Recebi uma cópia do indie game Zombie Driver, da EXOR Studios, justamente para escrever a respeito do novo modo de jogo disponível no game, chamado “Slaughter Mode”, o qual foi introduzido no título através do lançamento de um DLC gratuito, em 12 de abril de 2010. Há tempos, aliás, quero escrever algumas coisas a respeito de Zombie Driver, um game que junta ação, corrida e o “elemento zumbi” de uma forma super criativa e que proporciona ao gamer muita ação e adrenalina. E eis que chegou o momento. Além de falar sobre o Slaughter Mode, falarei também um pouco a respeito do game em si.

Zombie Driver é um game muito criativo e divertido. Carros que podem ser evoluídos, armas como metralhadoras, lança-chamas, etc, e o fato do próprio carro em si ser uma arma (você atropela os zumbis tranquilamente, tendo acabado ou não a munição de suas armas) fazem de Zombie Driver um game único, o qual pode ser incluído tranquilamente nos dois gêneros que mencionei acima. É claro que a corrida não será contra outros carros: você tem de correr “contra e dos zumbis”. 🙂

A história de Zombie Driver ocorre no “Story Mode”, onde você é um cidadão comum que, de alguma forma, escapou ileso de um desastre químico, e cujos préstimos são solicitados pelo exército, o qual lhe apresenta então diversas missões, as quais envolvem o resgate e a “entrega” de sobreviventes em locais seguros, por exemplo. Tais sobreviventes representam tudo o que restou intocado do tal desastre, o qual transformou a maioria da população em zumbis.

Zumbis sedentos por sangue, pelo seu cérebro, e que farão de tudo para destruir você e seu carro-arma. Você se deparará com cachorros zumbis, zumbis que atiram pedras e outros objetos em você, e até com zumbis “bombadões”, chamados no game de “Fat Zombies”. Zumbis enormes que podem dificultar bastante sua vida, caso você não os mate logo ou deles fuja. Zombie Driver é um game que me lembra um pouco Twisted Metal. Uma das diferenças entre o game da EXOR Studios e este último, entretanto, é o tal elemento zumbi que mencionei acima. Só para citar uma das diferenças. O game possui 17 missões e diversos objetivos adicionais, aliás.

Em suas andanças pela cidade devastada, colete dinheiro, destrua ítens do cenário, atropele ou atire em zumbis e observe os belos gráficos de Zombie Driver, enquanto executa suas missões. Existem três modos de câmera disponíveis: “static”, a qual o próprio nome já diz tudo, “free look”, mediante a qual você pode utilizar o mouse para movimentar a câmera e atirar com o botão esquerdo, e “smart”, a qual é meio que uma câmera dinâmica muito interessante e útil, que acompanha seus movimentos conforme você se movimenta.

Particularmente, prefiro a câmera “smart”: joga-se somente através do teclado, utilizando as letras W, A, S, D para a movimentação do carro, a barra de espaços para frear e as teclas SHIFT e CTRL, por exemplo, para atirar ou utilizar o turbo, quando você os coleta. A trilha sonora de Zombie Driver é mais do que adequada. Aliás, gostei bastante dela. A música passa um clima de tensão, abandono e desastre iminente. Ela “casa” direitinho com a temática e o estilo do game. E por falar nisto, ela está disponível gratuitamente, segundo consta no site da própria EXOR Studios, no site de seu compositor, Pawel Stelmach.

É muito divertido matar os zumbis. As armas são muito valiosas, mas o mais interessante, mesmo, é atropelá-los. Você pode observá-los sendo esmagados, e caso você atropele uma horda de zumbis (aliás, hordas de zumbis é o que não falta em Zombie Driver), você vê manchas de sangue pelo chão, parecendo uma pasta vermelha. As marcas dos pneus de seu carro também aparecem no asfalto, dependendo de como você dirige. Execute um cavalo de pau, mate muitos zumbis durante a execução da manobra e observe tanto a enorme mancha de sangue quanto as marcas dos pneus de seu carro.

Entre uma fase e outra você pode realizar upgrades em suas armas e em seu carro, o que é muito importante, para tornar seu carro mais resistente e poderoso, pois os zumbis não lhe darão trégua. A cidade está infestada de mortos-vivos, os quais batem em seu carro, lançam objetos contra o mesmo, e farão de tudo para impedir seu sucesso.

Para orientar o jogador durante as missões, é sempre exibido em tela um pequeno marcador verde que indica o caminho e a distância até o objetivo. Chegando ao objetivo, você encontra uma horda de zumbis que deve ser massacrada, antes que você possa, por exemplo, resgatar os sobreviventes. Afinal, se os caras sairem de seu refúgio no meio de tantos zumbis, serão fatalmente mortos antes de chegarem ao seu carro. Assim que você destroi todos os zumbis que estavam à espreita, os sobreviventes então saem do refúgio e entram em seu carro.

Novo modo de jogo – Slaughter Mode

O DLC gratuito lançado para o game, através de um update automático, introduziu o modo Slaughter. Nome muito apropriado, aliás, pois você deverá promover uma matança frenética e sistemática de zumbis para desbloquear as quatro arenas inicialmente bloqueadas. Para progredir de uma arena para outra, é necessário conseguir no mínimo a medalha de bronze na arena anterior, e para isto, deverá ser atingida uma certa pontuação mínima. São cinco arenas no total, e abaixo segue a pontuação mínima (medalha de bronze) necessária para desbloqueá-las:

  • Harbour – inicialmente desbloqueada. É necessário fazer 7.500 pontos;
  • City Center – 10.000 pontos para a próxima arena;
  • Park – 12.500 pontos para a próxima arena;
  • Midtown – 15.000 pontos para a próxima arena;
  • Suburbs: 20.000 pontos. Esta é a última arena;

Jogar nas arenas é, literalmente, enfiar-se no meio de hordas intermináveis de zumbis. Você deve sobreviver a uma horda após a outra, uma mais violenta do que a outra, enquanto puder. Atingida a pontuação mínima, você pode jogar a arena seguinte e/ou também continuar jogando a mesma. Zombie Driver oferece, no Slaughter Mode, um modo de jogo simples mas ao mesmo tempo desafiador. Você terá de fugir nos momentos certos, utilizar as armas com precisão e parcimônia e, principalmente, fugir dos Fat Zombies, ou matá-los rapidamente e/ou à distância.

Muitas vezes você é totalmente cercado por um número enorme de zumbis, e simplesmente não consegue mais andar. Seu carro fica preso, tamanha a quantidade de mortos-vivos à sua volta. Nestes casos, o turbo ajuda bastante, assim como as armas. Se você não tiver nem um nem outro neste momento, pode ser que tenha chegado seu último dia de vida (no jogo, e naquela partida em questão).

Cada uma das arenas possui peculiaridades bem interessantes. “Harbour” se passa durante o dia. “City Center” possui uma névoa constante que cobre tudo. Na arena “Park” você mata zumbis ao anoitecer. “Suburbs” se passa durante a madrugada, e “Midtown” se passa durante a noite. Note que praticamente todos os períodos do dia foram “cobertos”.

Slaughter Mode é um modo de jogo difícil, em Zombie Driver, porém ao mesmo tempo divertido e viciante. Não existe outro objetivo alem de sobreviver e matar zumbis. Trata-se de um modo de jogo simples em sua temática, digamos, porém bem difícil de ser jogado. Os zumbis são muitos, surgem de diversos lados ao mesmo tempo, e tentam cercar o seu carro de qualquer jeito. Um pequeno símbolo amarelo surge na tela de tempos em tempos, indicando o caminho para a coleta de armas, nitro, dinheiro ou mais energia/sangue, para restaurar o seu carro.

Tanto no Story Mode quanto no Slaughter Mode é muito fácil perceber quando seu carro está começando a cair aos pedaços. Existe um mostrador no canto inferior direito da tela, mas o carro apresenta os danos de forma bem clara e real: ele vai aos poucos ficando escuro, amassado e em determinado momento, caso você não o conserte, ele começa até a pegar fogo. Aliás, vale destacar aqui a destrutibilidade de diversos itens no cenário, como por exemplo caixas, muros, cercas e carros, bem como as explosões quando você atinge um carro estacionado, as quais são muito convincentes. O barulho dos zumbis sendo esmagados/atropelados, aliás, é muito curioso e, digamos, “gosmento”.

A EXOR Studios acertou em cheio ao incluir o Slaughter Mode em Zombie Driver. Um modo de jogo adicional sem história é algo que é sempre bem vindo em games deste tipo, com este “apelo zumbi”. Aliás, vale ressaltar que, com a introdução do Slaughter Mode, foi também introduzida no game integração com as redes sociais Twitter e Facebook. Você pode configurar suas contas junto a estes serviços dentro do game, e postar sua pontuação de forma bem simples.

Lembre-se de que no Slaughter Mode sua sobrevivência é o objetivo, portanto, sempre que o pequeno símbolo amarelo circular surgir em tela, siga-o, pois ele lhe levará a armas e a itens reparadores para seu carro, por exemplo, dois elementos essenciais durante o massacre. Fuja quando perceber que não está conseguindo dar conta dos zumbis em determinado local, movimente-se constantemente, execute movimentos radicais a fim de matar o maior número possível de zumbis de forma rápida e procure sempre que possível desviar-se dos objetos que alguns zumbis desgraçados lançam contra você.

Em minha opinião, o Slaughter Mode foi uma boa sacada do pessoal da EXOR Studios, pois trata-se um modo de jogo meio que infinito em um game que já era muito divertido. E lembre-se: seu carro é uma arma por si só, tanto no Story Mode quanto no Slaughter Mode, e você deve aprender como utilizá-lo/dirigí-lo da melhor maneira possível.

Indico Zombie Driver a todos os que apreciam um game com gráficos muito bonitos, uma trilha sonora bem feita, excelente jogabilidade e boas doses de ação e direção, tudo isto aliado a uma temática que tem zumbis como o tema principal.

Aproveite, aliás, pois ele ainda está em promoção no Steam, saindo por apenas US$ 4,99.

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest