Bom, meus amigos, inseri a palavra “rumor” no título deste artigo apenas por inserir mesmo, pois todos nós sabemos que no final do ano teremos um novo Call of Duty no mercado. Segundo a revista “PlayStation 3 Magazine”, “fontes próximas” à mesma disseram que o anúncio será feito em meados de Abril. Portanto, já sabem, não é? 🙂

Ainda segundo a PSM3, Modern Warfare 3 trará algo do passado do personagem Ghost, e para quem jogou MW2 e se deparou com aquele final que deixa, é claro, “gancho” para uma continuação, podemos perceber que talvez este Call of Duty de 2011 mostre algo sobre Soap e Price.

Bom, não vou negar que gostei bastante de diversos títulos da franquia, incluindo Modern Warfare 2 e Black Ops. Entretanto, depois de jogar títulos como Homefront e Bulletstorm (aguardem pelo review), penso que a série tem que dar uma virada, digamos, de 180 graus, incluindo gráficos, enredo, etc. O gênero FPS anda muito saturado, e é claro que a Activision como publisher fornece um enorme peso a qualquer título lançado dentro da franquia Call of Duty.

Mas penso que Modern Warfare 3 deverá inovar, de algum modo. Ou melhor, esta é minha esperança: ninguém sabe se isto acontecerá. Mas creio que para a “boa saúde” da série como um todo, algo novo nos deverá ser apresentado, como nos dois FPS’s que mencionei acima. A Treyarch já está contratando pessoal para este próximo game: isto deixa ainda mais desnecessário aquele “rumor” ali no título deste artigo. Mas, vamos deixá-lo lá. 🙂

De qualquer forma, muita gente já está se cansando das “velhas fórmulas”. Da mesmice que ronda os FPS’s, principalmente aqueles cuja temática seja alguma guerra no mundo, real ou não, passada ou atual. Acredito que a franquia Call of Duty merece muito mais respeito, e chegamos a um ponto onde, talvez, muitos gamers comecem a se tornar mais exigentes. É fato que a cada ano são lançados bons games, mas bons games que, de certa maneira, não trazem nada novo.

Black Ops foi impactante. Belíssimo título. Mas, em termos de inovação, ele não nos trouxe nada. E, além disso, sempre bato na mesma tecla: gráficos não são tudo em um game.

(Via: VG247)

Pin It on Pinterest