Jogo SNOW

Alguns jogos de esportes podem ser bem restritivos, no sentido de que exigem do jogador, muitas vezes, um conhecimento bem alto a respeito do esporte em questão. Já tentei jogar um título de golfe, por exemplo, e os resultados foram um tanto quanto desastrosos.

Mas a desenvolvedora sueca Poppermost Productions tem uma ideia bem diferente a respeito deste gênero, e lançou hoje um título muito interessante. Trata-se de SNOW, um jogo que, claro, tem o esqui como tema. Sim, SNOW é um jogo de esqui. Um jogo de esqui, aliás, desenvolvido com a poderosa CryENGINE, da Crytek.

Além disso, SNOW é um jogo de mundo aberto. Sua primeira montanha, Sialia, possui 8 quilômetros quadrados de espaço totalmente aberto, livre para exploração. Trata-se também, na verdade, de um enorme playground oferecido aos jogadores, um espaço bem grande que poderá ser explorado à vontade (sem contar com as competições, claro).

Jogo SNOW

É possível “passear” à vontade por Sialia e topar (ou enfrentar) penhascos enormes. O jogo (um simulador?) da Poppermost Productions também permite que os jogadores participem de eventos multiplayer (além dos singleplayer) e permite que todos os personagens sejam customizados. Também podemos competir nas leaderboards, vale lembrar.

Com o SNOW, nos queríamos fornecer uma experiência autêntica aos jogadores e entusiastas de esportes de inverno. Esquiar tem tudo a ver com liberdade, criatividade e exploração, e SNOW oferece justamente isso! Nós removemos todas as restrições e confusões que vemos tradicionalmente em jogos de ação e esportivos. SNOW permite que os jogadores abordem o jogo do modo que eles quiserem“, disse Alexander Bergendahl, CEO  da Poppermost Productions.

Jogo SNOW

Um jogo de esqui de mundo aberto? A ideia me parece realmente muito promissora, principalmente se levarmos em consideração o fato de que o título se encontra em fase alfa e muita coisa ainda está por vir. Paisagens belas e geladas que podem ser visitadas à vontade, mesmo dentro de um jogo de esportes. É, gostei.

A desenvolvedora também conta com a colaboração de ícones do esqui, como por exemplo Tom Wallisch, Tanner Hall e Russ Henshaw. Tudo isto para garantir a autenticidade de tudo aquilo que será visualizado e experimentado.

A escolha da CryENGINE, além disso, me parece muito acertada, principalmente se nos lembrarmos do quão magníficos devem ser os visuais retratados no jogo, obrigatoriamente, uma vez que o pessoal da Poppermost deixa bem claro seu interesse em altos valores de produção. Além disso, um jogo de esqui de mundo aberto com gráficos feios não ficaria muito legal e/ou de acordo com a proposta, não?

Jogo SNOW

Um jogo de esqui como este, com um mundo aberto e que permite que os jogadores perambulem livremente, deve com certeza fornecer um espetáculo visual, algo deslumbrante, pois caso contrário muita gente poderá ficar decepcionada logo no começo da jornada.

Isto sem falar que os personagens podem ser customizados com grande nível de detalhes, segundo a desenvolvedora, e os jogadores são capazes de modificar diversas partes do corpo, inclusive utilizando produtos e acessórios de marcas famosas do mundo real (claro, diversas parcerias foram firmadas).

Jogo SNOW

A CryENGINE foi uma escolha natural para nós. Queríamos entregar um game com um visual deslumbrante, que iria sustentar a nossa visão de um mundo aberto. A tecnologia de jogos da Crytek é extremamente poderosa e realmente nos ajudou a criar o mundo de nossos sonhos“, disse ainda Alexander Bergendahl.

Vale lembrar que a Poppermost Productions é uma empresa pequena, composta por apenas 3 pessoas. O jogo SNOW se encontra atualmente no Steam Early Access, e mais conteúdo é prometido pela desenvolvedora. Bacana, não?  Enquanto isso, dê uma olhada no sensacional trailer do jogo:

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest