A Electronic Arts revelou alguns dados bem interessantes a respeito do MMORPG Star Wars: the Old Republic. Segundo a empresa, mais de um milhão de pessoas passaram o feriado em frente a seus PCs, jogando o título e lidando com Cavaleiros Jedi, Siths e Sabres de Luz. Segundo a BioWare, o número de novas assinaturas não pára de crescer, e os servidores do game continuam recebendo enormes multidões de novos jogadores.

Star Wars: the Old Republic, que já ganhou mais de 105 prêmios, incluindo o de “Best Multiplayer Game of 2011”, da MSNBC, conta, certamente, com muitos fãs da série Star Wars ajudando a compor estes grandes números. O título foi lançado em 20 de Dezembro de 2011, e já acumula alguns dados extremamente expressivos:

– Mais de 60 milhões de horas in-game;

– Mais de 850.000 mil guerreiros Sith e 810.000 Cavaleiros Jedi criados;

– Mais de 260 milhões de quests completadas;

– Mais de 44 milhões de batalhas PvP (Player versus Player);

– Mais de 9 milhões de missões de combate espacial completadas;

– Mais de 3 bilhões de NPCs mortos;

Tudo isto é fantástico, sem dúvida. Só não sei se o MMORPG conseguirá se manter por muito tempo com tão grande força. Trata-se de um jogo online onde é necessário pagar-se uma assinatura para se jogar, e estamos bem no meio de uma verdadeira onda de MMO’s gratuitos. É claro que este fato por si só não quer dizer muita coisa. World of Warcraft e Rift, mesmo com um ou outro problema, continuam por aí, cobrando suas assinaturas mensais e com grande número de jogadores.

Mas Star Wars: the Old Republic é oriundo de uma série que possui grande quantidade de fãs pelo mundo todo, série esta que além disso conta com um universo e uma profundidade imensos. Será que pelo menos metade dos participantes dessas mais de 44 milhões de batalhas PvP conhecem algo do universo Star Wars? Será que eles sabem que o MMORPG que estão jogando se passa milhares de anos antes da série de filmes que todos conhecemos?

Será que eles pelo menos sabem quem é Anakin Skywalker, Obi-Wan Kenobi, e Jabba the Hutt, só para citar alguns personagens da obra de George Lucas? Não se trata, é claro, de exigir um “teste de conhecimentos gerais em Star Wars” antes de aceitar um jogador. Estou tentando imaginar se algo não imersivo terá força suficiente para se manter no mercado, tendo sido baseado em algo extremamente profundo e, também, imersivo. Aliás, segundo John Smedley, da Sony Online Entertainment, Star Wars: the Old Republic “será o último MMO a tentar o modelo pago (assinaturas)“.

E você, o que acha?

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest