Particularmente, prefiro games de corrida que privilegiam a diversão em detrimento do realismo, da simulação. E neste ponto, nail’d, game de corrida desenvolvido pela Techland e distribuído pela Deep Silver, é nota 10. O game é um verdadeiro espetáculo para os olhos, e oferece diversão e desafios na medida certa. Trata-se de um game de corrida estilo off-road onde a preocupação com o fôlego do gamer foi totalmente esquecida.

nail’d oferece ao jogador cenários deslumbrantes e a possibilidade de realizar saltos verdadeiramente absurdos. Daqueles de perder o fôlego, mesmo, passando por cima de montanhas, árvores e vez ou outra cruzando o caminho de aviões. É claro que tudo isto deixa de lado as leis da física, ou melhor, as ignora totalmente. Mas quem foi que disse que nail’d é um simulador ou um game que tem por meta respeitar alguma lei?

Muito pelo contrário. O título da Techland é um verdadeiro presente para quem adora velocidade e corridas frenéticas. São 14 pistas e 4 localidades diferentes, incluindo ruínas gregas, montanhas geladas, desertos, canyons, litorais, e diversos outros lugares belíssimos e tentadores. Durante o percurso, você poderá cruzar o caminho (ou até mesmo voar sobre) de trens, destroços de aviões, colunas de templos antigos, cavernas, rios, pontes de madeiras e mais uma infinidade de ítens que farão a alegria dos amantes de perigos e velocidade.

Em nail’d você pode escolher entre 2 tipos de veículos diferentes: quadriciclos ou motos normais. Cada um destes possui, é claro, diferenças no tocante à velocidade máxima, estabilidade, aceleração, etc. Os quadriciclos são mais estáveis, enquanto as motos são mais ágeis nos percursos. Vai de cada piloto realizar os devidos testes e escolher aquele veículo que mais de adapta às suas necessidades e habilidades.

Tanto a moto quanto o quadriciclo, em nail’d, podem ser customizados. Você pode modificar desde as cores de ítens como guidão, pneus, rodas, motor, etc, até escolher ítens diferenciados, os quais afetarão o desempenho do veículo quando na corrida. É possível também escolher personagens masculinos e femininos, e também alterar as cores de seus trajes.

Ao jogar nail’d esqueça qualquer preocupação com a utilização dos freios. Tudo o que você precisará é de aceleração constante e do turbo, turbo este que é sempre recarregado quando você passa no meio de colunas ou círculos de fogo. O efeito que ocorre durante a utilização do turbo transforma o que já é veloz em algo ainda mais rápido, e até um certo efeito parecido com um “blur” pode ser observado em tela. É de perder o fôlego, realmente.

nail’d é frenético. Fornece doses cavalares de emoção. Velocidade. Adrenalina. Em todas as pistas existem trechos enormes e vazios sobre os quais você deve saltar. São saltos surreais, tamanha a altura e a distância percorridas por você e sua moto. Durante estes saltos, você poderá ficar lado a lado com balões, aviões, helicópteros e o topo das montanhas. Aliás, fica aqui o destaque para o fato de que todas as pistas estão localizadas em montanhas íngremes e cheias de obstáculos.

Você pode exercer um grande controle sobre a inclinação da moto. O piloto se inclinará, para a frente, para os lados ou para trás, e isto se refletirá na movimentação da própria moto, seja em terra seja no ar. Como não se trata de um game onde o realismo é uma preocupação, é até mesmo possível “mover a moto no ar”, com a finalidade que você desejar. Seja para ajustar a direção daquele salto não muito bem iniciado, seja para se inclinar para a frente e passar por um túnel baixo logo adiante, etc. Enfim, as possibilidades são inúmeras, e você pode se surpreender.

A surrealidade das corridas é tamanha que existem momentos onde você dividirá a mesma pista com trens e caminhões na contra-mão, e outros onde terá de saltar em plataformas suspensas por helicópteros. Durante as loucas descidas pelas montanhas, você poderá passar por sobre lamaçais ou rios e lagos, e não é difícil levar diversos respingos de água ou lama na viseira do seu capacete, o que pode atrapalhar bastante, principalmente se você estiver em alta velocidade.

A poeira, em pistas desérticas, também é um elemento belíssimo em nail’d, e confesso que me surpreendi quando percebi o quão rápido é possível pilotar sem sequer tocar no freio. Todas as curvas, por mais fechadas que sejam, podem ser tranquilamente realizadas sem qualquer tipo de frenagem. Você só precisa prestar atenção no “traçado” e realizar movimentos rápidos e precisos.

Como nail’d não é um simulador, mas sim um game onde o foco é a experiência de velocidade extrema além dos saltos mirabolantes, você pode até mesmo dispensar um joystiq e jogar tranquilamente somente utilizando o teclado, caso opte pela versão para PC. A jogabilidade é muito simples, e os controles são precisos. A resposta dos comandos é perfeita, e não existe qualquer tipo de dificuldade no controle dos veículos, porém ressaltando-se sempre a diferença na dirigibilidade entre os quadriciclos e as motos.

Não consigo jogar nail’d sem me surpreender com cada salto, ou com cada acionamento do turbo. A sensação de velocidade extrema é tão intensa, os saltos são tão descomunais, e a vastidão do cenário é tamanha, que qualquer outra preocupação foge de foco. O game tem lá os seus problemas, como por exemplo algumas vezes em que a moto explode sem qualquer razão aparente, após um salto, sendo que você mesmo vai perceber que já passou por momentos piores e nada aconteceu.

É claro que tudo isto pode ter a ver com a despreocupação com a física no jogo, e este probleminha não chega a irritar. Os momentos de “respawn” também são um pouco longos demais, e diversas vezes você pode estar na primeira posição para logo após algum choque descobrir que caiu para a sexta ou sétima posição. É claro que, dada a velocidade enorme com que tudo ocorre, você poderá também galgar posições muito rapidamente. Esta é uma das inúmeras graças de nail’d.

nail’d impressiona e diverte sem no entanto ser um título difícil no tocante à jogabilidade. Ele tampouco apresenta desafios impossíveis, apesar da surrealidade fornecida pela velocidade e dos saltos pelo game apresentados. O jogo vai ficando paulatinamente mais difícil, mas você perceberá que o desafio jamais será impossível. Nada que muito treino, tombos e explosões não ajudem.

Em determinados momentos, também, você simplesmente não consegue entender como a moto permanece grudada ao chão, tamanha é a velocidade e a inclinação do terreno que você está descendo. Tudo isto ajuda a tornar nail’d um verdadeiro deleite para quem aprecia games de corrida que se preocupam mais com a diversão e menos com detalhes técnicos que, muitas vezes, podem tirar a graça da brincadeira.

Outros modos de jogo

nail’d conta com um modo multiplayer, tanto online quanto local. Durante meus testes, entretanto, não consegui encontrar nenhuma partida online disponível. Existem também os modos offline Time attack, o Quick Event, onde você pode rapidamente escolher a pista na qual deseja correr e o número de oponentes controlados pela IA, dentre outras opções, e o Custom Tournament, onde você pode criar um torneio personalizado, além do principal “fornecido” pelo game, é claro.

Conclusão

nail’d é um game de corrida descompromissado, onde a diversão é levada a sério. Não espere realismo nem tampouco preocupações com a física. O game diverte muito e não apresenta desafios impossíveis: apenas saltos impossíveis na vida real. É um game sensacional. 🙂

Ficha Técnica

Título: nail’d
Gênero: Corrida
Desenvolvedora: Techland
Distribuidora: Deep Silver
Data de lançamento: 30 de Novembro de 2010
Plataformas: PC, Xbox 360 e Playstation 3
Versão analisada: PC

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest