Após causar muita tristeza a gamers no mundo inteiro, ao decretar o final da série Guitar Hero, a Activision é protagonista de outra interessante “situação” na indústria de games. De acordo com um executivo que conversou com o MCV, a dona da franquia Call of Duty estaria interessada em comprar a Take-Two Interactive “em sua totalidade”. Sim, isto mesmo. Desta forma, franquias e games como, por exemplo, Red Dead Redemption, BioShock, Mafia, Borderlands, Max Payne, GTA e Civilization, dentre outros, passariam para as mãos de Bobby Kotick e Cia.

Isto significa que, talvez, estúdios de desenvolvimento tais como,  por exemplo, Rockstar, Irrational Games e 2K Games, também,  poderiam ser “abocanhados” durante o processo. É claro que tudo isto são apenas rumores, por enquanto, e todos sabemos que o mundo dos games é cheio deles. Entretanto, confesso que não gostaria nem um pouco de ver franquias/games tais como Civilization, GTA, RDR e BioShock, por exemplo, nas mãos de uma empresa que já cogitou até em cobrar pelo elemento multiplayer de Call of Duty. Pelo menos, rumores a respeito disso surgiram, há um certo tempo atrás, e todos sabemos que “onde há fumaça, há fogo”. 🙂

Por outro lado, temos de nos lembrar de que a Blizzard, por exemplo, é uma subsidiária da Activision, e nem por isto observamos algo absurdo saindo das mãos da empresa de Mike Morhaime. Muito pelo contrário, aliás: a Blizzard é sempre motivo de alegria para os gamers, lance o que lançar, promova o que promover.

Mas ainda é muito cedo, e a suposta aquisição da Take-Two pela Activision ainda está no campo dos “rumores”, campo este, todos sabemos, repleto de atalhos, caminhos incertos e becos sem saída. Desta história toda, tanto pode surgir uma gigantesca surpresa quanto nada. Nada tenho contra a Activision, na verdade. Apenas espero que games e franquias fantásticos não sejam “detonados” em nome de alguma nova mudança de foco devido a alguma possível e, quem sabe, nova grande oportunidade.

(Via: VG247)

Pin It on Pinterest