Rush’N Attack: Ex-Patriot é um ótimo jogo lançado recentemente, mais precisamente em 29 de Março de 2011. Lançado para Xbox 360 e Playstation 3, através da Xbox Live e da PSN, respectivamente, o game é baseado no clássico Rush’n Attack da década de 80, o qual foi lançado inclusive para o nintendinho. Rush’N Attack: Ex-Patriot é um side-scroller muito interessante e bonito, em 2.5D. Desenvolvido pela Vatra Games e com distribuição à cargo da Konami, o título pode agradar bastante aos fãs de games em 2D, plataforma, side-scrollers, etc.

O título custa 10 dólares, preço que considero muito bacana para um game tão divertido, bonito e interessante. Há tempos não jogava games assim, vale ressaltar. Desde Shadow Complex, para ser mais preciso. Aliás, existem algumas semelhanças com este último em Rush’N Attack: Ex-Patriot no tocante à jogabilidade e ao cenário.

Rush’N Attack: Ex-Patriot conta a história do Sargento Sid Morrow, o qual recebe a missão de ir até a Rússia para resgatar um dos membros de um grupo chamado “Harvest”, grupo este que tinha por missão, durante a guerra fria, investigar mais a fundo o que os russos estavam fazendo com um novo elemento descoberto, chamado Ulyssium. Tal elemento, aliás, tem a ver com o conhecidíssimo caso de Tunguska, em 30 de Junho de 1908. Tudo isto é informado através de bonitas cutscenes estilo cartoon, vale ressaltar.

Finalizada a guerra fria, o grupo “Harvest” foi esquecido, e cabe então agora a você, na pele do Morrow, resgatar Gibson, o membro do “Harvest” que foi deixado para trás, e descobrir o que os russos continuam tramando. O título da Vatra games pode causar muita felicidade a quem é fanático por games em 2D, principalmente devido ao fato do mesmo ser em 2.5D. A impressão de profundidade do cenário é muito bacana, e a Vatra Games realizou um belo trabalho nesta parte, em minha opinião. Outro elemento bacana presente no game é que, através do analógico direito você consegue girar a câmera totalmente, sendo possível realizar uma volta completa nos sentidos horário e anti-horário, ampliando, assim, sua visão do cenário. Vale lembrar que a câmera é muito dinâmica, e acompanha a movimentação do personagem.

Além disso, você pode se esconder em portas e buracos nas paredes, no chão e no teto. Escadas localizadas nas paredes também são passíveis de acesso, e você consegue inclusive visualizar a “transição” entre os cenários quando entra em uma delas. Existem escadas “normais”, também, que simplesmente levam de um nível superior para um inferior (ou vice-versa) de forma mais simplificada.

Tudo começa na Sibéria, então, espere por missões que terão a ver com desativação de caldeiras, etc. Aliás, o título da Vatra Games coloca o Morrow para trabalhar bastante. É uma incessante caça a Ulyssium (o qual fornece, digamos, um certo upgrade a você), a botões que devem ser ativados, a guardas que estão em posse de cartões de segurança, etc.

Tudo isto certamente lembra muito bem aqueles velhos games estilo plataforma que jogávamos antigamente. Espere também por ter de pular de uma plataforma a outra, rapidamente, pois esta se afunda, e aguarde também por plataformas móveis nas quais você deve se manter, se agachando, durante o caminho, quando algum obstáculo baixo vem em sua direção, ou pulando quando o obstáculo é mais alto. Mas tudo isto sem cair da plataforma flutuante, lembre-se bem.

Os efeitos de iluminação, sombras, fumaça e partículas são muito bem feitos, e chegam a impressionar, em determinados momentos. Um dos fatores mais interessantes de Rush’N Attack: Ex-Patriot, aliás, é seu lado “stealth”. Você pode (e muitas vezes, esta é a única saída) matar os inimigos na surdina. Todos estes eventos, aliás, são um show à parte: a animação é muito bacana, e você consegue observar todos os golpes com as facas e a violência do Morrow de maneira muito especial.

O Morrow, aliás, é uma espécie de mestre em artes marciais.  Ele consegue até mesmo escalar paredes, com suas facas, e se você for pulando na diagonal, ele pode subir durante longos percursos, escalando muros bem altos. Ainda em relação ao lado Stealth: você já jogou Assassin’s Creed e matou alguém enquanto estava pendurado em uma beirada, puxando o inimigo para baixo? Isto também é possível em Ex-Patriot.

O Morrow pode desferir ataques mais leves ou mais pesados, e pode também bloquear ataques inimigos. Ele pode também utilizar armas de fogo com duração temporária, as quais encontra pelo caminho (ou que toma de inimigos mortos), e pode utilizar acessórios e armamentos tais como, por exemplo, óculos de visão noturna, granadas e uma armadura que funciona como uma espécie de “proteção para a sua energia vital”. Digamos que seja uma “primeira camada”, a qual, quando esgotada, coloca então sua energia vital para “ser gasta”. 🙂 Ah, não se esqueça de coletar med kits pelo caminho.

Existe um médico na trama do game, chamado Grinkov, o qual desempenha um papel muito importante na história. Existem, também, câmeras de vigilância, as quais, caso lhe detectem, disparam um alarme bem irritante, o qual, é claro, chama a atenção dos guardas, os quais partem com tudo para cima de você.

Um muito bem vindo mapa ajuda na orientação durante o gameplay, e vale ressaltar que Rush’N Attack: Ex-Patriot possui um certo espaço para aqueles que gostam de exploração. O jogo conta com diversos itens escondidos, e dar uma “fuçada” pelo ambiente nunca é demais. Só não vá “perder o rumo”, pois o cenário é bem grande.

Apesar do jogo permitir que você utilize armas de fogo durante o gameplay, incluindo lança-foguetes, em alguns momentos, suas facas sempre serão suas melhores amigas, e é com elas que você realizará os combos. Conforme as ações que você vai executando, você vai desbloqueando combos. Assim que um combo é desbloqueado, você sempre pode acessar a lista de combos para conferir qual a combinação de botões necessária para realizá-lo. Isto representa um adicional e tanto a um game como este, e aumenta bastante a diversão e o desafio.

Aliás, o título é um pouco difícil. Não espere por moleza. Ele não chega a ser um “game impossível”, mas é muito desafiador, o que me agradou bastante. Em alguns momentos, Ex-Patriot é soberbo, dependendo do ambiente, da situação, dos efeitos presentes, etc. Em outros, ele perde um pouco de seu brilho, mas isto não atrapalha a brincadeira. Existe uma demo do título à disposição: confira por si mesmo.

Conclusão

Rush’N Attack: Ex-Patriot é um side-scroller que possui muitos bons momentos. Ele poderá agradar ou não o jogador, dependendo do quanto este goste de games em 2D. Algo que pode contribuir bastante para atrair os gamers é o lado “stealth” do jogo, o qual é sensacional.

Ficha Técnica

Título: Rush’N Attack: Ex-Patriot
Gênero: Ação
Desenvolvedora: Vatra Games
Distribuidora: Konami
Data de lançamento: 29 de Março de 2011
Plataformas: Xbox 360 (Xbox Live) e Playstation 3 (PSN)
Versão analisada: Xbox 360

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest