devido às suas próprias características, às características das pistas e também às diferenças existentes entre cada um deles, podem fazer com que você algumas vezes chegue a ficar sem fôlego, tamanha a velocidade alcançada e os saltos executados.

Desenvolvido pela Vector Unit, este belo e divertido XBLA é, em minha opinião, um game que se iguala a Limbo e Lara Croft and the Guardian of Light (digo isto em relação a este último me baseando no hype e em tudo o que li e vi a seu respeito) se os considerarmos de forma isolada, levando em conta os gêneros aos quais cada um deles pertence. Confesso que ao jogá-lo pude perceber diversas coisas que me encantaram, e se Limbo foi, em minha opinião, o mais inovador no Summer of Arcade deste ano, Hydro Thunder Hurricane é o que fornece a experiência de gameplay mais furiosa, veloz e… aquática. 🙂

Jogabilidade

Não há muito segredo em relação à jogabilidade de Hydro Thunder Hurricane. Se você já jogou algum game de corrida em sua vida, irá se acostumar muito facilmente com os controles, principalmente se você já teve o prazer de jogar títulos como Wipe Out. É, existem powerups em Hydro Thunder Hurricane, os quais fornecem um impulso avassalador e limitado ao barco (ítens azuis) e a habilidade de saltar (ítens vermelhos). Aliás, dependendo da pista e do local no qual você se encontra na mesma, você pode combinar a utilização dos dois powerups acima mencionados, para um efeito ainda mais surpreendente.

Basicamente: utilize o gatilho direito (RT) para acelerar, o esquerdo (LT) para frear/travar, o “LB” para dar uma olhadinha para trás, o analógico esquerdo para controlar o barco, o botão “A” para utilizar o impulso (quando você coletar os itens azuis), o “X” para saltar (quando você coletar os itens vermelhos) e o botão “Y” para alterar a câmera. Simples assim. 🙂

A dificuldade fica por conta da habilidade que você deve adquirir para manejar os diferentes tipos de barcos através das diferentes pistas e dos diferentes modos de jogo. Muitas vezes você pode explodir o seu barco ou então, sem querer, fazer com que ele vire. Nestes momentos, então, é necessário utilizar o botão “Back” do controle do seu Xbox, para “voltar à ativa”.

Jogando Hydro Thunder Hurricane

Resumindo: o game é uma delícia. Existem quatro modos de jogo disponíveis, no singleplayer:

  • Corrida;
  • Mestre dos Anéis;
  • Desafio;
  • Campeonato;

O modo “Corrida” é o mais básico e “normal”, digamos. Neste modo, você compete contra outros 15 corredores/pilotos, devendo chegar ao final da corrida pelo menos em terceiro lugar, para ganhar a medalha de bronze. Você pode utilizar os powerups que vai coletando pelo caminho, pode utilizar atalhos e realizar as manobras que bem entender, através da combinação do uso do acelerador, do freio, do impulso e do salto.

Vale ressaltar que Hydro Thunder Hurricane coloca você para correr em “pistas aquáticas” que quase sempre possuem diversos atalhos, e muitos deles estão escondidos. Ou seja, este não deixa de ser um game indicado também para aqueles que gostam de explorar. É claro que o modo “Corrida” não é o mais indicado para isto, mas fica aqui a dica.

Já no modo “Mestre dos Anéis”, você deve ser muito preciso para correr e não deixar de passar por dentro de nenhum dos anéis. No modo desafio, você deve sempre almejar bater recordes de tempo. O problema aqui é que, para dificultar as coisas, você deve se desviar de barris explosivos, sem contar com o fato de que aviões sobrevoam constantemente a pista, bombardeando a mesma. Ou seja, é um modo para treinar sua perícia.

O último dos quatro modos de jogo para um jogador é o “Campeonato”, no qual você compete em uma série de eventos que misturam diversas pistas e modos de jogo. Vale ressaltar, aliás, que o seu progresso no game depende dos créditos que você obtém em cada evento que participa, e para isto, você deve suar a camisa (e depois, aguardar por um delicioso e refrescante jato d’água 🙂 ).

Algo muito interessante, também, e que deve ser destacado, é que você pode aproveitar a esteira d’água deixada pelos barcos à sua frente para aumentar a velocidade do seu veículo aquático. Tudo isto, combinado com sua técnica na condução do barco e com a utilização dos powerups corretos nos momentos certos fazem deste título algo muito divertido e alucinante.

Existem diversos tipos de barcos, os quais você vai desbloqueando conforme vai ganhando créditos, e cada um deles possui diferentes “configurações”, formatos de casco e materiais, o que oferece diferentes respostas nas curvas, nas manobras e na dirigibilidade como um todo, o que vai, é claro, influenciar nos seus resultados.

Desbloqueio de pistas e modos de jogo

Algo muito interessante neste título da Vector Unit é o fato de um modo de jogo estar ligado ao outro. Ou melhor, do acesso a um modo de jogo e/ou pista ser concedido através de outros modos de jogo e/ou pistas. Você desbloqueia pistas, eventos e modos de jogo antes bloqueados dependendo do que faz em situaçoes diferentes. Por exemplo: o seu desempenho no modo “Mestre dos Anéis” pode liberar uma nova pista no modo “Corrida”. E isto ocorre com todas as pistas e modos. É algo muito interessante, principalmente pelo fato de que você é recompensado frequentemente, seja com a liberação de novidades, seja com o desbloqueio de skins para seus barcos, novos e mais poderosos barcos e até mesmo brindes para o seu avatar e imagens de jogador.

Gráficos e trilha sonora

Os gráficos de Hydro Thunder Hurricane são maravilhosos. O aspecto da água é lindo, e se você jogou Aqua – Naval Warfare, vai também se impressionar pelo “lado aquático” deste XBLA. Os percursos são repletos de elementos destrutíveis, contra os quais você pode ou não direcionar o seu barco, e além disso, constantemente é possível observar objetos caindo na pista água. A água sofre ondulações conforme a movimentação de barcos, saltos e queda de destroços, e quando a água espirra, você pode observar um efeito belíssimo, que faz parecer que a tela de sua TV está molhada.

Ao utilizar o impulso, muitas vezes a velocidade é tanta que um efeito de velocidade extrema pode ser observado, com tudo o mais ao seu redor se tornando meio que “borrado”. Os barcos são muito bonitos, aliás. Os reflexos nos mesmos ocorrem de maneira fantástica, e você consegue até mesmo observar a água escorrendo deles. Quando você coleta o item azul para o impulso, você consegue observar em tempo real as “modificações” que são feitas no motor, e quando o “turbo” está pronto para ser utilizado, você é avisado através da voz do próprio narrador do game.

Até mesmo com monstros aquáticos você se depara em Hydro Thunder Hurricane, e se você pensa que já viu de tudo em um game de corrida, mesmo que na água, espere só até se deparar com a gigantesca serpente marinha. A trilha sonora do game não varia muito. Ela possui elementos eletrônicos muito adequados a um game de corrida futurista na água e, venhamos e convenhamos, a última coisa a respeito da qual você vai se lembrar ao jogar um game assim é da trilha sonora, não é? Aliás, em muitos games de corrida, costumo reduzir bastante o volume ou até mesmo desligar a trilha sonora, para ouvir todos os sons: motor, choques, etc.

Outros modos de jogo

Hydro Thunder Hurricane também possui suporte a partidas multiplayer, para até 8 jogadores, ou então você pode dividir a tela em quatro, para partidas multiplayer locais.

Conclusão

Hydro Thunder Hurricane é realmente um game surpreendente, que consegue fazer com que qualquer gamer que já tenha jogado Wipe Out consiga sentir um pouco daquela velha sensação através de um título que permite uma divertida e furiosa experiência de corrida, utilizando barcos ultra velozes em pistas jamais amigáveis.

————————–

P.S.: não utilizei screenshots capturados através de meu próprio gameplay, como faço com os games que jogo no PC, pois minha placa de captura de vídeo não permite a captura de screenshots com alta resolução. Nesta placa, tenho que utilizar os cabos de áudio e vídeo, normais, e não o cabo HDMI do Xbox.

Aí, então, vocês já podem imaginar como ficaria a qualidade das imagens. 🙂

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest