Saints Row pode superar GTA se esquecer os “dildos”, diz co-criador de Gears of War

Saints Row começou como um simples clone do seu maior rival, a franquia Grand Theft Auto. Isso foi em 2006, quando a Volition lançou o primeiro título, à época competindo diretamente com GTA: San Andreas, que reinava absoluto no gênero de ação em mundo aberto. Em 2008, Saints Row ganhou uma continuação que ajudou a derrubar o seu rótulo de “clone de GTA” e inaugurou uma identidade própria à série. Agora, com o lançamento de Saints Row: The Third, no final de 2011, a franquia decolou de vez, mas não sem antes apelar para alguns recursos mais “protuberantes”.

Bom, acontece que o ex-designer de Gears of War, Cliff Bleszinski, resolveu publicar algumas de suas impressões a respeito do recente Saints Row, comparando o jogo ao seu maior rival e criticando tais pontos, que deveriam ser abandonados pela Volition, caso o estúdio almeje um lugar ao lado de GTA.

“Saints Row. Conserve a ação e a jogabilidade maluca. Abandone os dildos e os trajes roxos”, disse o co-criador de Gears of War em sua conta no Twitter. “Se o jogador fica envergonhado diante de sua esposa enquanto está jogando, isso é um mau sinal”, continuou ele. “O time [de desenvolvimento] de Saints Row é incrível. Dildos é o que os limita. É imaturo”.

Bleszinski não só criticou o humor escrachado que já faz parte da identidade da franquia Saints Row, como também usou isso para restaurar a velha briga com o rival Grand Theft Auto. “O time [de desenvolvimento] de Saints Row é um dos poucos que podem realmente roubar o mercado de GTA”, diz ele. Até mesmo a briga entre os dois maiores shooters militares da atualidade foi citada como exemplo: “Battlefield não correu atrás de Call of Duty colocando pintos em suas armas. Sim, eu acho hilário os dildos. [Porém] Isso não melhora as percepções da indústria”.

Mesmo elogiando, de uma forma geral, o jogo e a sua equipe de desenvolvimento, o ex-designer pede um pouco mais de maturidade na série. “Quanto à mecânica de jogo, eu acho Saints Row mais divertido do que os GTA mais recentes. […] Controles, ritmo, etc… é tudo ótimo”. Porém, “assim que você põe um dildo em seu jogo, não importa se os controles, o ritmo, os gráficos são incríveis, pra você é só ‘aquele jogo com o dildo'”.

No geral, Saints Row: The Third foi bem recebido pela crítica especializada. As opiniões que ouvi de alguns amigos também foram muito boas. É um consenso que o jogo é extremamente divertido. Entretanto, essa diversão vem da narrativa com personagens caricatos, mecânicas que dispensam qualquer verossimilhança e de elementos apelativos e escrachados, como o tal objeto citado nessa história. Pessoalmente, digo que é exatamente esses fatores que me afastam do jogo: tenho preferência muito maior por jogos mais “pé no chão”, por isso concordo completamente com a opinião do Cliff Bleszinski.

E você, o que acha? Já jogou Saints Row? Será que o jogo da Volition têm mesmo chances de superar o colossal GTA?

Artur Carsten

Catarinense, amante da música eletrônica, estudante de medicina e jogador nas inexistentes horas vagas. Ocasionalmente, escreve artigos e coloca em dia a pilha interminável de jogos comprados em promoção no Steam. Já passou pelo Campo Minado, Continue, Guia do PC, Gemind e Oxygen e-Sports.

Twitter  

Poderá gostar também

13 Comments

  1. Eu posso até ser meio suspeito pra falar, mas discordo do Bleszinski…rsrs Olha, pra mim, se existe uma IP atualmente que tem tudo pra, senão superar, se tornar tão importante nesse gênero, é o Sleeping Dogs.

    Não creio que a Volition tenha tentado criar o seu GTA, com o The Third. Aquilo ali é bem diferente. É um jogo que você joga por 5 minutos e já racha o bico de tanto rir. O jogo não se leva a sério, e percebe-se que isso foi proposital, por parte dos desenvolvedores.

    Claro, jamais jogaria esse título na presença de uma criança pequena, mas, como sempre, vale o bom senso. 🙂

    E outra, o Saints Row: The Third é (ou era, vai saber) o jogo da série que finalmente conseguiu fazer com que ela se estabelecesse, em minha opinião. Com uma identidade, com um diferencial.

    Jogo até hoje, e me divirto muito. Acho até que o Bleszinski foi bem infeliz ao dizer que “Dildos limitam a Volition”…rsrs Esses recursos foram inseridos no jogo, pelo menos pra mim, pra aumentar o lado escrachado, pra fazer o jogador dar risada.

    Aliás, se levarmos em consideração o que o Bleszinski disse e mudarmos um pouco o contexto, os hipotéticos envolvidos e situações, diversos jogos não poderiam ser jogados na companhia de esposas, filhos, etc. Seja por violência, seja por motivos similares ao que ele fala. Ora, no Hitman Absolution mesmo: quem pelo menos não deixou escapar um “Uau”, ou “Ufa”, na missão que tinha o Dom Osmond como alvo, no Vixen Club? hehehehe 🙂

    Reply
  2. Saints Row pode superar GTA se esquecer os “dildos”, diz… o homem que colocou uma motoserra na ponta de um trabuco.

    Reply
    • @C. Aquino (@desgastada),

      Hehehehehe… Essa foi muito boa, Aquino. Muito bem lembrado. Acho que o Bleszinski deveria ter deixado de dizer algumas coisas. 😀

      Reply
  3. Sr Bleszinski, o senhor esqueceu que o GTA San Andreas também tem dildos como armas, o GTA Vice City tem referências ao nome e o GTA IV tem dildos como easter eggs hahah. Acho que isso invalida o seu argumento, hein.

    Enfim, brincadeiras à parte, simpatizei mais com a opinião dele simplesmente pela preferência pessoal por jogos mais realistas e pé no chão. Joguei apenas o Saints Row II e não simpatizei exatamente por isso. Mas reconheço que a declaração do nosso amigo de sobrenome difícil foi um tanto quanto equivocada. Já começo pelo fato de colocar o SR: The Third ao lado de GTA, sendo que ele já perdeu o rótulo de “cópia do GTA” há um bom tempo. Tem pleno lugar para que ambos coexistam, afinal eles podem até pertencer ao mesmo gênero, mas possuem concepções muito diferentes.

    E dizer que um “dildo” está limitando a Volition, aí já forçou a barra né.

    Reply
    • @Artur Carsten,

      O Bleszinski forçou bastante…hehehe Ele se focou tanto nos tais “dildos”, que chega a ser impressionante. 😀

      Reply
  4. ele quis dizer algo que não existe no brasil, lá fora vc pode por uma família sendo queimada e etc, mas se colocar um estupro ai a coisa é imoral, pervertida e proibida, mas acho que ali tem uma ponta de falta de um concorrente de peso com o gta, mesmo ele sendo diferentes a comparação acaba sendo inevitável, afinal a maioria juga sandbox como um gênero quando não é, saints é divertido, mas as vezes n~~ao dá pra jogar quando alguem mais conservador está ao seu lado, já gta é sério e usa o que vemos na tv. creio que ele falou nesse sentido.

    Reply
    • @matheus,

      Acho que ele até misturou as bolas. Algo pode ser sério, maduro, divertido, pervertido, conservador, escrachado, etc. Tudo isso pode ser juntado, de diversas formas, e muita gente pode apreciar ou não.

      Um jogo maduro não precisa ser obrigatoriamente “sério”, e ter como personagens só gangsters engravatados. E por aí vai.

      Reply
  5. Eu acho Saints Rown The Third estupidamente mais divertido que qualquer GTA que eu tenha jogado. Exatamente por causa dos elementos mais nonsenses e overpowers. Em GTA se você acumular 5 estrelas já é um inferno pra sair vivo, em SR você junta 4 estrelas de gangues rivais e mais quatro da polícia e ainda tem grandes chances de sair vivo e em com estilo.
    Enfim, não uso os dildos como arma nele e não é como se você visse trocentos deles pela cidade. É um detalhe quase insignificante perto de tudo que o jogo tem a oferecer e o comentário do Aquino foi o excelente.

    Reply
    • @Alysson (@Acromax),

      Gosto muito também. E também não uso os dildos…hehehe Adoro comprar propriedades, fazer loucuras pelas ruas, intercalar com as missões e as atividades extras, muitas delas bem malucas, etc. O jogo é ótimo.

      Reply
  6. Se largarem as bobagens vão perder a identidade da franquia. Assim como tem gente q gosta de jogar algo mais realista como um GTA tem gente q prefere um Just Cause ou Saints Row.
    Apesar de ser do primeiro grupo acho legal o nonsense desse jogo. Lembro de um forum q um maluco começou a jogar e todo dia tinha post do tipo “não acredito q eles realmente colocaram isso no jogo” 😀

    Reply
    • @Anderson,

      Realmente, Saints Row já tem seu lugar. E eu gosto dos dois estilos, também. Sérios e com esculhambação. 🙂

      Reply
  7. verdade @marcos, acho que ele quer um concorrente?

    Reply
    • @matheus,

      Vai saber…rsrs Acho que o Cliff quis foi chamar a atenção…rsrs

      Reply

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Pin It on Pinterest